1. Spirit Fanfics >
  2. O Popular Hétero. (Taekook-Vkook) >
  3. Capitúlo 06

História O Popular Hétero. (Taekook-Vkook) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


De quatro eu jogo o rabo, de quatro eu jogo o rabo. Sequência de toma toma,sequência de vapa-vapo kkkk

Parei! Bom hoje espero que gostem do cap,hm... bom me desculpem por não postar ontem... Eu tive uns problemas e não pude postar nada no spirit então me perdoem.

Boa leitura e Beijos com queijos amores 💖

Capítulo 6 - Capitúlo 06


Fanfic / Fanfiction O Popular Hétero. (Taekook-Vkook) - Capítulo 6 - Capitúlo 06

   Já era sábado. Era por volta das seis horas da tarde, Tae estava se arrumando 'pra ir ao baile. O mesmo trajava uma blusa social vermelha alguns números maiores que o dele,uma calça jeans surrada nas coxas e um all star preto de cano alto. Ele passou um perfume de morango junto do hidratante e gloss lábial do mesmo sabor que o perfume, em sua cabeça havia uma coroa de flores e em seu rosto uma máscara com detalhes em vermelhos e dourados,em seus ouvidos brincos e argolas. Ele támbem continha uma garguantilha preta em cima de sua tatuagem no pescoço,a mesma era uma flor e era descolorida tento somente a cor da tez acobriada dele.


Ele pegou seus pertences e foi caminhando até a Universidade onde encontraria seus amigos.


Chegando lá encontra várias pessoas com máscaras em seus rostos,acabando por ficar difícil de reconhecer-lhes. Em uma parte do campus viu seus amigos com as máscaras nas mãos,foi até os mesmo que lhe comprimentaram e fizeram elogios de sua aparência.


- Então... Tae eu conversei com a Jennie e ela disse que concordava em parar com as brigas bobas, e eu estava esperando você chegar 'pra ela pedir desculpas pessoalmente - Olhei Soo que acenou em algum lugar e uns minutos depois jennie apareceu de cabeça baixa - vamos jen fale ao Tae!

- Desculpa lisa. Desculpa Taehyung. Eu não sei onde eu estava com a cabeça de fazer aquelas coisas com vocês... Eu fui imatura de lidar com as coisas desse jeito. Espero que me perdoem pelos meus atos - a mesma parecia arrependida ao olhar de Tae,mais o mesmo ainda ficaria de olho na mesma. Então por isso falou -.

- Por mim tudo bem. Eu não guardo rancor,e se você está arrependida mesmo merece uma segunda chance. Bom... pode me chamar de Tae - disse educado o mesmo -.

- Por mim támbem. Você não parecia aquela pessoa que fez aquelas coisas, pois o que eu já havia visto e você mostra que algo estava diferente quando nos insultou - Lisa disse dando de ombros, mesmo que se sentisse nervosa com a presença da jennie não poderia ignorar ou se fingir de demênti com a garota -.

- Obrigado por me perdoarem - disse ela envergonhada de seus atos - como vocês podem ser tão bons ao ponto de nem sentir rancor ou ranço de mim? Se fosse comigo eu teria ficado com raiva.... ainda sim desculpa mesmo.

- Tudo bem já passou - Tae deu de ombros - agora vamos beber? As últimas vezes deram errado - disse rindo e eles o acompanharam -.

- Então bora beber e se divertir até esqueçerem seus próprios nomes - Rosé falou divertida e fomos em direção ao centro do grande salão decorado com lenços vermelhos e dourados e flores da mesma tonalidade,mesas com forros bracos e detalhes dourados e jarros de rosas vermelhas espalhadas por todo local. Era tudo muito bonito! Ele tinha de admitir que sua amiga tem talento ' pra tal coisas. Eles seguiram caminho até a mesa de bebidas e conversavam.

- falem algo da vida de vocês! Tipo algo louco que já fizeram juntos? - Jennie falou ainda um pouco retraída -.

- Bom quando estávamos no ensino médio,tinha um piscina na escola 'pra pessoas da área de natação. E como eu só ando com gente louca - jin olhou 'pra Tae ,Lisa,Rosé e jimin - esses pirralhos - apontou 'pros mesmo - tiveram a ideia louca de que matassemos a aula e pularmos do terraço até a piscina... só que tinha um porém é claro! - revirou os olhos mais depois riu - esperamos bater o sinal e quando quase toda a escola estava perto da área tiramos nossas roupas e pulamos nus na piscina rindo que nem loucos,fazendo quase todos fazerem o mesmo que nós - começou a rir e todos riram juntos - depois a diretora não sabia em quem por de castigo pois foram muitos a pular na mesma e ninguém se atreveu a caguetar oque fizemos. Aí saímos ilesos de qualquer punição.

- Cara eu me lembro desse dia! Acho que foi o melhor dia da minha vida - Rosé falou rindo muito -.

- Retiro o que eu disse vocês são mais loucos que nós - nam disse incrédulo mais rindo - acho que não fizemos nada ao pés de vocês.

- Cara tipo se é móh loucos tio! Eu queria ter feito isso seria móh pakas - j-hope disse entusiasmado - mais agora que estamos todos juntos a zueira vai ser pior que antes.

- Eu estava certo vocês são muitos divertidos - Soo falou quase sem ar - tem algo mais que vocês já fizeram de louco?

- Tá! Assumo que isso que vou contar foi vandalismo... mais foi pura adrenalina e eu faria tudo denovo com eles - Lisa disse já começando a rir da lembrança que tivera - estávamos em um como se fosse uma festa do pijama entendem? Bom... jimin fez um desafio 'pra que invadisemos algum lugar - riu e continuou - foi aí que a merda começou. Os mais loucos do grupo é Tae e Rosé então daí já tira a merda que veio... fomos no shopping mais próximo com a ideia desses dois idiotas e invadindo e mesmo pelo terraço assim que pulamos o muro. Não tem aquela merda da escada rolante? Então descemos escorregando pelos meio deles coisa que foi muito divertido - ela riu novamente e todos já estavam rindo dela contando nem a metade do que fizerem nessa noite - agora vocês pensam parou por aí? Não! Óbvio que não! Fomos até a sorveteria do Mc Donald's e ligamos o mesmo e fizemos MilkShakes e sorvetes 'pra nós e comemos tudo. Rodamos os shopping inteiro brincando no mesmo, fazíamos palhaçadas e tirávamos fotos mesmo que não postasimos 'pra não saberem que fomos lá. Era uma recordação que tínhamos. E 'pra nossa sorte as câmeras de segurança estavam desligadas,e se quiséssemos roubar qualquer coisas podíamos mais não somos esse tipo de pessoas só zuamos e caímos fora de lá - todos riram bebendo mais bebidas misturadas em drinks e cervejas - Não nos culpem! Éramos adolescentes que... Bom digamos que nos distraiamos com essas coisas.

- Caralho... como vocês faziam essas coisas sem seus pais saberem? Tipo eles não ligavam ou algo do tipo? - Jennie perguntou boquiaberta das tais artimanhas que esses agora adultos fizeram a não muito tempo adolescentes -.

- Bom... pode se dizer que sim - jin disse omitindo pois sabia ser um assunto delicado ao seus amigo e a sí mesmo -.

- Nossa! Nós que somos ricos não fazemos isso! Que saco! - Soo disse com tédio de suas vidas,revirou os olhos e disse - Bom pelo menos o j-hope,suga e jungkook nos salvam - deu um sorriso diábolico e falou - teve uma época quando estava no ensino médio que digamos que... tinha uns garotos que não iam com nossa cara! Olha isso é meio que vândalo então não nos julguem támbem! Suga como o "doce" santo que é! - disse risonha dá própria piada - comprou um boa noite cinderela,esperamos os garotos irem 'pro treino deles e colocamos o líquido em suas garrafas d'àguas. Ele beberam e apagaram - sorriu mais ainda - quando eles apagaram tiramos suas roupas e levamo-os até o pátio do Colégio,quando o sinal bateu vários alunos começaram a tirar fotos e zombar deles. Pegamos três baldis de àgua com gelo e jogamos neles que acordaram putos da vida,rimos tantos nesse dia que acho que foi por isso que criamos essa fama de "maldosos" pois eles não sabiam da nossa richa com esses garotos - eles todos deram muitas risadas da "vingaça" contra esses alunos -.

- Cara eu queria ver isso sério! Puta que pariu mano. - Chany como sempre ficou rindo com eles -.

Eles ficaram conversando durante um tempo até,mais logo foram ficar com resto do grupo deles. Os amigos do Tae... Bom eles estavam já um pouco alterados pela bebida dançando e conversando com outras pessoas. O mesmo ficou perto da mesa de bebidas bebendo. Depois ele foi a mesma área que ia direto a floresta e o lugar estava decorado junto de luzes que iluminavam o local,se sentou perto das àrvores para pensar um pouco. Sua cabeça estava um caos... tinha de admitir isso a sí mesmo.

- Querendo pensar támbem? - ouviu o voz rouca mais perto do que deveria e se assustou ao perceber o mesmo próximo de si - o que ocupava a sua cabeça 'pra não ver minha chegada - disse debochado -.

- Isso não te interessa - falou dando um sorriso cínico 'pro tatuado que usava uma máscara vermelha inútilmente tentando esconder-lhe a face,mais suas tatuagens faziam com que reconhecer-lhe - O que foi agora? Por que viés encher-me?

- Sem graça - revirou os olhos - quero saber o por quê daquilo do banheiro antes de ontem? Qual é o seu problema? Você simplesmente saiu de lá? - riu sarcástico -.

- Acho que você não entendeu não é mesmo? - jungkook o olhou com o cenho franzido - você acha o que? Que depois de praticamente me chamar de puta na frente de toda a faculdade me humilhando, falando coisas da minha vida que nem sabe! Acha mesmo que irei beijar alguém como você? Sabe eu e a jennie conversamos e conserteza eu digo e repito tenho pena que ela conviva com você! - disse fazendo o outro ficar com raiva aparente -.

- Você não me conheçe não sabe nada de mim! - respondeu o tatuado entre dentes -.

- Não preciso te conheçer 'pra dizer isso! Pense e repense o que você fez comigo e olhe o tipo de pessoa que faria uma coisa dessas! Essas atitudes nojentas - Ele disse sentido sua raiva surgir só ao lembrar -

- Então você tem nojo de mim? Tem nojo que eu te toque - ele se aproximou perigosamente perto do platinado que recuou com a aproximação repentina - você odeia quando eu te seguro pela cintura e odeia quando senti minha boca em contato com a sua - disse pegando na cintura do platinado e dando um aperto fazendo o mesmo prender a respiração mesmo não sabendo o por quê -.

- Odeio! Odeio quando você faz isso,odeio essas semanas perto de você e odeio mais ainda seus beijos - disse recuando mais cada vez que o tatuado se aproximava mais de sí - acho que você deveria lembrar que tem uma namorada? Não é mesmo? - falou tentado fazer com que o mesmo recuasi -.

- E você? Não tinha namorada támbem? Por se importa com isso hm? - disse cínico sabendo que se instigar mais iria conseguir o que desejava e não teria mais essa praga em sua mente - Não era 'pra estar com a mesma agora?

- Minha vida pessoal não é da sua conta? O que eu tenho ou deixo de ter não lhe cabe saber - sorriu canalha ao outro que sentiu raiva da ousadia do platinado - acho que deveria cuidar do próprio rabo marginalzinho - sorriu cínico e arqueeou uma sombrancelha -.

- Não se ache tanto esperto graçinha, se não está com a mesma é por que um não faz diferença um ao outro não é mesmo? - disse debochado -.

- Digo-lhe o mesmo marginalzinho - disse debochado pois o mesmo nem se quer chegou perto da namorada desde que entrou na festa - acho que se continuar assim vai ter um chifre aí oh! - apontou 'pra testa do tatuado - se bem que... é já estão crescendo. Cuidado viu acho que quem vai tomar um pé na bunda é você! - soltou um riso e o outro lhe olhou puto -.

- Você não sabe do que fala príncipe! Muitos queriam ter a oportunidade de ter apenas um beijo meu - disse debochado - sinta-se honrado de tê-lo feito.

- Você é a pessoa mais babaca que eu já vi - revirou os olhos - como já disse você não me afeta. Me sinto é inojado de ter beijado-lhe - fez cara de nojo 'pro outro - já tive beijos muito melhores - disse canalha provocando o outro - deve ser por isso que tem chifre na cabeça. - debochou -.

- Não foi isso que pareceu no banheiro não é mesmo? - disse chegando mais perto - você se entregou não foi?

- Aí marginalzinho se fosse tão bom quanto você fala eu não teria te empurrado e deixado-lhe lá  - irônizou -  e eu te tenho na minha mão - sorriu cínico. Ele sabia que tinha algo com o tatuado 'pra o mesmo vier com as nêra de beijar-lhe - caso contrário não teria me agarrado duas vezes estou errado?

- Não se ache muito - disse debochado - é sempre bom carne nova - sorriu cínico - ou acha oque?

- Acho que se fosse isso não teria uma namorada! Mais é tão canalha que dá encima dos outros mesmo namorando - revirou os olhos -.

- Vai me dizer que não queria que fosse você no lugar dela? - soltou cínico -.

- Hm.... sabe de uma coisa - chegou perto do lombo dele sabendo que o afetava. Se o tatuado queria seduzir-lhe teria seu próprio veneno. Foi o que pensou - se está querendo insinuar que eu quero algo com você seja direto - O outro estava sentado então sentou no colo do tatuado que sorriu convencido. Colocou as mãos e seu abdômen por debaixo do moletom e blusa,arrastando suas unhas alí e roçando os lábio - mais saiba de uma coisa - puxou o lábio inferior do mesmo que fez um estalo ser escutado - você não irá me ter igual a todos daqui - saiu de cima dele que ficou estático e foi 'pro salão novamente - se ele pensa que irei ficar com ele 'pro seu ego aumentar - revirou os olhos - está muito enganado - pegou um copo com Jack danels e virou de uma vez.


Notas Finais


Mais provocações vivaaaa! Gente não é por que a Jennie parou que o Jaykay tambem vai parar de implicar com o Tae,Bom acho que o próximo cap mostra mais da cabeça confusa do Jk e é só isso



Vou deixar o link da minha OneShot TaeKook aqui Ok? Espero que tenham gostado do Cap e se forem ler o OneShot espero que gostem

https://www.spiritfanfiction.com/historia/empregado-do-sr-jeon-18767973


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...