História O pedaço de mal caminho - Jay Park - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Hot, Jay Park
Visualizações 46
Palavras 2.106
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - O ensaio de fotografia


Fanfic / Fanfiction O pedaço de mal caminho - Jay Park - Capítulo 10 - O ensaio de fotografia

Enquanto o Jay dirigia eu conversava com BM sobre o relacionamento dele com a Rafaela.

BM: então, nós se conheceu no estúdio, aí começamos a ficar mais íntimos, mas isso não significa que estamos namorando.

S/n: mas você já se perguntou se gosta dela e se ela gosta de você?

BM: ainda não, também não quero perguntar agora, não sei se é o tempo certo.- ele olhou pra Rafaela que estava dormindo no colo de BM.

S/n: você tem que se resolve logo, talvez ela gosta de você e você, gosta dela?.- olhei pra ele levantando uma sombrancelha.

Ele olhou pra mim e depois olhou pra janela do carro com uma reação como se fosse um suspeito.

BM: não sei oq sinto.

Jay: cara, vocês se pegam o tempo todo, vai dizer que não sente nada, nem um pouquinho?

S/n: Jay tem razão, você não sente nada mesmo?

BM: talvez.

• QUEBRA DE TEMPO •

Quando chegamos na casa nós tínhamos que arrumar as nossas malas pra irmos embora, arrumamos tudo e voltamos pro carro. E direto pra casa, eu, o BM e a Rafa dormimos por estarmos exausto.

Acordei com o Jay dizendo que já tínhamos chegado, peguei minhas coisas e a Rafa as dela, o Parker já tinha entrado com a Lia, Josh e son-ha, acho que eles iam dormir lá em casa. O BM ficou dentro do carro porque o Jay ia dar uma carona pra ele.

Me despedi de Jay com um selar, e ficamos nos pegando por um tempinho.

Jay: ainda não terminei oq comecei.- ele disse sussurrando no meu ouvido e logo depois me deu uma piscada e foi direto pro carro dando partida.

Entrei dentro de casa e meus pais estavam dormindo, fui pro meu quarto tomei um banho e coloquei um pijama, deitei na cama e estava sem sono, então decidi ligar a tv e colocar uma série (da preferência de vcs).

Enquanto eu estava assistindo a série alguém bateu na porta e eu mandei entrar, a Rafa entrou e ela aparentava não estar com sono também. Ela deitou na minha cama e se cobriu assistindo a série comigo.

Rafa: eu escutei oq você falou com o BM no carro.

S/n: mas você não estava dormindo?- olhei pra ele espantada.

Rafa: não, eu só estava aproveitando o colo dele.- deu uma piscada pra mim e um sorriso de lado.

S/n: você é impossível, cara.- dei gargalhada.

Rafa: eu não me importei com oq você disse, só queria te dizer isso, e também não queria dormir sozinha lá no meu quarto.

Olhei pra ela e nos duas sorrimos e ficamos assistindo a série, acabamos dormindo. Acordamos no dia seguinte com o meu despertador tocando. Desativei ele e nós duas levantamos com muita preguiça, me debatia com alguns móveis que estava na minha frente, e fui ao banheiro fazer as minhas higiene.

A Rafaela foi pro quarto dela, depois de fazer minhas higiene troquei de roupa e arrumei meu material. Fui pra cozinha encontrando apenas a minha mãe fazendo o café e a Lia, Parker, Josh e son-ha na mesa comendo.

S/n: bom dia, cadê o papai?

M.s/n: ele foi trabalhar mais cedo hoje, houve alguma coisa na empresa.

Sentei na mesa e tomei meu café, Rafa apareceu na cozinha com cara de morta de tão cansada. Nós olhamos pra ela e ela não parecia se importar.

Josh: bom dia Rafaela, você tá bem?

Rafa: bom dia gente, eu só tô um pouco cansada.- Ela tomou seu café e saiu pra ir pro ensaio.

Recebi uma ligação de Jay.

• LIGAÇÃO ON •

Jay: s/n, Lembra daquele ensaio fotográfico que eu te disse? então, é pra hoje e talvez você não vai poder ir a faculdade então vem direto pra empresa porq estamos te esperando.

S/n: calma Jay, eu falto hoje mas na próxima vez me avisa quando acontecer isso de novo.

Eu saí de casa e fui pegar um Uber pra ir a empresa de Jay, chegando lá paguei o motorista e entrei na empresa. Cheguei na recepção e perguntei a recepcionista onde seria os ensaios, ela me olhava de cima a baixo com um olhar de nojo.

Recep: e você seria quem?

S/n: eu sou a modelo que me contrataram.

Recep: ninguém me avisou nada, não posso deixar você subir.

S/n: avisa o Jay que eu estou aqui em baixo então.

Recep: o senhor Park não quer ser incomodado no momento, desculpe.- Ela deu um sorriso forçado e debochado no final

Liguei pro Jay dizendo que eu estava na recepção e a recepcionista não deixava eu subir, depois de uns minutos Jay desceu e me encontrou, ele não pensou duas vezes e já chegou me beijando na frente da recepcionista que aparentou não gostar do que viu.

Jay: você não deveria vir aqui na recepção, você pode subir sem a permissão de ninguém.- ele olhou pra recepcionista com olhar de reprovação e ela abaixou a cabeça. Nós fomos pro elevador encontrando a Rafa e o BM.

Rafa: oq faz aqui?

S/n: eu vou fazer algum ensaio.

Rafa: ah, que tipo de ensaio?

S/n: eu não me lembro, que tipo de ensaio, Jay?

Jay: nós vamos posar pra nova marca de roupas íntimas da Calvin Klein, s/n vai ser a modelo dos novos lançamentos de lingerie.

Olhei pra ele espantada enquanto a Rafa e o BM riam baixo. O andar do BM e Rafa chegou e eles saíram.

BM: boa sorte com o ensaio. - ele e a Rafaela começou a rir.

Jay: não precisa ficar nervosa, ninguém vai ver suas partes íntimas, além de mim.

Chegamos no andar do escritório do Jay e entramos lá, percebi que tinha uma nova secretária e ela aparentava ser muito bem educada, ao contrário da outra.

S/n: mudou de secretária?

Jay: sim, a outra não servia pra mim, e essa parecia gostar muito de você.

S/n: como assim?- olhei pra ele com olhar duvidoso.

Jay: depois te explico.- entramos na sala encontrando dois homens e nós cumprimentamos eles.- desculpa a demora, houve um imprevisto na recepção.

Homem1: não se preocupem, então, quando vamos começar?

Homem 2: vocês precisa assinar esse contrato.- ele entregou dois contratos, um pro Jay e um pra mim.- lêem tudo e assinem aqui em baixo.

Eu e Jay lemos o contrato e logo assinamos.

Jay: vamos começar? - ele deu um sorriso meigo e se levantou.

Homem 2: agora temos que ir ao estúdio pra tirar as fotos.

Todos nós levantamos e fomos ao estúdio. Cheguei lá e me mandaram colocar uma lingerie preta e bem sensual, fiquei com vergonha. Depois de colocar eu coloquei um roupão por cima e sentei em uma cadeira de frente pra um espelho, algumas maquiadoras arrumaram meu cabelo e maquiagem.

Depois de tirar muitas e muitas fotos com o Jay eles disseram pra mim que eu levava o jeito de ser modelo, principalmente pelo meu físico e minhas expressões ao tirar as fotos, Jay parecia orgulhoso com os comentários do fotógrafo, pois não parava de rir feito um bobo.

Depois de tudo voltamos ao escritório de Jay e ele ficava me olhando com um certo orgulho, eu o encarava também, e apreciava cada detalhe de seu físico, seus cabelos negros bem penteados, seus lábios carnudos que chama atenção de qualquer um, seu corpo sarada mas não exagerado, ele é um verdadeiro deus gregos, seu terno ficava muito bem no seu corpo e valorizava seus músculos.

Jay: dessa vez não sou em quem tá te fitando com os olhos.

S/n: só estou apreciando o corpo do meu namorado, não posso?.- de um sorriso de lado ainda olhando o corpo de Jay.

Jay: pode tocar se quiser, não é uma obra de arte no museu.

S/n: se eu ousar em tocar talvez não vou conseguir mais sair de cima.

Jay: e quem disse que eu vou deixar você sair?- se aproximou me pegando pela cintura e colando nossos corpos, começamos com um beijo lento e infelizmente seu telefone tocou.

S/n: caramba, acho que você vai precisar tirar um dia de folga, se não nunca vamos continuar.- dei risada e saí de perto dele.

Jay atendeu o telefone e parecia ser importante, decidi dar apenas um beijo em sua bochecha e saí da sala, passando pela secretaria ela me chama, cheguei mais perto e ela parecia ser bem legal.

Secr: eu gosto muito de você, e quando me veio a oportunidade de ser a secretária do senhor Park eu não pensei duas vezes e disse sim, pois pensei que te veria frequentemente.

S/n: poxa eu tô feliz por você gostar de mim. - acabei ficando animada com a empolgação da secretaria.

Eu e ela ficamos conversando por um bom tempo e ela pediu pra eu tirar um foto com ela, eu apenas disse sim e a gente tirou bastante foto, trocamos números pra continuar conversando, gostei bastante dela mas infelizmente tinha que ir embora, me despedi dela e fui embora.

Cheguei em casa bem cansada encontrando meu pai e minha mãe na sala assistindo TV, me sentei com eles.

M.s/n: como foi seu dia? Parecia estar bem arrasada.

P.s/n: como assim? Aconteceu alguma coisa na faculdade?

S/n: não, nada de mais, eu sou tinha alguns ensaios fotográficos com uma empresa em parceira com o Jay.

M.s/n: então quer dizer que você agora é modelo? - ela disse com um sorriso de orelha a orelha.

S/n: não, mas o fotógrafo disse que eu levava jeito com esse ramo.

Antes da minha mãe dá uma resposta alguém ligou pra mim, avistei o nome e era o Jay.

• LIGAÇÃO ON •

Jay: você pode dormi aqui em casa? Eu levo você amanhã de manhã para a faculdade, é que eu preciso de você essa noite, vou receber uma visita que quer conhecer você.

S/n: eu não sei, tenho que ver com meus pais e quem é essa visita?

Jay: meus pais, por favor s/n, pergunta pra eles e me avisa que eu busco você aí, e prepara uma mochila com roupas, ok?

S/n: tá, viu ver com eles.

• LIGAÇÃO OFF •

S/n: mãe, pai, o Jay quer que eu durma lá na casa dele hoje, os pais do Jay quer me conhece.

P.s/n: por mim tudo bem, se vocês não passarem do limite.

M.s/n: para com isso amor, ela não vai fazer isso, pode ir filha, depois conte tudo, ok?

Eu acenei com a cabeça e mandei uma mensagem pro Jay que eu ia, fui pro meu quarto arrumar algumas roupas, coloquei em uma bolsa pijamas, calça, blusa de frio, camisetas, regatas, calcinha, sutiã, escova de cabelo, escova de dentes, enfim, o básico.

Escutei uma bozina de carro e logo pensei que era o Jay, peguei minhas coisas e fui pra fora de casa encontrar ele, entrei no carro e coloquei minha bolsa no banco de trás, eu aparentava estar um pouco nervosa.

Jay: relaxa, não precisa ficar nervosa.

S/n: eu tô conhecendo seus pai, voce já conheceu os meus! Então foi fácil.

Jay: calma, eles são legais, e também meu irmão vai vir, ele é legal, vai fazer você ficar menos nervosa

S/n: você tem um irmão?

Jay: sim, o nome dele é Jehan Park.

Chegamos na casa de Jay e eu estava um pouco nervosa, quando entramos não encontrei ninguém, graças a Deus.

S/n: vou pegar minhas coisas e leva pro seu quarto.- assim que terminei minha frase corri direto pra escada indo em direção ao quarto de Jay. Quando ia entrando escutei uma voz ao meu lado.

??: Tá fugindo de alguém?

Quando olhei pra pessoa era um homem alto quase tá atura de Jay e ele parecia com ele.

S/n: você é?...- olhei pra ele assustada.- Jehan Park.- retrucou.

S/n: a sim, então você é o irmão do Jay, eu sou a s/n, namorada de Jay.

Jehan: jura? Você não parece aquela moça que saiu nas revistas de fofoca.

S/n: revista?

Jehan: sim, não lembra? Quando te fotografaram com o Jay na festa do amigo dele.

S/n: ah sim, lembro. Então, eu tenho que colocar minhas coisas aqui no quarto do Jay, onde estão seus pais?

Jehan: lá em baixo na sala do Jay, vou descer, se acomode aí, estamos te esperando, ok?

S/n: ah sim, até logo.- dei tchau pra ele e entrei no quarto.

Eu ainda não acredito que vou conhecer os pais de Jay, eu estou tão nervosa, e se eles não gostarem de mim, se eu não for a nora que os pais de jay deseja? Eu estou tão nervosa, mas não posso deixar isso me abalar. Dei um suspiro e então decidi ir em frente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...