História O piano de uma suicida ( amor doce- Castiel) - Capítulo 40


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charli, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky
Tags Castiel, Depreção, Incesto, Músicas, Romance, Sad Girl, Suicida
Visualizações 314
Palavras 1.334
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 40 - Alguém sofre por você?


Fanfic / Fanfiction O piano de uma suicida ( amor doce- Castiel) - Capítulo 40 - Alguém sofre por você?

Nunca pensei que o despertador demorasse tanto para tocar, normalmente é ao contrário, mas estou ansiosa para o plano que minha irmã esta planejando meu corpo esta sentindo uma pré-adrenalina passando pelas as veias, a vontade de lutar para conseguir derrotar o que me atormenta me deixa com bastante animação.


Aaah Castiel eu queria contar para você e desabafar minha determinação de matar o Adam mas eu te conheço e sei que nao aceitaria eu fazer parte disso, eu sei o quanto você quer me ver segura, mas se soubesse desse desejo que me corroe por dentro talvez a situação mudasse.


( despertador)


Quase pulei da cama, mas me segurei e imediatamente fingi que estava durmindo ao sentir o lado direito da cama se mecher, e logo após ouvi o barulho do aparelho cessar.


A casa se enchia de barulhos baixos, mas conseguia ouvir ate os pequenos passos dados pelo o Castiel, senti o cheiro do seu perfume invadindo o quarto ah... Como eu amo esse perfume, me lembra tanto ele.


E por fim, com um forte aperto no correção ouvi o som que a porta emitia, como eu tive vontade de sair dessa cama correndo ate ele, minha saudade já esta gigante. Aaahh tenho urgentemente superar essa situação, imagina quando ele tiver que viajar a trabalho eu vou enlouquecer mais do que eu já sou.


(...)


Relógio da cozinha marcava exatamente 9:00, já arrumada olhava fixamente para os ponteiros e segurando uma caneca com chocolate quente ou mais conhecido como Nescau, os três marshmallows boiando também chamava minha atenção, pensava como era estranho eles ficaram boiando, e nesse momento eu comecei a mongar Fortemente com qualquer coisa em minha volta, quarquer fumiguinha que passa-se eu começava a paranioar lembrando das outras fumihinhas que eu matei por diversão imaginá quantos parentes ficaram arrasados, sabe eu acho que as baratas sao primas das fumigas (Ps: no meu vocabulário nao é formiga é fumiga) por que sempre que meu irmão matava uma ,pois eu morro de medo das baratas tudo, as fumiginhas sempre ficavam em volta da maldita barara sla devem estar chorando pela a morte do parente distante.


Puts imagina mosquito e as muriçocas que eu mato tudo! Carai, destrui tantas famílias mas essas desgraças destroem o meu sono fazendo zuuuumm no meu ouvido, mereceram a morte, e outra os mosquito rouba nosso sangue... Mano mosquito é tudo cuzao.


Manooo e as abelha que rouba meu refri...


( pensamentos idiotas interrompidos pela a campanhia)


Finalmente!!


Abri a porta me dando de cara com minha irmã, ela aparentemente estava feliz mas ao mesmo tempo tentando pagar uma de comportada e seria e isso para mim foi muito engraçado, então eu começei a rir e ela sem aguentar começou a rir da minha risada. E depois de muito tempo rindo sem saber muito bem do que, eu parei respirei fundo falei:

- ai, ai!

E voltei a rir, e minha irmã começou a rir da minha risada de novo, depois a risada da minha irmã estava tão descontrolada que ela começou a imitar um porco com asma e com isso minha risada descontrolou também e eu fiquei perecendo um pato imitando um porco com asma... 


(...)


Sentadas no sofa finalmente curadas da quase interminável crise de risos, começamos a forcar mais no verdadeiro assunto... E antes que ela pudesse abrir a boca eu falei tentando me fazer de comandante da parada.


Eu- eu irei participar das missões, irei ser treinada antes ate o momento do ataque, e se eu nao cooperar com nada disso você nunca terá sua vingança.


Vi ela ficar sem palavras novamente, ela parecia dessesperada para falar alguma coisa mas esta bem óbvio que sua sede pela a vingança a impede de todas as formas. E logo após de um suspiro ela disse:


- esta bem, mas com uma condição eu também irei treinar e participar junto com você.


Eu-Nao! Eu nao quero que se machuque.


Irmã- eu tambem nao quero que você machuque, estamos quites!


Droga...


Eu- estabem, e o Rafael? So vai ajudar nas despesas?


Irmã- não. não sei se eu te falei mas o rafa é um hacker ele ajuda ate com empresa dos nossos pais, e isso vai ser importante.


Eu- hum... Entendo.


Irmã- bem, nao vamos contratar muitas pessoas nao podemos chamar muita atenção, esse lugar é cheio de homens amardos vai ser difícil entrar, então vamos precisar de dois snipers , uns dos melhores profissionais(Sniper significa um atirador de elite, e é um termo oriundo do inglês.

Sniper ou franco-atirador, é um exímio atirador, que tem a capacidade de atirar em alvos a partir de posições escondidas ou distâncias superiores as das pessoas não treinadas.), uma das melhores atiradoras e uma ganhadora olímpica de taekwondo para nós treinar, e lógico vamos chamar mas 6 proficionais, vamos dividir griupos para irmos em diferentes entradas.


Eu- entendi.


Irmã- e vai ser um helicóptero com metralhadoras em caso de emergência, além de dezenas de carros de fuga.


Eu- nossa, você tem bastante dinheiro em.


Irmã- nossa família e milionária, somos bem mais que ricos.


Eu- amanhã mesmo vamos começar os treinamentos.


Irmã- que? Kira, você esta de atestado medico, nada de esforço.


Eu- nao podemos fazer um Omelete sem quebrar alguns ovos.


Irmã- incrível, você é teimosa igual o castiel, se merecem aff 😒


Eu- por causa disso somos as melhores pessoas do mundo.


Irmã- ata.


(...)


Que tediooo, faz 3 horas que minha irmã foi embora, e ainda me deixou super animada com tudo que iremos fazer, mas por outro lado me deixou em casa no tédio, tou tão sozinha.


( campanhia tocanddoooooo)


Carai, quem será.


...


Eu-Nathaniel?


Nath- oii Kira, quis ver você para saber como esta depois que saio do hospital.


Eu- ah Claro entre, pode se sentando vou fazer um cafézinho.


Nath- nao precisa!


Eu- óbvio que precisa, você salvou minha vida isso nao é nada.


Nath- er...(interrompido)


Eu- nem mais um "A" Sente-se.


...


Com cuidado levei a bandeja com comida ate a mesinha de centro, e logo ofereci ou melhor quase obriguei o Nathaniel a tomar pelo menos um cafézinho.


Nathaniel- eu percebi que o castiel nao apareceu ate agora, você esta bem enquanto a isso?... Sabe quando ele saia por um minuto você já ficava um pouco descontrolada.


Eu- hahah um "pouco"?, aah Nathaniel você é um amor... Bem meu psicológo resolveu o problema.


Nathaniel- ah sim... Kira eu quero te pedir uma coisa, que eu sempre ouvi falar mas nunca vi ou melhor ouvi.


Kira- o que exatamente?


Nathaniel- você tocando o piano.


Kira- sera um prazer tocar para você, quer eecolher a música.


( autora: nesse momento, o Nathaniel pensou em uma música que veio com tudo em sua cabeça, uma música que ele se edentificou, ele queria muito que a kira percebe-se que ele o a ama... Mas ela apenas o vê como um Grande amigo, ele sabe que essa menina é o amor da sua vida e por isso mesmo não vai estragar seu relacionamento com a pessoa que ama mesmo que doa muito. E essa música retrata tudo isso).


---------------------------------------------------------------------Stone Cold

Demi Lovato


Fria Como Pedra

Fria como pedra, fria como pedra

Você me vê de pé, mas eu estou morrendo no chão

Fria como pedra, fria como pedra

Talvez se eu não chorar, não vou sentir mais nada


Fria como pedra, meu bem

Deus sabe que eu tentei me sentir feliz por você

Saiba que eu estou

Mesmo que eu não consiga entender

Eu aguento a dor

Me dê a verdade, eu e meu coração

Nós vamos conseguir superar

Se a felicidade é ela, então eu estou feliz por você


--------------------------------------------------------------------

Ele escolhe muito bem as musicas, essa me toca bastante, a letra é bem forte e é a realidade de muitas pessoas


Ele parece estar triste, talves ele mesmo já passou por isso.


Eu- sabe, obrigada por salvar minha vida, voce virou um Anjo para mim depois disso, eu tive medo de nao acorda mais do grande nada, mesmo em minha volta estando tudo em paz dentro de minha cabeça estava acontecendo uma grande Guerra.


Nath- nao estou entendendo.


Eu- eu percebi, que se eu saisse desse mundo minhas dores iram junto comigo, vou ter tudo que aconteceu na minha vida para sempre dentro de minha cabeça, vou fazer isso por merecer. Obrigada por ter me dado a oportunidade de continuar.


Ele nao falou nada, me respondeu apenas com um abraço apertado e caloroso.


Castiel- cof cof.


(CONTINUA)



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...