1. Spirit Fanfics >
  2. O pequeno grande mal >
  3. Jantar

História O pequeno grande mal - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente
Aqui está um novo capítulo, desculpem se eu demorei muito

Capítulo 5 - Jantar


A deusa entrou e colocou o pequeno no tapete junto com um monte de brinquedos que ele prontamente ignorou e foi para a cozinha 
Eu juro que você me paga..., mas aquele corpo... NÃO MELIODAS, você é o príncipe dos demônios não deve se rebaixar a esse tipo de atitude, vou ver o que a deusinha insignificante está fazendo’
“Meliodas está agindo de modo tão estranho, será que ele está consciente... não, isso é bobagem, provavelmente os bebês demônios sejam diferentes”
‘Vem cá, todo seu clã tem mania de falar sozinho ou você que é doida mesmo? E o que você está fazendo’
Ele puxou a barra da calça para chamar a atenção da deusa que olhou para baixo e o viu
“Meliodas, o que está fazendo aqui, cansou dos brinquedos”
‘Se você acha que eu vou brincar com aqueles bichinhos de pelúcia como um bebê de verdade pode esquecer’
Ela o pegou no colo e o colocou em cima da mesa
“Fica aí”
‘Você acha que eu sou besta o bastante para descer daqui e arriscar levar um tombo, se não percebeu meu corpo está pequeno demais e cair daqui está fora de cogitação’
Elizabeth se virou para continuar fazendo o jantar e Meliodas não pode deixar de perceber que ela era linda fazendo isso
‘Peraí! No que eu to pensando?’
Ele chacoalhou a cabeça para voltar a si
‘Vou ver o que ela está fazendo’
Ele se aproximou da beirada da mesa para ver o que ela estava cozinhando e levou um susto ao ver a mamadeira, o susto foi tão grande que ele desequilibrou e como estava perto demais da beira da mesa ele acabou caindo
Elizabeth se assustou ao ouvir um barulho alto de alguma coisa caindo e um choro, e quando se virou viu Meliodas no chão segurando o braço que havia caído em cima
“MELIODAS” ela largou o leite no fogão ligado e correu para socorre-lo
A deusa pegou o demônio no colo e verificou o braço
“Não está quebrado só ferido” Ela então usou seu poder de cura no braço, mas o bebê não parava de chorar pelo trauma de cair da mesa
“Por favor não chore ai ai, o que eu faço?” Elizabeth estava prestes a se desesperar quando se lembrou de uma canção que seu pai cantava para ela quando ela era criança
Se pudesse voar
Eu nunca mais voltaria
Eu vou te procurar
Pelo céu, nesse céu, vamos voar
Você está começando a sentir minha dor
Tristezas vão te cercar
E podem te dominar
A dor que sinto em meu peito por perder você
Deve estar ecoando no céu azul
E quando vo...
...Cê acordar
E se encontrar...
Na escuridão
Voe bem alto estou aqui
Pegue minha mão
Se pudesse voar
Eu nunca mais voltaria
Eu vou te procurar
Pelo céu, nesse céu, vamos voar
E quando superar
E encontrar o que procura
Venha me encontrar
Pelo céu, nesse céu, vamos voar
Pelo céu, nesse céu, vamos voar
Pelo céu, nesse céu, vamos voar

Meliodas parou na hora, a voz dela era tão doce e bela, ele sentiu vontade de ouvi-la sempre
‘Além de linda, canta bem... Peraí! Que! O que eu to pensando, droga deusa o que você está fazendo comigo’
“Que bom que se acalmou, hora de comer e ir dormir”
Elizabeth pegou uma mamadeira, colocou o leite e pegou Meliodas no colo, tentava dar de todo o jeito mais ele virava a cara
“Meliodas você não comeu nada o dia todo”
‘Se pensa que eu vou colocar a boca nessa coisa saiba que você está absolutamente...’
O estômago dele ronca
‘...Certa'
Contra sua vontade o pequeno coloca a boquinha no bico e toma o leite
‘Se você abrir a boca sobre isso para alguém a Suprema Divindade vai ter que arranjar outra herdeira’
Ele tomou todo o leite e sentiu seus olhinhos ficando pesados até que adormeceu
Elizabeth o colocou no bercinho em seu quarto e voltou para a cozinha para jantar
Ela comeu a sopa de ervas que havia feito para si e quando sentiu sono ela foi para o quarto dormir
Ela foi checar Meliodas que estava dormindo de lado chupando o dedinho com a cauda enrolada na perninha direita
Ele estava tão bonitinho que Elizabeth sentiu vontade de apertar
Mas se segurou e foi dormir

 


Notas Finais


Awn que fofura
Quem aí está querendo um Meliodas para si kkkk
Eu quero
A música é blue bird de Naruto versão dublada
Nem a música nem Nanatsu no taizai me pertencem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...