História O Perigo Mora Ao Lado - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Park Jimin (Jimin)
Tags Drama, Ficção, Romance, Terror
Visualizações 10
Palavras 1
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


P.O.V Park Jimin

Sabe aquele ditado popular, se pode dar merda vai dar merda? É exatamente isso que estou sentindo na pele hoje. Tenho que suportar o sofrimento de perder os meus tão queridos pais, e ser preso por um policial escroto que não entende a minha raiva. Mas a culpa foi minha,como me deixei levar pelo ódio desse jeito? Tenho que focar em me e parecer o mais arrependido possível,mesmo que não seja totalmente verdade...

-Cuidado,seja menos agressivo comigo!!!

-Você tem o direito de ficar calado,tudo que você disser será usado contra você no tribunal.

-Você não está levando isso a sério está? Aquilo foi o calor do momento, e...

Sinto dor no meu braço esquerdo e vejo que o policial Jeon tinha o torcido.

-Calado... o que você fez foi crime e será julgado por isso

-Aaai,isso é abuso de poder senhor Jeon

-Entre no carro Park!

Fico levemente constrangido com um sorriso de lado que surge nos seus lábios.

-Okay...

(...)

Enfim chegamos na delegacia, o senhor Jeon abre a mala onde eu estava trancafiado e me arranca da mesma. Sim, aquele desgraçado teve a audacia de me jogar na mala do carro. Andamos calmamente até a sala do manda-chuva e chegando lá, o meu querido Jeon,sintam a ironia, me joga em outro calabouço.

-Eu posso prestar queixa sobre seus maus tratos Jeon!!

-Eu só cumpri o meu dever como policial honesto querido_diz com um sorriso debochado

-Ah, se manca!

-Se você quiser Jimin, eu tiro a acusação contra você, em contra partida você vai sair comigo. Simples não é?

-Hahahaha, você está brincando com a minha cara não é? Eu tenho ranço de você amore. Nunca!!!!

-Vou te dar um tempo para pensar...

-Eu quero um ligação Jeon, Jeon volte aqui!

-Não Park

O filho de uma puta sai como se nada tivesse acontecido e me deixa trancado. Que audacia desse infeliz... Procuro um lugar para me sentar e choro silenciosamente, lembrando dos meus pais. Não admitiria mais uma perda e eu não sabia lidar com a falta dos mesmos. Não sei em que momento adormeci,porém acordo com um Jungkook muito animado me olhando fixamente.

-Boa noite Jiminie,pronto para ceder?

-Me pergunto qual intimidade você adquiriu para falar desse jeito com a minha excelente pessoa?_Digo irado

-Pensei que nos éramos amigos Jiminizinho.

-Pensou muito do errado_Sussurro

-Bem..eu não tenho o costume de ceder as pessoas, mas... Hoje eu estou de muito bom humor Jimin.

-Já não estava em tempo?

Me levanto e espero a sua próxima fala.

-Então...nem uma foto ou assinatura?

-Na verdade você não devia nem estar aqui..

-Isso eu sei mas, espere um minuto.. como assim?

-Do que você está falando Jimin?

-Por que você me prendeu?

Olho em volta e vejo que não estou mais com o Jungkook

-Onde estou? _Pergunto a uma pessoa que me encarava como se eu fosse louco

Xxx: No parque azul idiota

-Como...

A pessoa me ignora e sai andando sem olhar para trás. Pisco duas veze com toda a força e nada muda,encaro as minhas mãos e vejo a chave do meu fusquinha verde.

-Estou ficando louco...

*Adentro rapidamente no meu veiculo e dirijo a toda a velocidade para o bar mais próximo. Ao chegar no bar, encaro a decoração medonha do lugar. Tudo parecia antigo e sombrio,só tinham dois homens jogando sinuca, e uma mulher vendendo o seu corpo em uma das mesas. Começo a caminhar até o homem que servia bebidas,em seguida pedindo uma cerveja bem gelada. Porém como a minha vida não é boa comigo,a cerveja vem quente como mijo, e para completar a minha desgraça Jeon Jungkook aparece ao meu lado.

-Você por aqui?

(...)

Capítulo 2 - Nem tudo é o que parece ser





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...