1. Spirit Fanfics >
  2. O Perigo Mora Ao Lado 2 (Yang Jeongin) >
  3. Sentimentos falsos e traição

História O Perigo Mora Ao Lado 2 (Yang Jeongin) - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Sentimentos falsos e traição


Canadá, Golden Horseshoe

Sábado, 21:57

S/n


Lisa: S/n? Já acordou?  -- Ouvi sua voz como um zumbido, pisquei algumas vezes, pois o lugar era escuro.


S/n: Onde estamos? 


Lisa: Dentro de um container -- Olhei ao redor e percebi que meus pulsos estavam amarrados junto a Lisa e Hyunjin -- O Hyunjin está desacordado até agora, ACORDA PRAGA!


Lisa jogou o corpo para trás, já que estávamos amarrados com os pulsos atrás das costas.


Hyunjin: Cala boca gaivota desgrenhada! 


Lisa: ESPERA SÓ QUANDO ESTIVERMOS DESAMARRADOS, VOU ESTOURAR A SUA CARA! 


S/n: CHEGA! Precisamos sair logo daqui! -- Assim que gritei ouvimos algumas batidas a porta do container.


Hyunjin: Ótimo, vamos morrer. -- Disse debochado.


Lisa: Vou te dar uma pisa se não fechar a boca! -- Ficamos quietos assim que a porta foi aberta.


Felix: Vocês só fazem merda. -- Caminhou até nos com uma lanterna, e em seguida pegou uma adaga para cortar as cordas.


Hyunjin: Como nos localizou? 


Felix: Por garantia coloquei um rastreador em vocês. Mark, Hwase e eu voltamos assim que percebemos que o Yuri havia cruzado a fronteira. 


Hyunjin: Eles levaram nossas armas e nossos dispositivos de comunicação, acha que eles conseguem localizar o restante do pessoal?


Felix: Se ele cruzou a fronteira e pegou um barco que se leva aos Estados Unidos, creio eu que ele está a caminho de Austin. -- Deu as costas e o seguimos para fora.


S/n: Então ele está ciente que o Vernon está atrás dele. 


Hyunjin: Provavelmente sim. Até porque ele está com o Dylan, e o Dylan trabalha pro Vernon.


Felix: Vamos poupar o tempo e voltar para ver se temos notícias. -- Quando ele ficou tão sério?


(•••)


| Jeongin:

O Yuri fugiu, e o mais estranho é 

que o Jackson sumiu.


| S/n

Acha mesmo que ele está envolvido com algo errado?

Se isso fosse realmente verdade, todos nós já estaríamos encrencados, ele sabe de muita coisa. ✓✓


| Jeongin:

Também há essa possibilidade. Mas ele também não faria algo tão prejudicial, até porque a polícia está envolvida. Além disso Jackson é do tipo que trabalha por conta própria.


| S/n

Hum. Mas e agora? Vamos voltar a Austin? ✓✓


| Jeongin

Não sei. Mas eu estou indo para me juntar a vocês, Yuri não está mais aqui, então o melhor é ficar todos juntos.


| S/n

Tem razão.

Então, boa viajem.

Te amo princeso ❤️ ✓✓


| Jeongin:

Estaremos todos aí em três horas.

Se cuide.

Te amo mais bonequinha. ❤️


Jeongin está offline


Hyunjin: Sejamos sinceros Mark, você mais do que ninguém conhece o Jack, nos diga a verdade! -- Disse em um tom ordinário fazendo todos que estavam a sala o encarar.


Felix: O que esse palhaço tá fazendo? Não tínhamos que ficar em sigilo? -- Segurou meu ombro e se curvou sussurrando em meu ouvido.


Lisa: O Hyunjin vai colocar todos nós em perigo. Chaehyong, Jisoo e Mark são farinha do mesmo saco. -- Sussurrou enquanto encaravamos os garotos a poucos passos.


S/n: Tenho certeza que o Jackson teve as razões dele para tomar essa decisão. -- Caminhei até eles -- Jeongin que disse quem em três horas todos estarão aqui, vamos discutir quais decisões tomar assim que estivemos todos juntos.


Chaehyong: Todos aqui somos amigos. Não precisa mentir, estão desconfiando da gente? -- Comentou seria encarando Hyunjin e eu.


Hyunjin: Sim, estou. Vocês não se mostraram muito de acordo. Não estou dizendo que vocês estão por trás das coisas, mas ainda acho estranho.


Jisoo: Temos nossos motivos. Mas garanto que não vamos prejudicar os objetivos do grupo.


Lisa: Para estamos todos de acordo, precisamos que toda a verdade seja dita. E se tem haver com as buscas do Yuri, então é necessário sim! Saber tudo. -- Cruzou os braços.


Mark: Não estou aqui para discutir. O problema é do Jackson, se ele não disse pra vocês. Não a razão para que eu diga. -- Deu as costas saindo da sala.



Jeongin


| Woojin:

Não quero que se desespere. Não tome nenhuma decisão precipitada, Vernon foi localizado em um porto de Golden. Já comuniquei o grupo do Changbin.


Woojin está offline


Respirei fundo colocando a mão em minha testa.

S/n está lá. Não posso ser emotivo, posso acabar prejudicando o restante do grupo, mas preciso protegê-la.


Jeongin: Soobin avise o Minho. Peçam que se preparem.



Changbin


Changbin: Não dá -- Pisei fundo no freio ao freio quando vi dois carros parados a pista, e alguns homens a frente cruzando a pista -- Taehyung!


Taehyung: Seu carro tem seguro? -- Perguntou abrindo a janela do carro.


Changbin: Que merda você vai fazer!


Antes que me dissesse, algumas balas foram disparadas contra nós, me fazendo dar ré para trás.


Riley: Parece que vamos demorar aqui! -- Falou me encolhendo atrás do banco do carro.


Taehyung: NÃO ESTOU COM PACIÊNCIA PRA BRINCAR DE FUZILEIRO! CHANGBIN ACELERA! -- Gritou irritado me assustando.


Changbin: JÁ VIU QUANTOS CARAS ESTÃO LÁ FRENTE! 


Taehyung: Acelera! Dá pra passar entre eles! -- Ordenou ignorando meu comentário.


Changbin: Espero que saiba o que está fazendo! -- Pisei no acelerador, não conseguia ver direito por conta das balas que estavam sendo disparadas.


Taehyung: Vou mandar granada! REMÉDIO DE CORNO É BOMBA NO RABO! -- Berrou assim que passamos por eles, logo em seguida ouvimos a explosão.


Riley: Cruz! Precisava disso Taehyung? 



S/n


Mark: Jeongin, Yeonjun e Soobin provavelmente já estão chegando, e obviamente vão pra lá. 


Minho: Então nós também vamos -- Se levantou acompanhado de Hyunjin, Felix e Jisung.


Hwasa: Seria estupido irem todos, Vernon não é idiota. Se ele se deixou ser localizado, é porque já sabe onde estamos. E provavelmente planeja atacar. 


Jeongin: Cadê a S/n! -- Jeongin adentrou a sala, e caminhou até mim me abraçando forte -- Fiquei preocupado com você. 


S/n: Vocês não foram pro porto? -- Perguntei assim que nos soltamos.


Yeonjun: Possivelmente ele já está a caminho dos Estados Unidos. Faz um tempo que recebemos a notícia que ele estava aqui. 


Soobin: Resumindo. Ele já foi.


Jeongin: Como vocês sabem. Jackson está fora de localização. Como ele não nos comunicou o motivo, já podemos tratá-lo como suspeito.


Domingo, 15:17

Austin



Yuri: Sem enrolação, Vernon está com os mesmos planos de antes? -- Encarei o ruivo a minha frente que estava amarrado a uma cadeira.


Dylan: O que você acha? É o Vernon Yuri, ele não brinca em serviço. Ele não perdoou a sua traição. Te matar será apenas um capricho da parte dele.


Yuri: E pensar que imaginei que era meu amigo. 


Dylan: Foi o que eu imaginei. Mas no momento em que você traiu o Vernon nossa amizade acabou. Ele é meu superior. Você é muito inocente em colocar seus sentimentos acima de suas responsabilidades.


Yuri: Inocente é você que acha que o Vernon se importa com a sua existência. Se você fosse tão importante pra ele, já estaria a salvo.


Dylan: Mesmo que eu não tenha importância. Minha tarefa é obedecê-lo. Meu irmão servia ele antes e assim que o traiu. Vernon mandou que o matassem, não terei o mesmo fim que ele.


Yuri: Você vai morrer da mesma foram que ele! Dylan você vai morrer de qualquer jeito!


Dylan: Não importa, a muito tempo só estou servindo como uma ferramenta. Quando morrer, será quando eu não tiver mais serventia. -- Baixou a cabeça.


Por um momento senti um aperto, Vernon realmente só usava os seus subordinados, com certeza Dylan não tinha tratamento diferenciado, mesmo sendo o mais leal a Vernon.


Yuri: Vai se deixar ser usado? PARA DE SER IDIOTA! TEM QUE FAZER SUAS PRÓPRIAS ESCOLHAS! -- Segurei seus ombros o forçando a me encarar.


Dylan: Sabe que somos rivais, que eu vou fazer o possível para te entregar ao Vernon. Porque ainda se preocupa comigo? 


Yuri: Porquê? -- Por um momento minha raiva sumiu e eu o soltei -- Eu não disse que me preocupo com você! Só não quero que deixe as pessoas te usarem.


Dylan: E se por um momento tiver te traído durante a nossa fuga em Waterloo? 


Yuri: Você não? -- O encarei -- Depois de tudo você -- Senti uma mão em meu ombro.


Vernon: A quanto tempo Yuri? -- Riu baixo, me senti aterrorizado, encarei Dylan que desviou o alhar -- Bom trabalho Dylan.


Em seguida dois homens adentraram a sala e jogaram May, Bruce e Kai ao chão.


Vernon: Foi capaz até de iludir o Yuri pra entregá-lo a mim. Você realmente merece minha admiração.


Então a parte dos sentimentos também era mentira. Aquele idiota, sentimentos falsos.


Vernon: Que foi Yuri? Achou mesmo que o Dylan iria ser leal a você naquele momento? Eu estava te observando a muito tempo em Waterloo, só não me aproximei porque Jeongin estava por perto com a polícia. Naquele momento que você soltou o Dylan, ele acionou um pequeno dispositivo de localização.


Yuri: Você! -- Encarei Dylan. 


Vernon: Só esperei que você fugisse para entrar em ação, e agora que você está sozinho, não há porque me esconder. Dino, desamarre o Dylan, preparem as coisas, vamos pra Riverside.


Jackson

19:16


Jackson: Fala sério, você é uma decepção. -- Encarei o ruivo que estava sentado em uma calçada frente a uma praça.


Dylan: Vai me matar? -- Perguntou sem calmo sem se mover.


Jackson: Vontade não falta. Mas em lealdade á seu irmão, não vou matá-lo. Antes de morrer ele mudou suas escolhas.


Dylan: Os mais velhos são o exemplo. Eu apenas estou seguindo os passos dele. -- Disse calmo enquanto segurava um graveto e desenhava desenhos no chão.


A mesma inocência do irmão, ele tem 16 anos. Mas tem a mesma falha, cresceu mal amado e agora vive a ordens de superiores como uma ferramenta. No fundo, ele é alguém sozinho. Que repudia seus sentimentos para se deixar ser usado.


Jackson: Não vai fugir e dificultar as coisas? -- Perguntei ao vê-lo se levantar.


Dylan: Não, Vernon não precisa mais de mim. Sei que meus crimes me levarão a prisão. Já perdi tudo, então não há porque ficar solto. -- Sorriu desajeitado.


Jackson: Você ainda consegue sorrir num momento desses?


Dylan: Claro, apensar de tudo que fiz. Apensar de todos os seus amigos me odiarem. Você ainda se preocupa comigo.


Jackson: Está errado. Há mais uma pessoa que se preocupa, e ela também gosta de você. Mas você a entregou pra criminosos. -- Dylan ficou com as bochechas coradas -- Achou mesmo que eu não saberia?


Dylan: Não sei do que está falando. 


Jackson: Além de idiota é um péssimo mentiroso. -- Passei o braço sobre os ombros do garoto -- Vamos resolver o seu caso, e depois veremos o que fazer. Espero que você me obedeça a partir de agora. Pagar fiança vai arrebentar meu orçamento.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...