1. Spirit Fanfics >
  2. O Perigo Mora Ao Lado 2 (Yang Jeongin) >
  3. De volta ao jogo

História O Perigo Mora Ao Lado 2 (Yang Jeongin) - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - De volta ao jogo


Estados Unidos, Austin

Segunda-feira, 16:17

Jeongin


Jeongin: Desculpa tomar seu tempo, sei que é ocupado, mas poderia fazer isso por mim? -- Perguntei depois de explicar todo meu problema, esperando uma resposta positiva de meu velhor amigo.


Woojin: Claro. Só me diga o nome dele e eu procuro os arquivos, posso encontrar algum registro e assim rastrea-lo. -- Woojin disse se levantando e caminhando até a mesa de seu computador.


Jeongin: Dylan Murphy. -- Woojin rapidamente digitou e o computador expôs diversos arquivos, entendi absolutamente nada.


Woojin: Dylan Murphy, 16 anos, 1,75 de altura, descendência escocesa, passagens por roubo, dano ao patrimônio público, exportação de droga, excesso de velocidade, e mais alguns crimes, resumindo, ele é um demônio ambulante.


Jeongin: Mas em que merda o Yuri foi se meter! -- Acabei por elevar o tom de voz irritado.


Woojin: Seu irmão ainda não tem passagens pela polícia, vou tentar acionar a conta dele e descobrir quais foram os últimos movimentos dele. -- Woojin digitou por mais alguns minutos e eu nem me dei o trabalho de tentar entender o que ele fazia, já estava estressado e ver aquela quantidade de números estava fervendo meu sangue.


Jeongin: Consegui alguma coisa?


Woojin: Parece que ele passou em uma loja de casacos, hum, eles estão em Dallas. -- Woojin analisou os números expostos a tela do computador que foram se desintegrando.


Jeongin: Era pra isso acontecer?


Woojin: Não mas, acho que ele está deletando a conta, ou algo do tipo. Provavelmente já estão agindo.


Jeongin: Espera! DALLAS!? 


Woojin: Sim, 314 km de distância, duas horas e meia de carro. No chute eles estão a caminho de Tyler.


Jeongin: Porque Tyler? Está escondendo algo? -- O encarei sério e Woojin balançou a cabeça negativamente.


Woojin: Sei de muitas coisas que você não sabe, só vou te dizer porque se trata do seu irmão, mas precisa me prometer que não irá dizer isso a ninguém, pelo menos as coisas recorrente a quadrilha, pois são informações confidenciais. -- Me olhou sério e eu sentei frente a ele para ouvi-lo com atenção.


Jeongin: Pode dizer.


Woojin: Recentemente descobrimos uma facção em Tyler, descobrimos que eles têm grupos espalhados por algumas cidades do Texas. E o tal Dylan, foi apontado como principal suspeito em passar informações sobre a segurança de Austin a quadrilha.


Jeongin: Então se a polícia alcançá-los primeiro, Yuri será classificado como membro da facção, certo?


Woojin: Exatamente, bem, posso tentar rastrea-lo. -- Woojin passou diversos minutos e nada -- O ID dele é mascarado. 


Jeongin: Esqueci. Ele meche com essas paradas de computação. Argh! -- Rangi os dentes impaciente -- Obrigado Woojin, nem preciso explicar o que vou fazer. -- Me levantei e ele sorriu de canto.


Woojin: Imagino o que irá fazer, eu até ajudaria, porém já sabes, se ir com você a polícia nos classificará como suspeitos. 


Jeongin: Não tudo bem. Até mais. -- Tocamos as mãos e eu voltei para casa.



S/n


S/n: Conseguiu? -- Me levantei do sofá assim que Jeongin cruzou a porta da sala.


Jeongin: Possivelmente Yuri está em Dallas. -- Subiu as escadas passando por mim e eu o segui.


S/n: Vai mesmo fazer tudo sozinho? 


Jeongin: E eu tenho escolha? Já sabemos o que aconteceu quando nossos amigos entraram em confronto da última vez. -- Jeongin parou de por as roupas na mochila e sentou a cama pensativo.


S/n: Mas enfrentar a barra sozinho também não irá adiantar. -- Sentei ao lado do mesmo que me abraçou forte.


Jeongin: Já perdemos o Marlon, não quero perder ninguém, muito menos você. -- Disse baixo apertando o abraço.


S/n: Não vou deixá-lo ir sozinho, vamos juntos ok? Podemos enfrentar as coisas, pois Yuri também era minha responsabilidade, eu quem cuidava dele enquanto você trabalhava. -- Acariciei seus cabelos e ouvi um suspiro pesado.


Jeongin: Então vamos, são duas horas e meia de viagem. 


(•••)


Jeongin


Jackson: JEONGIN! ENCOSTA! -- Olhei para o lado e vi Jackson, baixei a velocidade do carro e estacionei fora da pista.


Jeongin: Jackson? -- O encarei com dúvida e o Chinês caminhou até mim assim que saiu de seu carro, olhei para trás e vi mais dois carros pararem.


Jackson: Achou mesmo que iria pra cima daqueles caras sozinho? -- Jackson riu e bateu em meu ombro.


Mark: Woojin nós comunicou.


S/n: Quando chegaram a Austin?


Jackson: Duas semanas atrás, viemos por acaso e soubemos do que aconteceu com Yuri.


Minho: Que feio Jeongin, sair sem convidar os coleguinhas. -- Minho saiu de um dos carros acompanhado de Yeonjun e Jisung.


Yeonjun: Ele acha que estamos enferrujados.


Felix: Não acredito que desclassificou a gente. -- Felix saiu fechou a porta do Jaguar F-Type, e Hyunjin, Jisoo e Soobin apareceram a janela do carro.


Chaehyong: IAE S/N, CASTROU O JEONGIN? -- O loira gritou da janela do carro de Jackson e eu corei.


Jeongin: Achei que queriam mudar de vida. -- Acabei por rir em ver meus amigos.


Jackson: E mudamos, mas ajudar um amigo não significa exatamente voltar a crime, afinal, não estaremos roubando, só resgatando o garoto.


Jeongin: Então posso contar com vocês? -- Acabei por sorrir.


Mark: Pode ter certeza.


Yeonjun: É isso aí pessoal, de volta ao jogo.


Voltamos a nossos carros e dirigimos pela estrada em direção a Dallas.


Seja quem for o cara que manipulou e colocou essa ideia estúpida na cabeça do Yuri, eu vou encontrá-lo e exterminá-lo o pessoalmente.


Estados Unidos, Dallas

Terça-feira, 22:48

Yuri



Vernon: Como posso garantir que você não irá me trair? -- O mais velho ficou a minha frente me encarando sério.


Yuri: Eu odeio o meu irmão, tanto quanto você e faria qualquer coisa pra demonstrar minha lealdade.


Vernon: Palavras bonitas -- Virou o rosto pensativo e voltou a me encarar -- Mas só palavras não provarão sua lealdade, vir aqui e dar discurso de ódio não trará minha confiança a você.


Yuri: O que quer que eu faça?


Vernon: Você é o caçula dos Yang's, e irmão mais novo do Jeongin, ambos filhos do legendário agente Yukimaro -- Caminhou de um lado pro outro -- Quero que mate Jeongin e traga a namorada dele. Pode fazer isso? Se conseguir, lhe darei metade da liderança.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...