História O pequeno príncipe - Capítulo 37


Escrita por:


Capítulo 37 - Laços


Fanfic / Fanfiction O pequeno príncipe - Capítulo 37 - Laços

POV BEATRIZ ALENCAR:

Diego mexia comigo, lógico que mexia, mas seria bobagem acreditar que poderia rolar algo mais que sexo entre a gente. E no momento eu só queria focar na minha família, pensei seriamente em me mudar pra Curitiba, ficar perto do meu pai na recuperação dele. Já era férias mesmo, eu precisava focar. Resolvo ligar pro Raul, ele sempre clareia as minhas ideias.

- Raul, oi. – Digo um pouco preocupada, não estávamos nos falando com frequência.

- Oi Bia, como que você tá? – ele responde surpreso.

- Bom, aconteceu muita coisa e eu queria te contar tudo. Tem tempo? – pergunto e o medo de receber um não é horrível.

- Claro que sim. Tô com tempo. – Ele responde e começo a falar sobre o acidente, sobre a Cecília e como eu quero que ele conheça ela, peço desculpas por não ter ouvido os conselhos dele, falo que tô morrendo de saudades e por incrível que pareça ele também está.

- Posso ir aí te ver? Ver a Cecília? – Raul pergunta.

- CLARO QUE SIM! Mas bom, é férias. Não tinha planos? – pergunto superanimada.

- Claro que não, eu sou Raul, o nerd da faculdade. Vou ver as passagens e depois da festa na inauguração da casa dos pombinhos eu vou. – Raul fala sorrindo e parecendo nervoso também.

- Ah é, fiquei sabendo mesmo que eles vão se mudar né? – Respondo e me bate tristeza de não tá nesse momento.

- Sim, a Clara tá organizando tudo com a Aleli. Agora vou indo. – Ele diz e desliga. É né eles são cunhadas e logo o bebê vai nascer, mas eu jamais vou deixar a clara pegar meu posto de madrinha. Ela que me aguardar. Vou jantar com a minha mãe e a Cecília, e depois coloco ela pra dormir e resolvo mandar mensagem pra Aleli, xingando ela e requerendo meu posto de madrinha e tia.

- Beatriz, o Diego médico do seu pai tá lá embaixo e quer falar com você. – Minha mãe fala da porta do quarto. Desço bem rápido e encontro ele na sala com uma cara nada boa.

- Oi, veio fazer o que? – pergunto sem entender e cautelosa.

- Preciso conversar, Aleli tá dormido e sinceramente é a última pessoa do mundo que eu quero falar nesse momento. – Ele diz sem jeito e com um pouco de raiva.

- E você só tem nós duas de amigas? Que solitário né? Triste sua vida. – Digo debochando dele e ainda sem entender o que aconteceu pra ele vir pra cá essa hora.

- Vai me ajudar ou não senhorita sarcástica? – Ele fala impaciente.

- Sim, quer subir ou dá uma volta? – pergunto.

- Podemos sair? Sua mãe tá ai e não quero misturar as coisas. – Ele diz bem sincero.

- Tá, então vamos. – digo puxando ele pela mão.

- Bia? – escuto ele me chamar.

- O que foi? – pergunto quando chegamos no carro.

- Você tá de pijama. – Diego diz sorrindo.

- É, eu sei. Gosto de viver perigosamente. – Digo e escuto ele gargalhar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...