História O pequeno misterioso - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Meu Deus que saudades.
Era pra essa capítulo ter saido antes de ontem, mas a luz acabou kkkkk e só voltou no outro dia, quando eu já tinha saido volta a criatura. Resolvi postar hoje então.

E eu ainda tive que baixar um app pra imagem ;-; então espero que gostem :3

Não sei se gostei muito desse capítulo, mas é importante para alguns casais.

Amo vocês demais

Lembrando que essa arte não é minha ou seja, créditos para a pessoa que fez

Boraaa pra ficc

Capítulo 8 - Já passou


Fanfic / Fanfiction O pequeno misterioso - Capítulo 8 - Já passou

       POV Tweek

Meio desesperado e chorando abri os olhos e estava em uma sala completamente branca, eu acho, de repente alguma voz me chama

Kenny: Ele acordou

Eu dormi? podia jurar que era real

Craig: Tweek!

sou sufocado pelo seu abraço cheio de carinho. Stan pega um comprimido e me dá juntamente com um copo de água

Tweek: O-o que aconteceu?

Tomo meio em dúvida, podia jurar que era real

Token: Você apagou do nada, Craig quase teve um infarto

Imediatamente olho para ele que dá uma cotovelada em seu parceiro

Craig: Hahaha é nós todos estávamos preocupados, achamos que tinha sido nossa culpa, sabe pressão demais

Corei horrores, mas e o Pete?

Butters: OH HAMBÚRGUERES Você quase mata todos nós de preocupação

Entrando na sala ele me dá uma xícara, dou de ombros e pego, sendo surpreendido por ser chá

Stan: É você tava chorando cara

Tweek: Desculpa se preocupei vocês, eu tive meio que um pesadelo sabe, super assustador

Estremecendo só de lembrar tomei mais um gole do meu chá

Tweek: E o kyle? cadê ele?

olhei ao redor, mas nenhum sinal do ruivo, levei um pequeno susto com a campainha que me fez dar um gemidinho

Kenny: deve ser a pizza

Sumindo da minha visão volto a atenção a minha pergunta

Stan: A-ah sobre isso ele foi chamar um amigo seu, pelo menos é isso o que ele me disse depois de sair correndo

Tweek: Hmmm

Terminei de tomar o chá respirando fundo

Tweek: Não consigo acreditar que era um sonho

sussurro alto suficiente para que eles escutassem

Kenny: Foi tão ruim assim?

Chega indiferente com caixas de pizza

Cartman: Foda-se vamos comer logo

Stan: cala a boca

Cartman: fico magoadinha por que o judeu sai atrás de um homem?

pegando um pedaço de pizza sem excitar

Cartman: O que foi?... não vão esperar que eu faço uma oração.. Vão?

Em meio a cada frase era mais uma mordida, meu estômago roncou corei ouvindo risonhos

Craig: hehe bom vamos comer daí você conta pra gente, ok?

senti que toda atenção do mundo estava virada pra mim, a quanto tempo eu não sentia isso, suspirei aliviado, e concordei. Todos estavam ali comendo em

conversando quando tocam a campainha

Stan: Kyle

Correu pra abrir a porta

Stan: bem na hora da pizza

Cartman: Mas que merda ter que dividir espaço com judeu e ainda por cima um vampiro

Olha na mesma hora

Tweek: Pete!

Logo me levanto dando um abraço, ele quem está me ajudando junto com Kyle, devo muito a eles, principalmente ao Pete que me acolheu em seu grupo por enquanto

Pete: E ae baixinho

Cartman: vish vou até sair daqui, perdi meu apetite, seus merda fora da minha casa arrumem antes de sair

Gritando ele fecha a porta

Kyle: filho da pu...

Craig: prazer, sou o namorado dele, quem é você mesmo?

Mordi meu lábio ao ouvir isso

Pete: Prazer Craig, sou o melhor amigo dele e logo amante

Um silêncio se instalou no local, puta que pariu

Pete: hahahah brincadeira, deveria ter visto a sua cara

Olhei ao redor Token já tinha saido com o Clyde que estava mais chapado de sono que sei lá o que, Stan foi pra cozinha junto com Kyle pra lavar os pratos, Kenny e Butters tavam só se pegando mesmo e o Craig estava com cara de nada

Kyle: então quer um pedaço?

Tweek: A-hh é v-verdade nem ofereci d-desculpa

A chave do meu segredo era gaguejar fingindo estar envergonhado, por que eu estava fazendo aquilo? não sei, necessidade humana eu acho

Craig: Tweek vamos conversar rapidinho

Tweek: M-mas o...

Craig: ele pode esperar

Ele me puxou com força até um lugar bem afastado

Tweek: Ai isso d-doí

Me ignorando ele me taca contra a parede

Craig: Que porra é essa aqui? você some não avisa ninguém, começa a ignorar seu namorado, anda com outro grupo e agora trás seu "AMANTE" aqui? o que você quer me provar

Ele começa a se alterar a cada frase que fala, chegando mais e mais perto me deixando sem ar, vamos Tweek seja gay

Tweek: Primeiro

Joguei ele em uma distância considerável, o encurralado em uma porta, falando bem perto do seu ouvido e dando uma pequena lambida no seu pescoço

Tweek: Não se meta na minha vida, segundo, somos "NAMORADOS" e terceiros, se eu quiser sair com uma prostituta eu saio, resumindo cuida da sua vida

Eu não queria falar isso, então não olhei ele nos olhos, estava com os meus lacrimejando. Ele pegou no meu queijo me obrigando a olhar pra ele

Craig: ESCUTA AQUI você é minh-

Ele conseguiu inverter os papéis, agora eu estava contra a madeira, então a porta que estávamos encostados abre nos fazendo cair completamente um no outro

Cartman: Ah Puta que pariu VOCÊS NÃO FOREM EMBORA

Saio meio frustrado fechando a porta com tudo, nos encaramos, ele olha minha boca e começa a se aproximar, eu fecho meus olhos e apenas aguardo o momento quando...

Pete: toc! toc! Tweek vamos?

POV Kyle

Estava bem assustado, Tweek caiu no chão fazendo todo mundo se desesperar

Token: Que porra aconteceu?????

Kenny: Eu não sei ele simplesmente desmaio

ele sacudia o loirinho no chão sem sucesso

Stan: ELES MATARAM O TWEEK

Kyle: FILHOS DA PU-

Craig: CALEM A BOCA

Rapidamente ele pega o já falecido homem no colo e coloca no sofá

Stan: A GENTE MATO ELE

Butters: Oh hambúrgueres

Kenny: você é muito fofo vem aqui

Craig: ISSO NÃO É HORA CARALHO AJUDA AQUI

Kenny: desculpa ae invejosa

Kenny foi logo ajudar e Butters deu auxílio, Clyde continuava a dormir junto com Token que estava ajudando, meu Judas como ele consegue dormi assim?

Cartman: Eu não vou limpar corpo nenhum

Kyle: cala a boca bundão

Cartman: Judeus não tem fala em horas como essa

Kyle: Grrrrr

Já estava preparando meu soco

Kyle: Filho da put-

quando me impediram, QUE ABSURDO

Stan: Calma vamos pra cozinha pegar um copo de água

Cartman: isso leva seu judeuzinho pra se acalmar

tentando me debatendo do seu forte aperto, desisto e só o sigo pra cozinha

Stan: Kyle, você sabe que ele só faz isso pra te provocar

Kyle: eu sei eu sei cara

Stan: então relaxa ae cara

Pego o copo de água e bebo em um só gole

Stan: Pronto? vamos volt-

puxo ele para um simples abraço

Stan: Eu to aqui beleza cara?

Kyle: Stan eu...

Não consigo dizer nada e então ficamos nessa de abraços

Kyle: lá no banheiro eu-

Stan: quer repetir?

Fico mais vermelho que meu cabelo, Judas cara, tomo coragem e beijo ele, nesse beijo eu quis transmitir todo meu sentimento e sensualidade possível, a boca dele era doce com um gostinho de quero mais, ele logo me levanta e me bota na mesa me fazendo gemer pela brutalidade

Kyle: S-stan

Stan: shiuuuu

Me beija novamente agarrando minha bunda com vontade, passando meus braços ao redor de seu pescoço aproximo nossos corpos fazendo ele tremer

Stan: Kyle eu quero te fo-

Cartman: NÃO É POSSÍVEL MINHA CASA VIRO UMA BALADA GAY VÃO SE FUDER

CONTINUA :3 KAKAKAKA


Notas Finais


Ficou um pouco confuso né? Kakakak rlx é excepcional e opcional

E as outras fic, rlxm eu vou continuar :3 bejião e até o próximo episódio

Espero que vocês ainda lê essa história ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...