História O pior inimigo do meu pai- kakasaku madasaku - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Quem é vivo sempre aparece né to aqui de novo

Capítulo 16 - 16


Fanfic / Fanfiction O pior inimigo do meu pai- kakasaku madasaku - Capítulo 16 - 16

Meu kami e agora respondo ou não? 

Eu tava sentindo tanta falta dele e agora me bateu o peso na consiencia, eu tinha ficado com o madara de novo.

Mais não aguentei, eu não ia morrer de responder e depois do gelo que eu levei so de ganhar um oi eu to é no lucro.


- to bem sim e você?

- to bem sim poderiamos conversar?

- claro pode falar.

- pessoalmente?

- tenho que fazer uma coisa agora, mais tarde to livre.

- tudo bem vou ficar esperando.


Hashirama: vai demorar muito? Sabe como o madara é de mal humor.

- ja to indo tio, so vou trocar essa roupa e ja desço.

Peguei a primeira muda que achei na frente e vesti. Madara ja estava bufando, mais assim que entramos no carro sua feição mudou.

Madara: ficou bonita com essa roupa.

- valeu- agradeci mesmo sem entender, ele não era tao gentil assim normalmente.

Madara: pensativa?

- um pouco.

Madara: arrependida? 

- sim e não é complicado.

Madara: por causa do Hatake?

- pois é acho que não tenho muita sorte no amor se considerar que minha primeira paixonite me fez parar no hospital e a segunda também - chegava ser engraçado visto de fora.

Madara: porque as duas?- ele perguntou confuso.

- o primerio me fez ter um coma alcoólico, o segundo e eu estava tão distraida a ponto de rolar arquibancada a baixo e nem me dar conta.

Madara: acho que você tem o dedo podre- ate que era legal esse madara mais descontraido.

- também acho haha

Não sei o que aconteceu com madara, mais não era nem de perto aquele homem que eu conheci nos primeiros dias aqui. Ele estava mais solto hoje mais divertido, falante.

- o que te deu hoje? Parece ate de bem com a vida.

Madara: consegui acordar de bom humor, e olha que depois de uma transa a últimas coisa que eu quero é acordar e ver ela do meu lado, ainda mais fazendo carinho.

- não estava fazendo carinho - Meu celular vibrou, e eu não precisava olhar pra saber quem era.

Madara : por isso ta tão pensativa o grisalho deu as caras de novo- e voltou a ser o madara chato.

- acho que você ta muito curioso

Ele parou na frente da farmácia e eu entrei pra previnir peguei a do dia seguinte e um anticoncepcional, pra garantir daqui pra frente, mais pra minha surpresa quado sai o madara ainda estava la.

- não ia pra sua casa pegar sei la o que?

Madara: agora vou.

- porque ja não foi, eu não teria me importado de esperar.

Madara: porque você e uma piralha irritante era capaz de querer voltar sozinha.

- tabom senhor sabe tudo, vamos que eu lembro que sua casa não é tão perto.

Fomos e voltamos em silêncio se não fosse por meu celular tocando e eu não queria deixar ele no vaco e acabei me obrigando a entender.


- alô

- oi pequena, encomodo?

- claro que não.

- sei que disse que me avisava quando tivesse livre, mais eu tava resolvendo uma coisas e so to livre depois do almoço.

- tudo bem me manda mensagem dai.


O madara estava bufando do meu lado que nem percebeu que tinha entrado na outra pista, e tinha dois carros vindo.

- olha a rua porra quer matar a gente.

Madara: cala a merda da boca que eu presto atenção no caminho, não sei pra que fui escutar o hashirama e te traser.


- ta com o madara? Quer saber deixa quieto isso beleza.


- você quem sabe.



Madara: ja levou um fora haha- pronto agora voltou o irônico, esse homem é muito bipolar.

- por sua culpa né madara. E tenta não matar a gente quero chegar inteira em casa.

Madara: como se eu fosse culpado não transou comigo obrigada.

- não foi obrigada, eu errei com um cara da hora. Quer saber foda-se você ja estragou tudo de novo- Chegamos em casa, e eu me enfiei no quarto não tava afim de ver ninguém.



Kakashi



Tinha ido ao mercado hoje e por acaso ouvi os meninos conversando, e naruto contando sobre o madara viver de marcação com a sakura, eles não tinham me visto e continuei escutando por cima.

Kiba tinha ficado com ela e o madara apareceu na hora pra atrapalhar, e ela acabou expulsando ele, e o kiba acabou soltando que ela disse que era sempre assim.

Acabei me convencendo que tinha sido coisa apenas de uma vez, mais depois daquela ligação e eles estavam juntos me bateu a insegurança, mais eu ainda queria ver ela. 

So que ela começou a discutir com o madara e esquecendo que eu estava na linha comigo e eu ouvi ate mais do que eu queria.

Mais quando ela falou bem de mim e que tinha me perdido, eu tive um pouco mais de esperança.

Depois de meia hora tentei ligar mais provavelmente estava desligado. Acabei me obrigando a ir ate a casa do meu amigo minato. O naruto com certeza poderia me ajudar.

Estavamos nos três no jardim quando, minato finalmente teve que ir ver o que a kushina queria e dei graças por poder falar a sós com naruto.

- naruto preciso de um favor seu mais tem que ficar entre nós.

Naruto: fala ai sensei.

- preciso falar com a sakura e queria sua ajuda.

Naruto: ta de brincadeira sensei fala ai o que eu tenho que fazer.

- sera que consegue levar ela no centro comercial hoje a tarde?

Naruto: se precisar ela vai na marra sensei. Mais achei que vocês nem estivessem se falando mais.

- e não estavamos mais escutei umas coisas interessantes hoje. E queria ouvir dela.

Naruto: ja to indo pra casa dela sensei, da um tchau pro meu pai e vai, te espero na praça de alimentação.

Fiquei coisa de mais meia hora com minato e fui, tinha esperanças que o naruto conseguiria levar ela.





Hashirama 



Sakura: EU NÃO QUERO SAIR NARUTO ME DEIXA- não tenho mais paz nessa casa.

naruto: VAMO LOGO SAKY NÃO TENHO O DIA TODO.

- mais o que ta acontencendo aqui?

Sakura estava segurando na cabeceira da cama enquanto naruto tentava a puxar pra porta.

Naruto: tio ajuda ai, to querendo ajudar e ela se faz de difícil - desse ângulo prefiro é assistir daqui mesmo, é minha sobrinha mais tenho que admitir é gostosa.

Sakura: ajudar com o que você so quer companhia pra passear.

Tobirama: pra toda essa gritaria a essa hora ninguem tem bom senso por aqui?- como se ele tivesse.

Naruto: tio que bom que você chegou estamos querendo fazer uma supresa pra uma amiga da escola e a saky não quer colaborar.

Tobirama: eu to resolvendo umas coisas por telefone filha preciso de paz, pode ir com o naruto pra ele calar a boca.


Sakura


Naruto ja estava me olhando com um ar de superior, todo convencido.

- sai daqui vou me trocar. E você ta me devendo uma senhor tobirama não vou esquecer tão cedo.

Tobirama: so me deixem trabalhar.

- que historia é essa de colega e surpressa naruto?

Naruto: troca logo de roupa e vamos sakura sem discutir vai.

Ele pegou o carro do pai emprestado e assim fomos, assim que chegamos ele foi me arrastando la pra dentro e tudo que eu queria era entender o que aquele louco estava querendo. Ja não estava de bom tamanho eu ter vindo ainda sou arrastada.

Aproveitei e fui dando uma olhada nas lojas mais ele mudou de rumo e fomos pra passa de alimentação.

Naruto: fecha o olho.

- mais por...

Naruto: so fecha o olho é importante, pode confiar saky- alguma tava acontecendo ele não me deixava nem terminar uma frase, ele tapou meus olhos com a mão e foi me guiando enquanto eu me sentia uma idiota.

- pra onde estamos indo pra que tudo isso naru.

Naruto: quieta estamos chegando pode sentar- tentei apalpar com a mão e achei o banco.

- tabom e agora?

Naruto: agora ja fiz minha parte se virem

Ele destapou meus olhos e quem estava ali era o kakashi olhei de um pra outro sem entender nada. Realmente estava confusa pra caralho.

- o que esta acontecendo aqui?

Naruto: to indo embora qualquer coisa te deixei com a ino ja que era coisa de menina- e saiu andando me deixando sozinha.

- naruto espera ai- me levantei pra sair andando, mais o kakashi segurou meu pulso e eu não sabia mais o que pensar, ele me arrasta de casa pra me largar com o kakashi, mais o kakashi também ja me deu um fora logo cedo, ja não to entendendo é mais nada.

Kakashi: espera fui que pedi pra ele te trazer- agora ficou mais confuso ainda.

- porque?

Kakashi: digamos que alguem começou uma briga e esqueceu de desligar a chamada e eu escutei umas coisas bem interessantes - ai me bateu uma vergonha, ate que parte ele ouviu?

- ta e porque eu to aqui então?

Kakashi: ja disse que escutei algumas coisas interresantes. E queria conversar - Voltei a me sentar do lado dele e acho que ele entendeu que poderia continuar.

Kakashi: ate que ponto aquilo era verdade? 

- de que parte esta falando?

Kakashi: da parte em que vo....

- ai meu deus kakashi não acredito que é você quanto tempo ta mais gato ainda.

Fiquei olhando os dois era uma menina, bonita cabelos e olhos castanhos um sorriso bonito admito, e ela ignorou minha presença ali.

Kakashi: eu que pergunto o que você esta fazendo aqui rin? - acho que o kakashi esta mais perdido que eu.






Calma ai rin? Essa era a tão menina que meu tio era apaixonado, a que acusou o kakashi, e pelo jeito cansou de fuder com o madara. O que essa louca ta fazendo aqui na cidade não tinha ido embora anos atrás.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ate mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...