1. Spirit Fanfics >
  2. O poder do destino. >
  3. A desconfiança de Kitana. (Kitana)

História O poder do destino. - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, gente! Gosto de escalar meio que um elenco que eu gostaria que interpretasse minhas fanfics kkkkkk.
Escolhi a atriz Olivia Munn para ser a princesa Kitana.

Capítulo 6 - A desconfiança de Kitana. (Kitana)


Fanfic / Fanfiction O poder do destino. - Capítulo 6 - A desconfiança de Kitana. (Kitana)

Adentrou o quarto.

Liu Kang estava sentado na cama, lendo algum livro antigo sobre a história do Japão.

Bufou, pensativa.

- O que houve? – ele perguntou, ainda com os olhos na leitura.

- Tem algo de estranho com meu pai.

- A sua intuição está te dizendo isso?

O fitou mais profunda e brutalmente que a penetração de uma de suas lâminas de luta, pensando em como a sua intuição quase sempre estava certa, mas era desacreditada pelos fatos tão aclamados por Liu Kang. Completavam-se tão perfeitamente que pareciam um casal inventado para ser quase perfeito. Contudo, completavam-se somente por suas diferenças. Era uma mulher intuitiva, que acreditava nas energias da natureza e do imposto por um ser maior que todos eles, o destino, enquanto seu amado marido buscava por provas físicas do que seus instintos diziam. Compreendia o objetivo dele. Travar um combate ou uma guerra por intuição era besteira, pois e se estivesse errada, quantos poderiam morrer? Era calma o bastante para não agir impulsivamente de acordo com o que sentia, mas detestava quando ele buscava por um fato concreto para comprovar o que ela já havia dito, ainda mais quando esteve certa o tempo todo.

Conhecia Shao Kahn o suficiente para dizer que havia algo de errado com ele. Não precisava necessariamente saber o que e nem pergunta-lo, pois percebia facilmente os sinais. O imperador Shao era um homem extremamente calmo, controlado e preocupado com as pessoas que ama. Ele sempre confiou cegamente em suas filhas. As havia treinado para não serem dependentes dele, mas sim de suas próprias ações e pensamentos. E em meio a isso, as educou para que sempre tomassem as decisões corretas para que não sofressem consequências ruins de seus atos.

- Ele anda preocupado demais com a missão da Hotaru.

- Ele é pai dela, isso é o que ele deveria fazer.

- Sim, eu sei, mas... – respirou fundo. -  Vou descobrir o que está acontecendo.

Não conseguia apontar o que estava errado, mas sabia que algo estava. A missão de sua irmã mais nova era extremamente sigilosa, até de si. Não procurou saber onde e o que ela estava fazendo, afinal, quando perguntou a seu pai, foi respondida com curtas frases que diziam que o objetivo de ela ter saído correspondia apenas ao imperador e que, em breve, quem sabe, de acordo com o desenvolver da tarefa dada a Hotaru, ela saberia o que estava acontecendo. Detestava esperar, então daria um jeito de descobrir o que tanto afligia Shao Kahn.

Sentiu mãos em seus ombros. Liu Kang tirou os cabelos que cobriam seu pescoço e o beijou tão calma e suavemente. Gemeu, arqueando seu corpo para trás.

Virou-se, ficando de frente para Liu Kang. Segurou o rosto dele com as duas mãos e beijou seus lábios. Sentiu as mãos dele descerem por sua cintura, seu quadril e chegarem até a parte de trás de suas coxas, logo abaixo do bumbum. Ele as segurou firmemente e a levantou do chão, fazendo com que suas pernas abraçassem a cintura dele.

- Não duvide de mim, meu amor. – desprendeu os lábios dos dele.

- Eu não duvido. – sentiu seus lábios sendo beijados rapidamente. – Só não quero que se preocupe demais. – levou aos mãos até a nuca dele. – Sua irmã mandará notícias logo e aí a aflição do Kahn vai acabar.

Baixou o olhar e sorriu.

- É.

Voltou a beijá-lo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...