História O pedaço de mal caminho - Jay Park - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Hot, Imagine Jay Park, Jay Park
Visualizações 40
Palavras 1.532
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 15 - Meu lugar favorito


Fanfic / Fanfiction O pedaço de mal caminho - Jay Park - Capítulo 15 - Meu lugar favorito

Acordei de madrugada com dores e fui direto ao banheiro, fiz xixi e voltei ao quarto procurando minha bolsa, quando a encontrei peguei um remédio de dor e tomei apenas um comprimido. Não estava com sono então decidi pegar meu celular e ir a cozinha, a casa dos pais de Jay é tão grande que eu quase me perco, foi difícil achar a cozinha.

Quando encontrei a cozinha fui direto para a geladeira, encontrei um bolo de chocolate e fiquei encarando ele.

-pego ou não pego você, belezinha?- falei pra mim mesma em voz alta e então decidi pegar um pedaço, sentei na mesa e peguei meu celular, estava olhando as notícias e vendo algumas fotos do meu Daddy. De repente alguém me manda mensagem, era anônimo.

- Parece que você é bem teimosa, o meu recado não foi claro? É melhor largar o Jay s/n, ou você ou ele vai sofrer com a perda.

Quando terminei de ler a mensagem já deu na cara quem era. Terminei meu bolo e coloquei o prato na pia, subi indo em direção ao quarto, fui no banheiro e escovei os dentes, quando voltei ao quarto Jay estava sentado na cama e olhando pra mim com cara brava.

Jay: por que a senhora saiu e não me disse nada, apenas me deixou nessa cama enorme sozinho.- ele cruzou os braços ao terminar a frase.

S/n: acordei com a dor de novo, então decidi desce pra me distrair.- voltei na cama e deitei abraçando o Jay.

Jay: vou levar você ao médico pela manhã, já estou preocupado.- ele me abraçou de volta.

S/n: a sua ex me mandou mensagem, ela parece estar me vigiando. - olhei para Jay e ele não parece ter gostado.

Jay: cadê? Me mostra.

Fiz oq Jay mandou, mostrei a mensagem e depois que ele leu, apenas colocou o celular na gaveta da cômoda ao lado da cama e voltou a me abraçar, seu corpo quente me fazia ficar relaxada ao seus braços, eu passava as mãos pela costas de Jay fazendo uma linha contornando seus traços. Eu sentia Jay ficar arrepiado com meu toque e eu apenas ria. Cochilando novamente.

Quando acordamos nós dois fomos ao banheiro e fizemos nossas higiene juntos, nos trocamos logo descemos para ir a cozinha, encontramos os pais de Jay e tomamos café juntos, o irmão do Jay não estava presente pois estava trabalhando.

• QUEBRA DE TEMPO •

Já estávamos no médico e eu já tinha feito meus exames, estávamos apenas esperando os resultados, Jay achava que eu estava grávida, eu fiz muito do nervosismo dele.

Jay: e se tiver, o que eu vou fazer?

S/n: isso não é possível, eu me cuido e tô sempre me prevenindo, Jay.

Jay: espero que você esteja certa, pq eu não estou preparado para ser pai.

Logo após Jay ter terminado sua fala o médico nos chamou. Entramos na sala e sentamos em frente ao médico.

Médico: s/n, suas dores não são nada preocupantes, você está no seu período fértil, você está perto da sua menstruação, isso é apenas cólicas.

S/n: cólicas? Então quer dizer que eu não tenho nada?

Médico: sim, são apenas cólica, você nunca sentiu cólica?

S/n: na verdade não doutor, eu nunca fui de sentir cólica.

Médico: então está tudo resolvido, eu coloquei alguns remédios que você pode tomar se as dores voltar.- ele me entregou a receita e logo saímos.

• QUEBRA DE TEMPO •

Se passaram duas semanas e eu comecei a morar com o Jay porque minha mãe já tinha insistido muito, a Rafa veio junto comigo pra me fazer companhia e cuidar do Toffy, o nosso cachorrinho.

Jay estava trabalhando e a Rafa foi passear com o Toffy, eu estava me arrumando pra ir para a agência, eu tinha outra parceria. Terminei de me vestir e fui pedir um Uber, quando o motorista chegou eu entrei e ficamos conversando para se distrair até terminar a corrida.

Cheguei na agência e paguei o motorista, entrei na agência e fui direto para o camarim. Coloquei as roupas da Puma, que no caso era a parceria. Tirei algumas fotos e fiz um pequeno vídeo para o comercial. Eu estava divulgando uma nova linha de roupas esportivas e o novo tênis de corrida da edição limitada.

Tinha um outro modelo comigo para a linha masculina, ele não era asiático, era angolano bem alto, acho que ele era Atlético pela sua estatura física e sua boa flexibilidade para fazer algumas poses, fiquei bem admirada, ele era bem simpático e bem alegre.

Terminamos o ensaio e eu fui almoçar com o outro modelo, quando chegamos em uma lanchonete pedimos hambúrguer e refrigerante, algumas batatas fritas pra acompanhar.

S/n: faz muito tempo que você mora aqui?

Jason: eu não moro aqui na Coréia, eu só vim para fazer os ensaios e também tô correndo para as nacionais.

S/n: você é corredor? Isso é bem legal

Jason: sim, bem legal, mas eu também nado.

S/n: caramba, você faz bastante coisa.

Passamos a tarde conversando depois voltamos a agência para terminar mais algumas coisas e Jason me ofereceu uma carona, eu aceitei e ele me levou em casa.

Cheguei em casa morta de cansada e fui direto tomar banho. Depois do banho eu fui a cozinha a procura da Rafa, quando cheguei na cozinha eu vi um bilhete na porta de geladeira.

"Eu já levei o Toffy para passear, dei banho, dei a comida e já levei ele pra dormir. Eu fui pra casa do BM mas já volto.

XOXO, Rafa ♡"

- ela não fica um dia sem ver o BM?- retruquei comigo mesma e abri a geladeira para pegar água. Avistei uns cupcake bem bonitinhos. - será que eu posso pegar um?- fiquei bem pensativa e encarando aqueles cupcake por um tempo, quando decidi pegar um e levar até minha boca eu sinto uma mão pela minha cintura me fazendo assustar.

Jay: calma, sou eu.- ele tirou a mão de mim e começou a rir.

S/n: não tem graça.- passei um dedo no chantilly do cupcake e passei no nariz dele.- agora você tá bem saboroso.

Jay me olhou com cara de bravo e fofo. Ele me pegou pela cintura me fazendo ficar contra a porta da geladeira e sussurrou no meu ouvido.- que tal você saborear meu corpo?- sua voz rouca fazendo um ar quente em meu ouvido acabou me deixando arrepiada e com vontade de transar ali mesmo.

Peguei a mão do Jay e o guiei até o quarto, fiz ele tirar sua roupa e deixar apenas de cueca, deitei ele na cama e tirei minha roupa apenas ficando de calcinha. Sentei sobre as pernas do Jay bem próximo ao membro dele, comecei a beijar seu abdômen dando leves lambidas e mordidas, subi seguindo uma linha até seu peitoral e o arranhei fazendo um coração, percebi que o Jay deu um suspiro bem ofegante, cheguei no seu pescoço e comecei a beijar dando alguns chupões, cheguei em seus lábios e comecei a beija-lo intensamente.

Suas mãos passeavam pelo meu corpo, apertava minha bunda dando alguns tapas, ele apertava minha cintura e me puxava fazendo nossos membros se encontrarem e o precionava fazendo a gente soltar alguns gemidos durante o nosso beijo.

Jay me pegou pela cintura me jogando na cama fazendo com que ele ficasse por cima de mim, ele desceu até minha intimidade tirando a minha calcinha e ele acabou tirando a cueca dele, ele logo subiu e encostou nossos rostos e voltamos a nos beijar e logo em seguida ele penetrou seu membro em mim me fazendo soltar um gemido durante o beijo. Ele dava estocadas fortes, seu membro parecia estar maior do que antes, e isso me deixava com mais desejo de seu corpo. Eu estava quase chegando ao meu ápice e Jay retirou seu membro e eu fiz cara de reprovação.

Jay: agora você vai por cima de mim.

Jay deitou e eu subi e cima dele colocando uma perna de cada lado e fazendo seu membro entrar em mim novamente, comecei a cavalgar lentamente e Jay colocava suas mãos em minha cintura controlando os movimentos. Segui com meus movimentos mais rápidos tirando nossos gemidos, Jay apertava minha cintura e gemia chamando meu nome.

Oh s/n- Jay gemia

Eu estava cavalgando nele bem intensamente e logo senti ele se desfazendo em mim, depois de mais algumas quicadas eu cheguei ao meu ápice, levantei e fui ao banheiro, liguei o chuveiro e fiquei debaixo dele sentindo a água passar pelo meu corpo fazendo meus músculos relaxar, era uma sensação tão boa.

Jay entrou comigo e começou a fazer massagem em meus ombros, me virei ficando de frente a ele e o abracei, a água escorria em nossos corpos colados e eu estava tão segura em seus braços, o abraço de Jay me fazia sentir a pessoa mais segura do mundo.

Depois de um longo tempo no chuveiro fomos ao closet e coloquei uma calcinha e uma blusa do Jay, o Jay colocou sua cueca e uma bermuda moletom, fomos pra cama e nos cobrimos e ficamos abraçados.

- seus braços são meu lugar favorito.- eu disse logo dormir pelo cansaço.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...