História O Popular e a Nerd - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Lua Blanco, Luan Santana, Marina Ruy Barbosa
Personagens Luan Santana, Marina Ruy Barbosa
Tags Bruna Santana, Drama, Luan Santana, Marina Ruy Barbosa, Ódio, Revelaçoes, Romance
Visualizações 78
Palavras 843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obaaaaaaaa hoje eu consigui postarrrrrrrr

Sem mais delongas, vamos ao capítulo...

BOAAAA LEITURAAAAA

Capítulo 28 - Vou Voltar


Fanfic / Fanfiction O Popular e a Nerd - Capítulo 28 - Vou Voltar

MARINA

Já faz dois meses que estou aqui, vou confessar que me fez bem, e eu acho que já estou pronta pra voltar, quero enfrentar meus medos, e quero ter certeza do que sinto pelo Luan, toda noite antes de dormir leio e releio as cartas que ele escreveu, as flores infelizmente já murcharam, mas guardei as pétalas dentro de uma caixa junto com as cartas.

Era cedo, eu tinha acabado de acordar, meus primos estavam dormindo ainda, somente o Miguel estava acordado, fui para a cozinha preparar algo para comer, mas quando eu cheguei lá, o Miguel estava cozinhando, ele estava sem camisa, apenas com um short de dormir, vou confessar só tenho primo bonito, me sentei na bancada sem que ele me visse, e fiquei observando ele.

Depois de uns minutos, ele se virou, e tomou um baita susto quando me viu, não aguentei e comecei a rir da cara dele, ele por sua vez fingiu estar bravo, mas logo se entregou a risada também.

MIGUEL - Bom dia princesa.

MARINA - Bom dia príncipe.

É assim que nos tratamos, desde o dia em que eu falei que ele parecia um príncipe, porque além de bonito, é educado e simpático, e ele me disse que só aceitava ser príncipe, se eu aceitasse ser princesa, e assim ficamos.

 MIGUEL - Está com fome?

MARINA - Morrendo.

MIGUEL - Então vou preparar alguma coisa pra você comer.

MARINA - Ai eu gostei.

Mas uma vez ele começou a mexer em algumas panelas, alguns ingredientes, e começou a cozinhar algo. Depois de alguns minutos, ele colocou duas panquecas em cima da mesa, junto com dois copos de suco, pegou uma panqueca e um suco, sento-se a minha frente, eu peguei a outra parte da comida, e comecei a comer, meu primo e eu começamos a conversar.

MIGUEL - Temos que procurar com urgência uma escola para você.

MARINA - Acho que não vai precisar.

MIGUEL - Claro que vai, você precisa estudar menina.

MARINA - Eu sei, e eu vou.

MIGUEL - E então?

MARINA - Eu vou voltar pra São Paulo.

MIGUEL - QUÊ?

MARINA - É isso mesmo príncipe, eu preciso enfrentar meus medos.

MIGUEL - Mas e o tal Luan?

MARINA - É justamente por isso que vou voltar, quero saber se o que aconteceu entre a gente, por mais que tenha sido breve, se foi real ou coisa de momento, preciso enfrentar meus monstros.

MIGUEL - Entendo princesa, e te apoio em tudo o que você decidir.

MARINA - Obrigada meu amor.

 

QUEBRA DE TEMPO

 

Já era de tarde, já tinha informado à todos, minhas primas e o Miguel, me apoiaram, o Binho, por sua vez, disse que se eu voltar eu vou me arrepender, que o Luan não merecia que eu voltasse por ele, minha avozinha disse que se acontecer deu me magoar, ela vai estar de braços abertos me esperando voltar.

Enquanto eu fui arrumar minhas malas, minha avó foi ligar para minha mãe e informar minha decisão, enquanto eu arrumava o Binho entrou no quarto.

BINHO - Você realmente vai embora?

MARINA - Vou sim.

BINHO - Não vai, você vai se machucar de novo.

MARINA - E se eu não me machucar? Se der tudo bem?

BINHO - Mas e se não der?

MARINA - Você pensa muito negativamente.

BINHO - Não, eu sou realista, você que está se iludindo. Fica comigo por favor.

MARINA - QUÊ?

Nessa hora ele veio pra mais perto de mim, segurou na minha cintura, e me puxou mais pra ele. Eu já estava com o coração acelerado, ele aproximou seu rosto do meu, já dava pra sentir sua respiração quente, ele colocou uma mão na minha nuca, quando ele ia me beijar, minha avó bate na porta e a abre em seguida, com o susto da batida, ele me largou. Tentei processar o que tinha acontecido, minha avó veio avisar que minha mãe já estava vindo me buscar, dito isso ela saiu do quarto, continuei a arrumar minhas coisas, o Binho me olhou por alguns segundos, e também saiu.

 

QUEBRA DE TEMPO

 

Minha mãe já tinha chegado, e eu estava colocando minhas malas dentro do carro, o Miguel estava me ajudando, o Binho ficava só olhando, terminamos e eu fui me despedir de todos, primeiro dei um abraço nas minhas duas primas, abracei minha avó, abracei o príncipe, esse demorou mais, adoro o abraço dele, ele me desejou boa sorte, eu hesitei por um segundo me despedir do Binho, mas ele veio me abraçar, então acabei abraçando, e ele aproveitou e falou no meu ouvido, eu sei que você vai voltar, e eu vou estar te esperando pra terminar o que começamos, ouvir aquilo me deixou um pouco nervosa.

Me soltei dele, dei mais um abraço na minha avó, e entrei no carro, peguei meus fones de ouvido, conectei no celular, liguei na rádio, e me deixei levar, estava me dando um pouco de frio na barriga, mas agora é tarde pra voltar atrás, e seja o que Deus quiser.

 


Notas Finais


Eitaaaaaaaaaaaaaaaaa ela vai voltaaaaaaaarrrrrr

O que será que a espera?

Vamos comenta ai, quero saber o que acharam...

Até o póximo capítulo...

Beijinhos
Da
Samy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...