História O pedaço de mal caminho - Jay Park - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Hot, Jay Park
Visualizações 30
Palavras 1.961
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 12 - Uma ótima notícia


Fanfic / Fanfiction O pedaço de mal caminho - Jay Park - Capítulo 12 - Uma ótima notícia

Acordei e Jay não estava na cama, levantei e senti um cheiro maravilhoso, fui ao banheiro e fiz minhas higiene logo depois fui ao closet do Jay e coloquei uma camisa dele e uma cueca. Desci e deparei com a cena mais fofa que já vi na minha vida, era o Jay de cueca e um avental de cozinha fazendo panqueca.

Jay: bom dia meu bem, tá andando bem? - ele deu risada e olhou pra mim de cima a baixo mordendo o lábio inferior.

S/n: bom dia e sim eu tô andando bem, mas tô um pouco desconfortável com minha região lá em baixo.- fiz biquinho.

Jay: então eu fiz um trabalho bom.

Tomamos café e depois nos arrumamos pra ir trabalhar, Jay me deixou em frente a agência de modelos e ele foi pra empresa. Cheguei na recepção e peguei meu crachá, entrei no elevado e fui ao 27° andar, chegando lá me troquei e me maquiaram e arrumaram meu cabelo. Eu tava fazendo parceria com a Gucci.

• JAY ON •

Deixei a s/n na agência, eu estava tão orgulhoso do potencial que ela tinha e o que ela tava conquistando. Cheguei na empresa e fui ao meu escritório preencher alguns contratos, depois desci no estúdio pra ensaiar a nova coreografia, quando cheguei do vestiário e vi a Rafaela e o BM se pegando, decidi não atrapalha e dei meia volta, alguns dançarinos estavam indo em direção ao vestiário.

Jay: é melhor não entrar aí, encontramos... alguns... Insetos, isso insetos, e tivemos que limpar, então vocês vão ter que colocar seus pertences no estúdio mesmo.- fiquei um pouco nervoso com o que disse.

Eles fizeram oq eu mandei e foram ao estúdio. Bati na porta de vestiário e eles saíram tentando disfarçar oq estavam fazendo.

Jay: da próxima vez sejam mais cuidadosos, quase pegaram vocês no flagra.

Rafa: flagra? Como assim? Eu não estava fazendo nada.

Os dois foram ao estúdio estúdio e eu apenas balancei a cabeça sorrindo. Cheguei ao estúdio e começamos a ensaiar.

• S/N ON •

Depois dos ensaios eu fui a uma cafeteria, mas não podia pegar alimentos muito gordurosos ou calorosos, então decidi pegar um sanduíche e um suco de melancia, comi e logo fui pra minha casa. Cheguei em casa e minha mãe não estava, apenas meu pai.

P.s/n: Oi querida, sua mãe saiu com umas amigas do trabalho, então vamos ter que pedir comida.

S/n: beleza, oq vamos pedir então?

P.s/n: pizza, com certeza pizza

S/n: acho que não posso comer pizza, mas um pedaço não faz mal né.

Pedimos a pizza e enquanto não chegava eu aproveitei pra tomar banho, quando terminei a pizza já tinha chegado e peguei um pedaço, sentei no sofá e assitir o filme com meu pai (de sua preferência). Mamãe chegou umas meia hora depois.

M.s/n: Oi querida, achei que estaria na casa do seu namorado.

S/n: eu moro aqui né mãe, eu deveria estar em casa.

M.s/n: você já deveria morar com ele, e ter uma vida de casal, ué, não é mesmo querido?

P.s/n: concordo.

S/n: mãe! Tá me expulsando de casa é?- comecei a rir

M.s/n: o Parker já tá quase morando com a Lia, quase não vem pra casa, você deveria fazer o mesmo.

• QUEBRA DE TEMPO •

Eu estava ao telefone com o Jay conversando sobre o meu ensaio e ele falava como pegou a Rafa e o BM no flagra.

S/n: você acredita que minha mãe disse que eu deveria morar com você e meu pai confirmou, eles disseram que eu já nós deveríamos ter uma vida de casal.

Jay: isso é uma boa ideia, vou conversar com sua mãe daqui a pouco.

S/n: mas Jay, já e madrugada e você não vai conversar com a minha mãe sobre isso.

Jay: mas eu quero, e você vai morar comigo sim.

S/n: sim, eu vou morar com você mas não agora.

Jay: eu vou dar meu jeito e você vai.

Ficamos mais uma hora conversando até que pegamos no sono.

No outro dia eu tinha mais um ensaio fotográfico, mas dessa vez era pra divulgar novas linhas de roupas, e também teria um desfile eu tive que acordar às 04:00 da manhã pra me arrumar e chegar lá às 04:40. Cheguei lá e todos estavam me esperando, coloquei a primeira peça de roupa e fui fotografar, tiranos milhares de fotos com todas as peças e tínhamos que escolher as melhores fotos, terminei o ensaio e tínhamos uma pausa de 40 min. Aproveitei e fui na cafeteria comer algo, pois não comi nada antes de sair de casa.

Comi e fui direto pra empresa, fechei um contrato do desfile, seria na próxima semana e fora do país, não sabia se Jay ficaria bem com a notícia, mas sei que ele aceitaria, liguei pra ele e ele decidiu festejar em uma balada em Hongdae que era muito famosa e conhecia a dona, ele disse que ela também é brasileira então fiquei ansiosa pra conhecer ela.

Íamos eu, Jay, Rafa e BM essa noite, então depois que eu terminei tudo aqui na agência eu fui direto pra casa tomar banho e trocar de roupa, Jay veio me buscar em casa, ele tinha vindo direto da empresa, então não se arrumou.

Chegamos na sua casa e Jay foi direto pro banheiro tomar banho, eu fui escolher uma roupa pra ele, acabei pegando um conjunto de moletom branco e boné, um tênis Branco, uma camiseta vermelha. Depois que ele saiu do banheiro ele se trocou e passou perfume, arrumou seu cabelo e desceu, eu fui ver como estava o nosso cachorro mas não tinha encontrado ele, procurei Jay e ele estava na sala.

S/n: onde tá o cachorro?

Jay: no pet shop, ele tá tendo um dia de spa, amanhã eu vou buscar ele e levar pra um hotel de cachorro, não temos como cuidar dele direito, isso vai ser até encontrarmos alguém pra cuidar dele aqui em casa.

S/n: ah tá bom, nós vamos pra balada que horas?

Jay: estamos esperando o BM e a Rafaela.- quando Jay terminou a frase alguém roça o interfone.

Fui ver quem era e avistei o casalzinho de cara na câmera, abri o portão e eles entraram correndo.

BM: tá um frio horrível lá fora.- logo fez uma careta engraçada.

Nós fomos até o carro de Jay e ele deu partida, no caminho eu tava explicando pro Jay sobre a minha viagem que eu iria fazer fora do país.

Jay: então você vai me abandonar? E se eu ficar doente?

S/n: você não vai ficar doente meu bem.- comecei a rir.

Jay: e onde você vai ir?

- França.- quando respondi eu vi Jay ficar mais triste

Jay: do outro lado do mundo, eu vou ficar sozinho s/n.

Quando eu ia responder Jay já tinha chegado na balada. Entramos pelo fundo para o Jay não ser visto e as suas fãs não atrapalhar nossa entrada. Quando entramos o Jay avistou a dona da balada.

Jay: Quanto tempo, os meninos veio?

??: Jay! Os meninos já estão lá na pista dançando, tão tudo bebo.

Jay: deixa eu te apresentar pra minha namorada, Gabriela essa é a S/n, s/n essa é a Gabriela, e atrás é a Rafaela e o BM.

A tal Gabriela comprimentou todos nós e ela aparentava ter se interessado no BM, a Rafa não gostou então o BM pegou a Rafa pela cintura, a dona da balada saiu quando viu a reação do BM.

Todos fomos pegar algumas bebidas e ficamos no camarote olhando todos. A Rafa me puxou pelo braço e me levou até a pista, aí começamos a dançar, a Rafa chamava tanta atenção pra ela, pelo fato de ser estrangeira e ter a pele morena no meio de tantos asiáticos brancos quase transparente hahaha.

Alguns caras chegavam na gente oferecendo bebida mas nós apenas ignorava e continuava a dançar, olhei o Jay e mandei um beijo, ele me correspondeu e depois saiu com vergonha. A Rafa decidiu ir para o banheiro e eu voltei pra onde nós estava e fui pegar outra bebida.

Vi o Jay sentado em um sofá bem no canto e então decidi ir até ele. Cheguei e deitei minha cabeça em seu ombro, ele colocou o braço em minha volta e ficamos olhando o movimento. Avistei o BM puxando a Rafa pra um pequeno quarto e fechou a porta. "Ele não perde uma pra ficar agarrando a Rafaela"- pensei.

• RAFA ON •

Eu estava voltando do banheiro, então senti uma mão puxando meu braço e me levando pra um pequeno quarto,quando olhei eu vi que era o BM. Ele estava com um olhar de pura luxúria e mordia seu lábio inferior.

Nós começamos a se beijar e nossas línguas brigava por espaço, BM explorava meu corpo com sua mão, eu colocava minha mão por de baixo da sua blusa e passava minha mão no seu abdômen sentido cada traço de seu corpo, eu adorava sentir seu corpo prensado ao meu, era a minha coisa favorita de fazer.

BM levantou meu vestido e rasgou minha calcinha deixando apenas pedaços de rendas ao chão, deixando a minha vagina a mostra ele me colocou em cima de uma mesa que estava atrás de mim, ele começou a estacar dois dedos em minha vagina me fazendo delirar com aquela sensação, eu dava alguns gemidos quando ele conseguia chegar ao meu ponto sensível, depois de algumas estocadas me desfiz na mão de BM.

Ele então decidiu colocar seu membro dentro de mim, começamos a gemer de tanto prazer, cada estocada de BM ainda doía em mim por seus pênis ser grande. BM chupava meus peitos e eu jogava minha cabeça pra trás.

Nós chegamos ao nosso ápice, mas eu não queria acabar por ali, então decidi levantar da mesa onde eu estava e me agachei em frente ao BM me dando visão de seu membro ainda ereto, dei uma pequena lambida em sua glande fazendo o BM soltar um suspiro de prazer e chamar meu nome.

Comecei a chupar apenas a sua cabeça e dar pequenas mordidas. Peguei seu membro e comecei a masturbar ele com minha mão e olhava para a sua cara e ele me encarava com um sorriso de lado.

Abocanhei seu membro, ainda com dificuldade porque era enorme, mas eu não deixava abalar e continuava até me acostumar, BM colocava sua mão em meu cabelo controlando o movimento.

Depois de alguns minutos senti o BM se desfazer em minha boca e eu engoli. Levantei e abaixei meu vestido, saímos daquela salinha e vimos o Jay e s/n no sofá no canto da balada.

• S/N ON •

Depois de um longo tempo eu e o Jay avistamos a Rafa e o BM saindo daquela salinha, levantamos e depois de beber mais nós fomos embora, nós tivemos que dormir na casa do Jay. Quando chegamos eu estava morrendo de fome então avisei o Jay que iria pegar algo pra comer, avistei uma caixa de pizza na geladeira então eu peguei e esquentei duas fatias no microondas. Depois de comer eu fui pro quarto do Jay, tirei minha roupa e fiquei apenas de calcinha.

S/n: eu nunca me senti tão livre.- me joguei na cama ficando com a metade do espaço.

Jay saiu do banheiro e colocou uma cueca, ele então repetiu a minha frase e só jogou na cama também. Eu tentava empurrar ele pra pegar mais espaço até que ouvimos algo. Eu e Jay levantamos e colocamos o ouvido na parede, escutamos alguns gemidos e batidas contra a parede. Olhei para o Jay e começamos a rir da situação.

S/n: denovo não. - deitei na cama e coloquei o travesseiro na minha cabeça tentando abafar os barulhos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...