História O Poder do Amor!! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Nooroo, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Tags Adrienette, Alyno, Marichat
Visualizações 83
Palavras 1.152
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Amores me desculpem pela demora mais aqui estamos!! Leiam e se divirtam.

Capítulo 2 - Um dia normal! E uma nova decisão!


           (Marinette Pov's)

Era mais uma manhã normal em Paris a típica manhã ensolarada de uma Primavera,  quando todos acordam cedo e vão trabalhar e ir para seus colégios , mais como sempre eu estava atrasada e estava procurando meu livro de física pelo quarto enquanto tikki terminava de pegar minha roupa:

- Ai tikki hoje tem aula de química o que eu vou fazer?- eu falei revirando meu quarto enquanto tikki pegava meu pente para arrumar meu cabelo

- Calma Mari vai dar tudo certo , só fica calma e termina de se arrumar para a Alya não te dar outra bronca- tikki falou me confortando como sempre e sendo totalmente calma enquanto segurava uma escova flutuando pelo ar

- Eu sei tikki mais... Eu não posso ir para o Colégio sem meu livro - eu falei sendo um pouco manhosa e tentando ao máximo achar meu livro enquanto tikki se aproximava com meu pente em suas pequenas mãos

- Tá bom...mais agora vai arrumar seu cabelo enquanto eu procuro o livro tá bom??- tikki falou me entregando a escova e voando para o outro lado do quarto rapidamente

- Certo obrigada tikki, você é a melhor!- eu falei animada por ter a ajuda da minha amiguinha alada enquanto ela resmungava alguma coisa do outro lado do quarto

Depois de um tempo penteando meu cabelo eu fiz minhas amadas Marias-Chiquinhas e coloquei meu casaco terminando assim de me vestir e vendo tikki voando até mim com me livro nas suas mãos:

- Aqui Mari seu livro ! Viu eu disse que assim seria mais fácil- tikki disse me entregando o livro nas mãos para mim enquanto eu passava um gloss básico de morango

- Obrigada tikki você tinha razão agora vamos antes que a Alya me mate- eu falei pegando minha mochila colocando o livro e colocando nas costas 

                      (...)

Desci as escadas correndo tropeçando em alguns degraus ( Claro se não tivesse caindo não seria a Mari né? *,*) dando de cara com minha mãe e meu pai colocando a mesa do café,  e logo senti um cheiro bom de cookies saídos do forno:

- Bom dia mãe! Bom dia pai!- eu falei beijando os dois na bochecha e pegando uma maçã e dando uma mordida , e colocando  cookies na bolsa

- Oi meu amor não vai comer direito querida? Não pode comer só isso leve pelo menos alguns croissants para comer no lanche - minha mãe falou doce como sempre me oferecendo uma sacola cheia de croissants que eu peguei e sorri

- Obrigado mãe mais já estou atrasada ! Tchau mãe ,tchau pai - Eu disse correndo até o lado de fora de casa com pressa por estar atrasada

                (Adrien Pov's)

Era mais uma manhã normal para mim como as outras,  mais um dia sem graça nenhuma que enquanto as pessoas felizes faziam aquilo que amam outras não tinham liberdade nenhuma , fui acordado como sempre pela secretária do meu pai Nathalie bem cedo e agora estou colocando meus livros na bolsa enquanto plagg namorava seu queijo:

- Ah plagg...você viu meu livro de história?- eu falei terminando de colocar as coisas em minha bolsa enquanto plagg namorava ainda mais seu tão amado queijo 

- Ah sei lá garoto deve estar encima da cômoda ou da mesa ...me erra- plagg falou resmungando e sendo rabugento como sempre enquanto eu revirava meus olhos

- Tá bom obrigada plagg pela sua ajuda- eu falei sendo irônico vendo plagg engolir seu queijo todinho de uma vez só me fazendo sentir nojo

- Espero que já esteja satisfeito por que vai demorar pra eu te dar outro pedaço de camenbert- eu falei logo ouvindo um plagg falar um "nunca" e logo depois fazer uma mini ceninha dramática dizendo que eu ia mata-lo de fome me fazendo revirar os olhos

Logo depois encontrei meu livro em cima da minha mesinha o peguei e coloquei na mochila,  logo após isso ouvi Nathalie na porta avisando que meu carro ja estava  pronto eu apenas gritei um já vou e segui para o andar de baixo

                        (...)

Desci e fui até a cozinha dando de cara com uma mesa cheia e ninguém para comer comigo ... como sempre, suspirei pesadamente e me sentei e comi devagar. Depois de comer fui até a garagem e entrei na minha limousine, alguns minutos depois cheguei no Colégio e fui ao encontro de Alya e Nino que conversavam animadamente:

- Bom dia gente!- eu falei acenando enquanto me aproximava deles

- Oi loirinho como vai? - Alya falou sorrindo, loirinho é o apelido que ela me deu a uns tempos atrás

- Oi cara tudo bem??- Nino falou me fazendo um toque de mão como sempre

- Ei gente alguém viu a Mari?- eu perguntei preocupado por que a Mari sempre chega antes de mim depois que eu perguntei isso Alya e Nino se entreolharam maliciosos e depois me encararam 

- O que foi ? Não posso mais me preocupar com uma amiga?? - perguntei e eles continuaram me olhando maliciosos bufei e me sentei ao lado deles

- Então Adrien você gosta da Mari? - Alya me perguntou sem nenhum filtro me deixando surpreso geralmente ela pedia pro Nino me pergunta essas coisas

- Eu Claro...bem como amiga ela é uma ótima garota mais eu estou apaixonado por outra garota- eu falei fazendo Alya e Nino se entreolharem tristes e depois me olharem com raiva eu fiquei meio em dúvida afinal por que eles perguntaram issom?? Sim a Mari é uma garota incrível, talentosa, forte,determinada e linda ...não espera por que eu estou pensando na minha melhor amiga desse jeito? Seu coração pertence a ladybug Adrien concentra Adrien.  Depois de um tempo com eles me olhando com raiva nós vimos algo se aproximando de nós correndo e quando olhamos melhor vimos que era Mari ela se aproximou da gente e nos cumprimentou:

- Oi Alya! Oi Nino- ela falou para eles recuperando o fôlego da corrida , devo admitir esse jeito atrapalhado e atrasado dela me deixa encantado ...pera não eu não posso estar me apaixonando pela minha melhor amiga e a ladybug? Só Depois de um tempo que ela recupera o fôlego e vira o rosto para mim ...seu lindo rosto foco Adrien... ela vira vira o rosto e cora instantâneamente ela cora muito fácil que fofo ...foco Adrien.

-A-aadrien o-oi-  ela falou gaguejando e atropelando as palavras como sempre faz isso chega até a ser normal dela... o estranho é que só acontece quando ela fala comigo que estranho né? Por que será?  Quer saber esquece:

- Oi Mari como vai? - eu falei sorrindo e coçando minha nuca o que fez corar ainda mais parecendo um tomate

- E-e-eu v-v-ou bem e v-voce? - ela me perguntou bem eu acho né atropelando mais ainda as palavras e corando cada vez mais

- Estou ótimo! Bem acho melhor nós irmos pra aula já tocou - eu falei me levantando e indo para sala sendo seguido pelo meus amigos ... É  concerteza hoje não será um dia normal.



Notas Finais


Obrigado por ler , vamos ver o que vai acontecer no próximo capítulo né? Até mais tchau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...