1. Spirit Fanfics >
  2. O Peso da Coroa >
  3. Beijo

História O Peso da Coroa - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Beijo


Fanfic / Fanfiction O Peso da Coroa - Capítulo 6 - Beijo

15 dias para o Casamento.

Nos dias que se sucederam eu não a vi e tentei não pensar nela.

 A festa de noivado foi massiva, tive que passar a noite inteira num vestido insuportávelmente apertado que espremiam meus seios para que parecem 2 vezes maiores e sapatos que tentavam me deixar com o pé de uma criança. O pior foi ser obrigada a sorrir e me fingir para todo um reino que a ideia de me casar e me tornar princesa, me agradava.

Eduardo, passou a noite ao meu lado, respondendo perguntas direcionadas a mim e distraindo as pessoas para que elas não votassem a falta de empolgação de sua noiva. Não tenho certeza se ele fez isso por mim ou por ele, para não parecer o príncipe rejeitado. Ora, talvez eu outra realidade em outro momento, mas agora eu não o amo e eu não estou feliz pelo nosso casamento. Mas imagino que qualquer outra no meu lugar estaria saltitando de alegria, fazendo questão de escolher os mínimos detalhes do casamento, escolhas que eu tô deixando minha mãe fazer por mim. Eduardo é um garoto bonito, agradável e gentil, um verdadeiro príncipe, mas não é ele que eu amo.

Estou cheia de coisas para fazer, quem disse que se casar é fácil e tornar princesa ? Tenho divido o tempo entre compromissos reais como: chas da tarde, inaugurações e eventos, compromissos do casamento: como a escolha do maldito vestido cujo eu ja havia provado milhares de vezes na ultima semana, e os "encontros" que tentavam fazer com que eu e o príncipe soubessemos pelo menos um apelido de infância um do outro antes de casarmos daqui a 15 dias. Como se fossemos nos apaixonar e um passeio a cavalo ou em uma caminhada pelo jardim do palácio.

Hoje, Eduardo tirou o dia livre para que pudéssemos resolver alguns detalhes e passar um tempo juntos. Acordei cedo dessa vez, sem dificuldade, me olhei no espelho e meu Deus como eu estava horrível, olheiras fundas, meu corpo estava magro como se eu não comesse a semanas o'que de fato era verdade. Rapidamente coloquei um vestido qualquer e fiz um coque no cabelo, o dia estava quente e eu não estava com vontade nenhuma de me arrumar.

A carruagem oficial, me buscou em casa e me levou até o palácio, nos jardins Eduardo ja estava a minha espera, quando o cocheiro parou ele abriu a porta:

_ Senhorita, tudo bem?

_ Você sabe a resposta

_ Victória nos vamos nos casar em 15 dias você podia melhorar um pouquinho esse humor, não quero viver para sempre ao lado de uma rainha mal humorada

Ele estava sendo irônico e eu odiava isso nele, o jeito como ele estava realmente levando bem a história do casamento.

_ Eu espero ser uma rainha exilada após o primeiro ano do nosso casamento

Uma resposta a altura.

_ Contanto que as crianças fiquem aqui comigo

_ Crianças? - e nesse momento algo que eu ainda não havia pensado, ele... ele com certeza vai querer que eu... Na lua de mel ou depois ele vai esperar isso de mim, e na igreja... O beijo

_ Claro, como um rei e uma rainha podem não tee herdeiros para o trono

De novo, eu não conseguia pensar.

_ Vamos entrar e resolvemos logos os detalhes quero ir para casa

_ Tudo bem, vamos

Voz: ...Podem ser creme ou dourados...

Eduardo: Victória oque você acha?... Victória.

A voz de Eduardo me chamando me acordou dos meus pensamentos

Ele: Você esta bem? Estamos aqui a horas e você não abriu a boca

_ Desculpa se eu não estou empolgada para escolher a cor dos guardanapos ou se o duque senta ao lado da princesa ou do padre

Rainha: Isso é jeito de você falar com o príncipe, e pior com seu futuro marido

Quando a rainha chegou aqui? E ela estava maluca se achava que eu me silenciaria diante do um homem só por que me casei com ele 

_ Mãe por favor da minha noiva cuido eu, a Victória só está se acostumando com tudo isso ainda

Rainha: Então eu espero que ela se acostume logo, pois o casamento é daqui a 15 dias

_ Eu vou ajuda-la e ela promete se esforçar -ele disse isso enquanto olhava pra mim esperando que eu dissese alguma coisa -

_ Me desculpe, majestade eu prometo me esforçar

Por que ele não parava de tentar me ajudar. Eu não quero sua ajudar.

_ Então, Charlie vai ser tudo em dourado, o'que você acha Victória?

_ Por mim tudo bem

_ Então acabamos por aqui, vamos - disse ele me estendendo a mão -

Eu a segurei e saimos dali, andando pelos imensos corredores em silêncio, corredores familiares que me lembravam daquela noite.

_ Olha Victória, eu ja entendi que você esta se sentindo contrariada e que esta brava. Mas por favor eu estou me esforçando querida

Ele parou e olhou nos meus olhos, enquanto encostava em uma das janelas.

_ Me desculpa, mas não ta sendo nada fácil para mim

_ Eu sei que não querida, tem algo que eu possa fazer para te ajudar?

_ Na verdade não, mas tem algo que eu queria conversar

_ E o'que é? Podemos falar sobre qualquer coisa

Será que podemos mesmo.

_ Eu sei que o casamento exige algumas obrigações não é... Eu estava morrendo de vergonha -

_ Sexo é o que você esta falando?

Eu senti minhas bochechas corarem, de tanta vergonha, ele riu:

_ E normal que aconteca isso com os casais não é?

_ Mas nos não somos um casal

_ Seremos casados em 15 dias, o'que você acha que nos somos?

_ Dois desconhecidos obrigados a nos casar

_ Não acho que somos dois desconhecidos, mas você nã precisa se preocupar com o sexo agora

_ Mas e com o beijo, o beijo no casamento?

_ Não vai me dizer que você nem me daria um beijo, eu sou tão horrível assim para você?

Não ele não era.

_ Não é disso que se trata, só que é muito estranho

_ Você nunca deu um beijo é isso? Se for nos podemos treinar

Como assim? Eu devia dizer a ele que ja beijei alguém? Eu devia falar sobre Elisa? Que história é essa treino? Ele não esta achando que eu vou beija-lo não é?

_ Não, você é doido

_ Não beijou ou não quer treinar

_ Não quero mais falar sobre isso

_ Então tem alguém não é? Alguém que você beijou

Elisa.

_ Esquece isso

_ Se a pessoa não existisse você me responderia com um simples não

_ E você acreditaria?

_ Não.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...