História O perigo muda de endereço Vol 03 Fabiana - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Drama, Policial, Romance
Visualizações 3
Palavras 411
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Seven


 

Após saberem por vizinhos sobre o acidente ocorrido na estrada para Curitiba, Carolina e Hélio deixam Isabela e Ivan com a avó paterna deles e vão para o hospital onde a maioria dos feridos são atendidos. As informações sobre os feridos no acidente estão desencontradas. Os parentes das vítimas estão agitados em frente ao hospital e aguardam ansiosos por notícias de seus familiares. Carolina consegue informações de Fabiana e vai até a enfermaria encontrá-la enquanto Hélio busca por informações sobre Arlete e Ronaldo.
- Que bom vê você, minha irmã. O que aconteceu?
- Onde está mãe e pai?
- Ainda não sabemos. Hélio está procurando por eles.
- Eles estavam muito machucados.
- E você? Está doendo muito?
- Um pouco. Onde está o Otávio? Vocês avisaram ele?
- Falei com a Cristina e ele já está a caminho.
- Eu tentei desviar, mas não consegui. Os carros vieram pra cima da gente.

Fabiana começa a tossir e tem dificuldade de respirar. Carolina tenta acalmá-la e a enfermeira a avalia mais uma vez. Ela dá mais um sedativo a Fabiana que adormece. Otávio chega e fala eufórico.
- Como ela está, Carol?
- Muito agitada.
- Tem notícias de mãe e pai?
- Não. Hélio está procurando por eles.
- Desculpe. Demorei porque a estrada está um caos. Foi muito difícil chegar aqui.
- Não se preocupe, meu irmão. Viemos para cá assim que soubemos do acidente.
- Que loucura. Eu ouvi no rádio que teve muitos feridos.
- Fabiana me disse que não conseguiu desviar.
- Se quiser ir para casa ficar com os meninos, pode ir. Eu fico aqui com ela.
- Eu não vou sair daqui enquanto eles não estiverem bem.

Otávio abraça a irmã e eles observam Fabiana. Hélio liga para Carolina e avisa que encontrou Ronaldo e Arlete e que está indo se encontrar com ela. Otávio e Carolina vão para a recepção do hospital. Na portaria muitos repórteres se misturam aos parentes para saberem notícias de mortos e feridos. Não demora muito para que Hélio se encontre com eles.
- Onde eles estão, Hélio?
Hélio não consegue responder Otávio e Carolina percebe que o marido tem uma expressão triste.
- Vocês precisam ser fortes.
Hélio não consegue encontrar outras palavras para informar aos irmãos sobre a morte dos pais. Carolina se desespera e cai em prantos. Otávio não encontra forças para amparar a irmã e acaba sentando no chão e chora como uma criança.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...