História O Poderoso Destino (Emison) - Capítulo 57


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars, Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Derek Hale, Dr. Rollins, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Gerard Argent, Hanna Marin, Kate Argent, Lydia Martin, Malia Tate, Maya St. Germain, Melissa McCall, Pam Fields, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Spencer Hastings, Stiles Stilinski, Toby Cavanaugh
Tags Alison, Emily, Emison, Fields-dilaurentis, Pll, Teenwolf
Visualizações 460
Palavras 1.238
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 57 - 2T - Cap. 13


Fanfic / Fanfiction O Poderoso Destino (Emison) - Capítulo 57 - 2T - Cap. 13

Alison narrando...

Estou encarando Emily a três horas e estou super ansiosa pra ela acordar só pra mim poder socar a cara dela. Serio quem em sã consciência pularia na frente de um carro por outra pessoa?! Bom eu já fiz isso por ela várias e varias vezes, mas é diferente! Eu podia me curar, não ia me machucar. Já essa idiota, sem juízo, vadia, incompetente não!

Por sorte ela não teve nada muito grave, duas costelas fraturadas, o pulso machucado, a pancada na cabeça não deixou nada grave. Graças a Deus! Mas se eu pudesse, bateria nela até ela virar um carro. Ela nem sabe o "diabo" que está esperando ela acordar, vou encher ela de tapa, essa peste morena nem faz ideia do que eu to querendo fazer com ela.

E pode apostar que não tem nada a ver com amor, se bem que isso não é uma má ideia né? Paris cidade do amor, de fazer amor, e eu na seca. Só to porque eu quero, pois tem uma bem na minha frente louquinha pra fazer isso comigo.

-Ai... -a voz rouca da Emily, faz meu coração disparar

-Oi! -chego mais perto dela, empurrando a cadeira de rodas- Como se sente? -coloco minha mão em seu rosto alisando ele

-Quebrada... Ta difícil respirar. -ela coloca a mão no tórax

-Vai ser difícil no começo, mas depois melhora! -olho em seus olhos e ela sorrir

-Você esta bem? Se machucou? -ela tenta sentar, mas eu não deixo

-Estou bem. -dou um sorriso cínico e ela percebe- Bem pronta pra te matar! Vadia sem juízo! O que você tava pensando ao pular na frente de um carro e..

-Em você! -ela não me deixa terminar- Prefiro ser atropelada do que você! Prefiro me machucar do que vê você se machucar! Eu faria denovo Ali...

Chego mais perto dela e deixo um beijo no canto de seus lábios. Vejo seu corpo se arrepiar e um sorriso bobo fica em meus lábios.

-Minha paciente preferida acordou! -Mani entre no quarto e Emily olha confusa

-Você pode trabalhar aqui?

-Nada que dinheiro e conversa não resolva, né Ali? -dou risada

-Você ta me devendo 10 mil! -digo pra Emily e ela fica assustada

-Por que?! -pergunta já alterada

-Oito mil pra Mani poder te atender e dois mil da minha cadeira de rodas! Eu to usando essa merda aqui do hospital...

Seu olhar vai até a cadeira de rodas do hospital e ela rir de leve. Mani começa a fazer uma consulta rápida nela pra saber se tá tudo OK. Emily em momento nenhum tira os olhos de mim, merda como eu sentir falta desses olhos. Cinco dias longe foram o suficiente pra me provar que não importa o que aconteceu eu ainda a amo! Mesmo que eu tenha explodido eu a amo...

-Vou deixar vocês conversarem a sós..

Mani sai do quarto e eu chego mais perto da cama. Vejo ela balançar os dedos sem parar, não é só eu que está nervosa. Olho em seus olhos e vejo saudade e arrependimento nele.

-Você vai começar? -ela diz baixo

-Não, você vai... -ela da um suspiro e me olha

-Ok! -ela senta na cama direito- Quando meu pai morreu eu não soube o que fazer, nada mais fazia sentido, nada me agradava...

-Ele também era um pai pra mim e mesmo assim eu esqueci da minha dor pra cuidar da sua! -a interrompo

-Me perdoa! Eu fui uma egoísta, sem coração, não liguei pra você minha prioridade era te fazer feliz, te amar e nunca te machucar e eu falhei! Falhei nisso tudo! Deixei me levar por um sentimento temporário, troquei o meu final feliz por uma coisa momentânea...

-Quantas vezes? -a pergunta que sempre ficou em minha cabeça agora conseguiu sair

-Uma! Somente uma vez... Aquela foi a primeira e a última vez! -vejo verdade em seus olhos- Sei que não importa o que eu diga ou faça não vai mudar o que eu fiz; não vai mudar a dor que eu causei a nós duas! Eu amo você e se você me dá uma chance eu prometo nunca te magoar, mas se quiser me esquecer, seguir a sua vida sem mim... -vejo uma lágrima cair em sua bochecha- Eu vou respeitar sua vontade, eu amo você e só quero te vê feliz.... Mesmo que seja sem mim!

Sinto meu coração se apertar, eu a amo! Mesmo depois da traição, eu a amo! Não consigo viver sem ela..

-Emily... -ela me olha chorando- Eu amo você Cat!

-Eu também te amo lobinha.. -dou risada pelo apelido antigo- Mas como eu disse, confesso que não preparei meu coração pra ouvir você dizer que não me aceita não. Mas vou te amar, eu quero é te respeitar seja lá qual for a sua decisão...

-Eu quero! -não deixo ela terminar de falar

-Espera... Quer o que? -ela sorrir

-Eu quero... -chego mais perto dela e entrelaça nossos dedos- Você! -ela começa a chorar entre o sorriso

-Ali eu juro, juro que não vou te magoar! Alison eu prefiro morrer do que te machucar novamente... Alison se algum dia eu vê que vou te magoar eu peço pra morrer!

-Não diga besteira Cat! -ela sorrir mais ainda

-Eu amo ouvir você me chamando assim!

Não me controlo e colo nossos lábios, ela demorou pra retribuir por causa do susto. Nosso beijo é calmo, sem língua... O encaixe perfeito que sempre foi, o mesmo gosto, as mesmas sensações... Os corações acelerados, bom o meu não tem como ouvir, mas o dela graças as maquinas tem e nossa tá bem acelerado.

-Isso não quer dizer que pode me da banho... -digo entre o beijo

-Eu espero o tempo que preciso for... -me afasto e fico olhando em seus olhos- DJ da um bom banho, mesmo.

-Como?! -cruzo meus braços- Quando foi a Dinah lhe deu banho?!

-Anteontem, eu bebi até vomitar. -ela explica desviando o olhar de mim

-Pensei que tinha parado de beber assim..

-Me sentir no fundo novamente, sentir minhas costas batendo no fundo do poço... Quando eu vi dor em seus olhos me sentir lá de novo.

Aperto nossos dedos e ela sorrir, tomará que eu não me arrependa de dar uma chance a ela...

-Meu encontro de arquitetos é hoje, você trouxe sua roupa né?

-E eu vou com você? -ela pergunta confusa

-Sim, mas se quiser deixar eu ir sozinha logo agora que eu te dei uma chance..

-Não! Minha roupa eu trouxe..

-Otimo!

[…]

DJ está terminado de fazer minha maquiagem e a Emily ainda nem se vestiu, eu acho que ainda não.

-Para de mecher esse olho peste! -Dj diz chateada e escuto a Mani rir

-To nervosa, esse é o primeiro que eu vou..

-Não ta nervosa por causa disso! Ta nervosa porque ainda não viu a Emily isso sim..

-Ta pronta! -Dj diz batendo palma e eu me olho no espelho

Vestido branco um pouco acima do joelho, salto preto, maquiagem básica... Ótima!

-Obrigada... Nada mal pra uma cadeirante!

-Se rebaixe novamente que eu te bato!

A voz da Emily me deixa arrepiada e eu me viro. Porra!

Sentir minha boca ficar seca, minhas mãos ficarem suadas e merda... Eu to excitada!? Seu vestido preto me deixou sem palavras.

-Não vai dizer nada? -ela diz calma

-Esqueci esse encontro e me leva pra cama! -ela rir alto e chega perto de mim

-Vou adorar tirar sua roupa quando voltarmos.

-Essa noite vai ser longa..

-Muito longa meu amor!

Contínua?.... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...