1. Spirit Fanfics >
  2. O pecado da deusa Amaia. (Sasuhina) >
  3. O plano dos anciãos.

História O pecado da deusa Amaia. (Sasuhina) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Oii babys❤


Espero que goste😊

Capítulo 6 - O plano dos anciãos.


Minutos depois

Naruto estava conversando com Itachi enquanto Sasuke olhava Mikoto. 

Naruto: Vocês têm que ajudar, vocês foram injustiçados também. Naruto massageia as têmporas. -Susanoo por favor, você é amigo dela.

Itachi olha para as escadas e vê Sasuke parado sério. 

Sasuke: Hinata não lembra de mim, espero que continue assim. Sasuke anda até uma poltrona e senta. -Ela não quer lembrar.

Itachi observava Sasuke curioso, sabia sempre os sentimentos secretos das pessoas, e o sentimento por trás da indiferença de Sasuke era a tristeza. Itachi suspira. 

Itachi: A sua prima é importante para nós, vamos ajudar sim. Mas não quero que meta Mikoto nisso. Itachi fala sério. 

Naruto: Hinata foi atrás da Youmi. Naruto olha para Sasuke.  -O que vocês três fizeram naquela noite? Preciso saber.

Sasuke encara Naruto por um tempo.

Sasuke: Hinata queria se matar, eu ofereci uma saída para ela. Sasuke pega um objeto aleatório da estante perto dele. - Eu selei metade dos poderes dela, mas eles podem ser liberados, se ela chamar um nome. Eu só queria salvá-la, você entende. 

Naruto: A parte do suicídio eu não sabia. Naruto olha para baixo triste.

Sasuke: Apenas eu a conhecia de verdade.

Naruto se levanta.

Naruto: Você não é o único que a conhece. Com licença. 

Naruto anda até a porta.

Sasuke: O papel de primo ciumento não combina com você, devia se preocupar com sua esposa.

Naruto olha para Sasuke.

Naruto: Não ouse falar da minha esposa quando eu a perdi por causa de vocês. Naruto fecha a porta atrás dele e some.

Itachi: Você tocou no ponto fraco dele.

Sasuke confirma com a cabeça.

Sasuke: Eu não confio nele.

Itachi: Como se sente prestes a vê-la de novo? Sasuke olha para Itachi.

Sasuke: Eu já vi ela.  

Itachi podia jurar que viu o irmão feliz.

Minutos depois 

Casa de Naruto e Hinata 

Hinata estava em pé com os braços cruzados  escutando o que Naruto dizia.

Hinata: Então eles vão ajudar. Isso é bom. Mas. Hinata levanta a mão mostrando apenas o dedo indicador. - Você não explicou direito o que é, tipo, você só disse que teríamos que impedir os anciãos mas não disse qual o plano deles realmente, você não pode esconder nada de mim Naruto. Naruto solta um sorriso largo.

Naruto: Eles vão encontrar os deuses perdidos para matar você, cinquenta anos aqui vai dar tempo a eles.

Hinata fica boquiaberta.

Hinata: Uau! Eles não cansam mesmo. Eu deveria matar cada um deles le-ta-men-te.  

Naruto olhava para Hinata com medo.

Naruto: Você me odiaria? 

Hinata olha para Naruto confusa.

Hinata: Eu sei o que você está fazendo, eu entendo, também quero salvar ela.

Naruto olha para Hinata surpreso. 

Naruto: Ninguém pode mesmo te  enganar.  Naruto sorri. - Você também sabe que eu não deixaria ninguém tocar em você. 

Hinata anda até ele.

Hinata: Me perdoe por aquilo. Eu só... consegui salvá-la por que a coloquei aqui. 

Naruto: Tudo bem. Naruto anda até a escada . - Eu fiz comida pra você. 

Hinata acena para Naruto que sobe.

Hinata: Obrigada.

Hinata vai até a cozinha e abre as sacolas.

Hinata: Fez comida uma ova.

Hinata escuta Naruto rindo. 

Hinata: Seu idiota.


Dia seguinte 

Universidade 

Sala de Hinata

Sasuke dava aula enquanto as alunas suspiravam.

Hinata/Sussurro: Um bando de ninfas?

Voz: Ciúmes tão cedo?

Hinata escuta aquela voz e da um pulo da cadeira.  Todos olham para ela.

Sasuke: Tudo bem aí? 

Hinata: Si-im. Hinata se ajeita na cadeira sem jeito. 

Aluna: Tudo bem? Você parece assustada.

Hinata sorri para a moça. - Sim, tudo bem. Obrigada.

Aluna: Ok.

Horas depois 

Intervalo 

Hinata andava pela Universidade se sentindo deslocada.

*Francamente Hinata, você é uma deusa. Mas que porra de timidez é essa agora?*Hinata pensa inconformada. 

Sakura: Ei! 

Hinata anda até a moça balançando a mão. 

Hinata: Você tem quantos anos? Obrigada por me socorrer naquele dia. 

Sakura: Eu tenho 21. Aquilo não foi nada. Sakura sorri. 

Hinata: Fico feliz por não ficar sozinha.

Hinata presta atenção no que diz e paralisa. 

"Você é um monstro, e sempre ficará sozinha. Ninguém vai amar você."

Esse era o maior medo dela, ficar sozinha. 

Se assusta quando Sakura estala os dedos da frente dela.

Sakura:  Parece que você entra em transe do nada.

Hinata sorri sem graça. 

Hinata: Você está solteira? 

Sakura engasga. - Que coisa repentina. 

Sakura: Eu tenho a sensação de que alguém me espera. Sakura mexe no colar que tem no pescoço com pingente de sol. -Sinto que... alguém me chama. Hinata olha para o lado sem graça. 

Hinata/Sussurro: Ele chora no chuveiro e antes de dormir. 

Sakura: O que disse?

Hinata: Que isso é muito poético. O amor que os mortais sentem.

Mas Hinata nunca parou pra pensar que os mortais era traços de si própria, assim como o próprio amor.

Sakura: Mortais? 

Hinata: Você quer ouvir uma história? Sobre a deusa do amor, como ela é chata. 

Sakura: Você é estranha.






Notas Finais


50 anos depois....
Eu fico criando paranóia com minhas próprias fanfics, tipo, será que a Hinata envelhece nesse estado?

Fazer o quê né? Eu sou louca.

Bjs😘 até o próximo❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...