1. Spirit Fanfics >
  2. O popular dragnnel >
  3. Irmã da namorada

História O popular dragnnel - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oi e oi pessoas
Obrigado pelos favoritos e comentários :) vocês são demais!
Boa leiturinha!

Capítulo 4 - Irmã da namorada


- Quem é? – pergunta Juvia curiosa.

- Essa e a Wendy – responde a ruiva surpreendendo o casal. – Essa e minha filha.

- Quem e o pai? – perguntou Juvia de novo.

- O Pai e o Natsu – responde ela fazendo o casal fica de boca aberta.

Natsu viu que o pesadelo estava se repetindo de novo na vida real, tanto que pensou que alguém jogou karma na sua vida.

- Como posso ser pai dela? ! – pergunta Natsu indignado. – Como posso ser pai dela sendo que não coloquei meu pau na sua vagina?!

(Depois disso)

Natsu acordou com a azulada subindo em cima dele, esfregando a sua vagina sobre o pênis dele que endurece rapidamente.

- Você faz mágica - disse Natsu, vendo ela abrir um sorriso malicioso. - Mas você sabe que não podemos fazer isso aqui enquanto a Wendy estiver aqui.

- Eu sei. Mas já faz uma semana que não fazemos. Vou fica louca – resmungou ela recebendo um selinho rápido do rosado.

- Eu sei. Mas não fazemos isso há uma semana. Estou quase morrendo - fala ele vendo ela fica de cara fechada - Acredite ou não. Mas eu queria te foder o tempo todo. - disse Natsu, que segura um dos seios dela. – Quase fiquei doido com a brincadeira que Erza fez comigo.

Juvia soltou uma risada e depois sentiu a mão do rosado apertando um pouco de um de seus seios.

- O que sua mão está fazendo aí? – pergunta azulada praticamente sorrindo.

(Depois disso)

Natsu foi para a escola sozinho dessa vez, porque Juvia teve que ficar em casa para  fica de olho na pequena Wendy.

- Tudo começará de novo - Natsu disse, colocando os fones de ouvido sobre as duas orelhas.

Ele entra na escola e começa de novo, os olhares malignos e outros olhares apaixonados vindo apenas das garotas.

Gray ficou na frente dele antes de entrar na sala de aula.

- O que você quer? pergunta Natsu, retirando os fones do ouvido.

- Eu quero uma disputa com você – Gray desafia o rosado que revira os olhos. – Com esse desafio vamos decide quem e o garoto mais lindo da escola.

Natsu respondeu rapidamente dizendo que “não”. Isso surpreendeu um pouco o moreno que continuou a insistir que fazia apenas o rosado revira os olhos.

- Pare de ser egocêntrico e vem disputar comigo!

-E se eu recusar disputar com você por causa de um título besta é ser egoísta?- pergunta Natsu já perdendo a paciência.

- Claro! Você só pensa em si mesmo – respondeu o moreno acabando o limite do rosado, a face do rosado ficou maligno que fez as pessoas que estava olhando de perto ficarem com certo medo.

- Não fala nada que você não sabe de nada, Seu merdinha! – gritou Natsu que depois segurou na gola do moreno. – Saia da minha frente!

O rosado depois empurrou o moreno para o lado e entrou na sala. As pessoas que presenciou a cena ficaram de boca aberta.

- Medonho - pensou Gray com medo.

Natsu sentou na sua carteira e esperou o professor entrar na sala de aula, enquanto escutava música nos fones.

- Até quando você fica olhando para ele, Levy? - pergunta Lucy, cutucando sua amiga.

- Ele é tão lindo de costas - respondeu a azulada, fazendo sua amiga solta um suspiro frustrada.

- Eu não sei o que você vê naquela coisa - reclamou Lucy, revirando os olhos. - Mas cada uma tem seu gosto. Eu por exemplo, eu gosto...

- Gosta de quem? – pergunta Levy não tirando os olhos do rosado.

- Segredo – respondeu ela revirando os olhos.

Ela sentou em sua cadeira e viu o professor entra na sala de aula. As duas aulas terminou fazendo o rosado agradecer eternamente em pensamento por poder finalmente ir para o recreio.

- Ele e tão lindo – pensou Levy vendo o rosado saindo da sala de aula.

- Eu acho que o amor e cego – disse Lucy ficando de perto ao lado de sua amiga que fazia cara de boba apaixonada.

O dragnnel foi para trás da escola onde encontrou uma pequena árvore e deitou sobre o gramado, encostando a cabeça na árvore.

Ficou pensando na azulada e pensou o quanto ela fazia falta ao seu lado. Ele já estava de saco cheio de ficar naquela escola.

- Hora de voltar- pensou ele, ficando de pé depois de ficar deitado sobre o gramado.

Quando entrou na sala, encontrou a sala vazia. Estranhou no começo, mas ele entrou mesmo assim e voltou a sentar na sua carteira esperando por alguém aparecer. Resolveu volta a escuta música no fone de ouvido.

- Estranho - pensou ele, depois ele começou a ouvir alguém chamando por ele.

Ele retira os fones e procura pela pessoa na sala e não encontra ninguém. Mas quando olhou para frente, encontrou uma garotinha de cabelos loiros que parecia uma fada que flutuava na frente dele.

-Quem é você? pergunta Natsu normalmente.

- Não está surpreso? – pergunta ela meio surpresa.

- Já vir minha namorada fazer isso – responde o rosado normalmente. – Mas quem e você?

- Meu nome é Mavis - respondeu ela, que depois mostra a varinha em mãos. - Eu sou a fada do amor.

- Certo – Natsu revira os olhos. – E eu sou o papai Noel só que na versão magrelo.

Mavis sorriu da ironia que o rosado fez a ela. Percebeu que o rosado e realmente interessante.

- Agora entende por que minha irmã tem interesse nele – pensou ela abrindo um sorriso melicioso.

Rosado percebeu isso tanto que revirou os olhos e depois viu a loira aproxima o rosto dela ainda mais perto do rosto dele, que afastou um pouco.

- O que você quer? – pergunta Natsu curto e grosso.

- Entende – responde Mavis abrindo um sorriso. – Quem você ama você trata bem, mas quem não faz parte do seu círculo você quer distância.

- Só há uma pessoa – respondeu ele revirando os olhos de novo.

(Enquanto isso)

Juvia decidiu assistir um filme com a garotinha que até agora demostrou ser uma doce de criança visto por ela. As duas juntas fizeram pipocas juntas e sentaram novamente para assistir outro filme.

A azulada pode está ali, mas sua cabeça estava em outro lugar pensando em um certo rapaz de cabelo rosa e corpo que fazia seu corpo esquenta só de imagina.

- Eu queria que Natsu estivesse aqui – pensou juvia sentindo seu corpo fica cada vez mais quente.

(Enquanto isso)

- Eu queria que você estivesse aqui, Juvia – pensou Natsu vendo a loira querer fica mais perto dele.

O rosado ficou de saco cheio e empurrar a loira para um pouco longe dele. Ela ficou surpreso e novamente ficou na frente dele flutuando.

- Ainda não respondeu o que você quer – fala rosado de saco cheio da loira.

- Eu quero você só pra mim, Garotão – respondeu ela com um sorriso melicioso. – Quero roubar algo que minha irmã um dia roubou de mim.

- Do que está falando ? – pergunta ele surpreso.

- Eu sou irmã mais velha da Juvia – respondeu ela surpreendo o rosado.


Notas Finais


Qualquer erro gomen
Até o próximo capítulo!
Kiss da suki


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...