História O Popular e A Nerd - Capítulo 22


Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabrina, Tikki
Tags Romance
Visualizações 220
Palavras 579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Anniong-haseyo
Espero que gostem! Ficou um pouquinho curto mas estou em período de provas e cheia de fics pra atualizar!

Fiquem atentos ao capítulo novo que logo sairá em Boys Problems.

Bom... agora vamos pro capítulo!
Bye,Bye!

Capítulo 22 - Ameaça


Capítulo anterior...


Sabe, nunca imaginei que ele seria capaz de brigar por minha causa... Tá legal, ele me defendeu muito bem no dia em que a Chloé veio implicar comigo, e também me ajudou quando Luka veio encher meu saco. Mas nunca achei que ele chegasse a brigar... Mais uma vez, ele me mostrou, que me ama de verdade. E quem sabe um dia, eu chegue a não ter literalmente mais nenhuma dúvida sobre ele. E que se eu pedisse pra ele me provar que me ama pulando de um penhasco, ele pudesse se virar para o nada e responder...

  "Me empurra!"


Capítulo atual...




Marinette On

Eu ainda estava no hospital,junto com Adrien que até agora se encontrava inconsciente,naquela cama,sem vida, enrolado pelo os mais diversos fios...naquele quarto era puro silêncio sem contar com os barulhos de seus batimentos na máquina.

Admito.... Estava com medo.

Sentia medo de acontecer alguma coisa,eu sempre tentava achar esperanças para não pensar no pior mas não conseguia.

Sentia o mesmo medo de quando passei a noite no hospital esperando alguma notícia de meus pais pra quando chegasse o amanhecer,receber a notícia que eu nunca mais os veria novamente.



Ao lembrar dessa noite, senti lágrimas enxarcarem meus olhos mas não me atrevi a derrubar nenhuma. Eu tinha que ser forte mesmo que isso fosse difícil. Não podia parecer fraca como sempre.... não agora.




Sou interrompida pelo barulho da porta do quarto se abrindo revelando ser uma enfermeira(Anne) que cuidava dele,a mesma abriu um sorriso triste ao me ver.

Anne:ele não acordou?

Eu:não... ele vai ficar bem?

Anne: olha... isso ainda não está completamente confirmado,vim aqui para levá-lo para fazer uma tomografia pra vermos se não atingiu ou danificou algum órgão interno.

Eu:entendo - digo olhando o mesmo e dou um beijo em sua mão * fique bem,gatinho*sussurro só para que ele ouvisse*



Logo entrou mais dois enfermeiros e levaram ele para os exames me deixando sozinha com Anne que estava prestes a sair.

Anne:por que não vai tomar um café? É melhor esfriar a cabeça.

Eu:obrigada mas...prefiro ficar aqui quando ele voltar*digo me encolhendo na poltrona que eu sentara*

Anne:tudo bem. Passe bem *disse saindo pela porta*

Me encolho ainda mais na poltrona abraçando meus joelhos enquanto eu mantia meu olhar fixo em algum canto aleatório daquele quarto sem vida...exatamente como minha vida agora fica quando o Adrien não está por perto,sem vida,sem cor,sem graça... Eu... sentia que a culpa era minha... se eu...não tivesse deixado ele se aproximar de mim, creio que nada disso teria acontecido... A culpa é minha...se alguma coisa acontecer com ele... eu não sei o que eu fazer,só sei que não irei me perdoar...

Eu: por que justo com você? *sussurrei no vazio*





Quando do nada,meu celular começar a tocar cujo na tela anunciava um número desconhecido.

Toquei no mesmo e atendi:




Ligação On

- Alô?

- Eu te avisei minha querida...

-Lu-Luka?!

- Ai ai... não sabe o quanto é bom quando duvidam de mim... as consequências sempre vêem.

-Por que não nos deixa em paz?! Vá viver sua vida com outra pessoa,sei lá...só deixa nós em paz,deixa ELE em paz!

-Olha... pensando bem, eu podia fazer isso... mas NÃO QUERO! Eu sei muito bem que não me esqueceu,Mari... sei muito bem que aquela garota medrosa e ingênua,não mudou nada nesses anos.. você tenta se fazer forte na frente dos outros mas logo a sua máscara cai,tão tola,fraca como sempre--


- Cala a boca! *digo sentindo as lágrimas molharem minhas bochechas*


-Olha lá como fala comigo...mas bom... o meu recado já foi posto à prova..

É melhor você tomar cuidado,amor...















Senão vai ser aquele imbecil que sofrerá consequências muito piores!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...