1. Spirit Fanfics >
  2. O preço a Se pagar - Min Yoongi >
  3. 27

História O preço a Se pagar - Min Yoongi - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


ESTOU DE VOLTAAAAA

É att que queriam? É o que vocês terão!!

Como estão? Bem? Passaram álcool em gel?

Eu achei esse cap um pouco triste mas fazer o que. Eu infelizmente não consegui deixar ele grande demais, mas juro que tentei e espero estar a altura do gosto de vocês. Se houver algum erro, irei arrumar em breve!

A teoria de vocês bateu com o cap? Se sim, qual seria? Tô curiosa.

Boa leitura 🌺😍

Capítulo 28 - 27


Fanfic / Fanfiction O preço a Se pagar - Min Yoongi - Capítulo 28 - 27

JOALIN:

Após Yoongi ter sido super grosseiro, e de alguma forma ter insinuado que sou apenas sua babá e "empregada", o que não é mentira, mas eu queria que no fundo, nós fossemos muito mais que isso.

E fiquei muito chateada, mas ele mexe tanto comigo que só por ter pedido desculpas, eu já havia perdoado e por mim nem sequer era preciso esse pedido. Queria saber cadê aquela Joalin orgulhosa...

E toda hora, eu fico sorrindo que nem boba de sua frase de ontem...

"não sei o que somos, mas somos muito mais que babá e chefe "

Da arrepio só de lembrar. Não foi um pedido de namoro e muito menos algo oficializado, mas já é um passo que por mais estranho que seja para mim, me deixa boba.

Eu estava na cozinha, preparando o almoço de Yoongi e ele estava na sala com NamJoon e Hoseok, esses que vieram sem avisar e sujaram a casa que eu havia acabado de limpar. Fiz eles pegaram pano e limpar! Yoongi só dava risada.

Acabou que os dois dormiram aqui ontem e agora está os três em frente a TV vendo algum jogo aleatório!

Termino o almoço e chamo os viciados a vir comer. NamJoon e Hoseok quase brigaram comigo por que eu não os deixei sentar perto de Yoongi mas eles obteram por ficar quietos e comer.

Chegando a tarde, eles foram embora e eu consequentemente também teria de ir, meu dia de dormir aqui é só semana que vem. E eu queria ficar, mas não iria dar essa sensação a Yoongi que estou aos seus pés e esperava que ele fosse pedir igual da última vez mas ele apenas se despediu e foi se deitar.

Aproveitando, resolvi chamar Marie para dormir lá em casa, ta bom que somos adultas recém formadas e ela está estudando para passar na faculdade, se já não passou.... Estou tanto tempo com Yoongi e essa casa, que já até esqueci que dia é hoje!

Ela chegou junto de seu pai de carro e tinha uma mochila junto de si, entrei no carro e fomos para minha casa.

Chegando em casa, nos despedimos de seu pai e entramos em casa. Minha mãe estava na cozinha e Otto Parecia ter cochilado no sofá.

— Mãe, cheguei!

Que bom, achei que tivesse se mudado para aquela mansão.

— Não exagera, eu trabalho lá e como babá/empregada, óbvio que passaria mais tempo lá.

— Boa noite!

— Oh, boa noite Marie, quanto tempo não nos vemos. Seu pai veio aqui ontem mas você estava estudando!

— ainda se encontrando com o pai dela mãe?

— Me deixa Joalin! Sou jovem ainda.

— Ah claro – digo sarcástica.

Olha o respeito com sua mãe Joalin. Não é por que tenho dois filhos que sou velha, tem homem que não liga.

— Esse homem no caso é meu pai?

— Até você vai entrar na onda da Joalin, Marie?

— Desculpa, não resisti! Vocês formam um casal bonito...

— Ora, suas... – ela levanta o punho como se fosse nos bater e demos risada, saindo correndo para meu quarto.

Chegando no quarto, estávamos ofegantes mas demos muitas risadas. Deixei Marie tomar banho primeiro enquanto dava uma organizada no meu quarto e quando ela saiu, entrei para tomar um banho relaxado.

Estava com o cheiro de limpeza da casa de Yoongi, e por mais que cheirinho de limpeza seja satisfatório, cheiro de produtos de limpeza no corpo me dá agonia.

Após tomar um banho, saio e encontro Marie de pijama com cadernos. Voei em sua direção e tomei o caderno, e o guardei.

— Jojo por favor, eu preciso estudar !!

— Vamos aproveitar um pouco Marie, me dê atenção...

— Ah verdade, o que aconteceu entre você e Yoongi?

— Não aconteceu nada....

— Jura?

— Tá bom. Eu e ele meio que temos um rolo? Eu não sei exatamente o que temos. E você me colocou em uma enrascada por ter falado de sentimentos sabendo que estava no viva voz.

— E quem é o idiota que está no trabalho e deixa no viva voz? Estava pedindo para que alguém escutasse. A culpa não é minha!

— Lógico que é!

— Podemos ficar nessa o dia todo. Mas e aí.... Sabe que não podem ficar assim né? Ele tá doente!

— Sei... Mas parece ser mais forte que eu! Ele tem uma posse que eu acabo sempre indo até ele.

— Amiga, já parou para pensar que ele pode não estar doente ?

— isso esta fora de cogitação. Ele me disse que o resultado deu negativo!

— ainda bem que a inteligente sou eu né! Deixa de ser lerda Joalin. Ele pode ter mentido...

— Continuo achando impossível. Quem mentiria sobre doença Marie? Ele vivia querendo ficar livre e não estar doente, não mentiria para mim.

— Oh meu Zeus, bata nela antes que eu faça isso!

— para com isso! Hades é melhor que Zeus.

Ela tá deu um rapa ao lado direito da cabeça e doeu um pouco.

Aí!

— Desculpa Zeus, ela é doida assim mesmo! Tu so fala besteira Joalin. Meu deus !

— Entendo de Mitologia mais que você.

— Me recuso a discutir isso com uma pessoa que não consegue enxergar que o crush mentiu. Vou me retirar!

Ela sai andando e me deixa no quarto perplexa. Ela me chamou de burra? Eu não sou burra.

Saio correndo atrás dela e a encontro já na cozinha com minha mãe rindo.

Ih, chegou a lerdinha.

— Até a senhora mãe?

— Perdão querida. Acorda o Otto para jantar por favor?

— Claro!

Chamei Otto que so Acordou quando viu que era eu o chamando.

Jantamos e eu e Marie fomos nos deitar. Eu iria acordar cedo para o trabalho amanhã mas fazia tanto tempo que não ficava com Marie e ela longe dos cadernos e livros, que ficamos rindo, falando de Yoongi e do crush supremo dela, que Inclusive tem um nome estranho, nem me arrisco a dizer!

Por volta das 3 da manhã, resolvemos ir dormir pois as 6 eu teria que levantar.

» » »

YOONGI:

Cresci sempre tendo tudo na mão, sempre conseguindo tudo na base do dinheiro e chantagem, sempre tendo dinheiro, carro, jóia, mulheres e "amigos" ao meu lado sempre, mas eu nunca havia tido um amor verdadeiro. Entendo que eu também nunca busquei merecer um amor tão valioso ou alguém merecedor tanto disso e muito mais comigo!

A questão é: eu nunca havia sentido o poder do amor, sentido aquilo de ter real um colo, um ombro ou abraço verdadeiro de quem te ama, de alguém que acharia melhor perder tudo a você... Mas aí, eu encontrei ela.... Joalin!

Que apareceu na minha vida, no momento que eu queria era distância de tudo e todos, e ela permaneceu lá... Me fez sair do quarto, me fez menos ranzinza, me fez rir, infringiu as regras do meu pai trazendo meus amigos aqui, mesmo longe permanecendo perto, e foi nela que encontrei o sentimento de segurança, o sentimento de Porto seguro, de afeto verdadeiro, sem fins lucrativos ou segunda intenção, era somente ela, sendo ela mesma e dando seu duro para me ver assim... Feliz e completo!

Mas aí... Com a minha ganância, meu egoísmo e insegurança, com aquele medo de perder de novo, alguém que amava, perdi ela! Sim, eu perdi, por que preferi mentir para quem sempre foi sincera comigo para ter ela comigo... Ao invés de ver se ela iria me abandonar ou continuar comigo...

E agora... Eu nem sei aonde ela está
Se está bem...
Se está comendo...
Se está feliz como antes...
Ou se está feliz...

Eu simplesmente perdi ela e eu nem sei como a ter de volta!

2 mês atrás....


Estava na sala, era por volta das 02:10 da manhã, estava sozinho já que hoje não é o dia de Joalin dormir aqui...


Estava me sentindo só... Eu queria ela aqui, queria seu colo, seu abraço ou seu cafuné.


Estava com a casa acesa, mas silenciosa... A Tv se encontrava desligada e eu só ouvia os grilos do lado de fora de casa.
Ouvi a campainha, me levantei mole de preguiça e fui atender, não estava doente mesmo e meu pai estava no Japão, então seja quem for, posso ficar perto.


Mas me enganei.


Pai?


— O que faz aqui fora Yoongi?


— Eu...


— Isso não importa. Vá para dentro!


Mesmo Incerto, deixei ele para trás e entrei em casa.
Me sentei no sofá e fiquei quieto apenas ouvindo os passos de meu pai pelo andar de baixo. Ele se trancou no escritório e vi que ele não sairia tão cedo de lá.


Estranhei já que ele avisaria quando voltasse de viajem, mas visto que ele está de olho de Joalin, nada como vir de surpresa não é mesmo? Meio óbvio.


Decido dormir na sala mesmo, apenas voltei no quarto e peguei meu travesseiro e coberta!


Me aconcheguei e adormeci rapidamente.


[...]


Acordo com meu cheiro de comida e deduzi que Joalin já tivesse chegado aqui em casa. Me levantei e só dei uma checada na cozinha e vi que acertei, Joalin estava de costas fazendo café!


Me encaminho para meu quarto e vou tomar um banho e levei uns 10 minutos no máximo. Enrolo a toalha na cintura e vou para meu closet, pegando qualquer roupa quente e confortável e após me vestir saio e tomo um susto ao ver meu pai sentado na minha cama...


Que susto pai — coloco a mão no peito.


Parece que fez a festa enquanto eu estava fora né, filho...


Por que diz isso pai? — digo indo até a penteadeira pegando um perfume...


— Conseguiu até fazer um exame que só conseguiria se eu estivesse junto.


Eu travei...


Eu não sabia reagir...


Do que está falando ?


— Estava meio óbvio o resultado visto que abriu a porta sendo que nunca nem sequer saia do quarto. Qual a outra coisa que fez sem eu estar aqui? Casou com Joalin?


Eu queria rir...


Ele descobriu isso tudo como?


Me viro finalmente o encarando e entendi... Ele estava com o envelope do exame na mão.


Quem mandou mexer nas minhas coisas?


— Abaixa seu tom! Antes de tudo sou seu pai


— Se manca pai, eu já sou de maior.


Ele começou a rir...


Eu estava muito perdido nessa discussão toda, até por que não era assim que esperava mostrar o exame e surpreender ele com o resultado mas quem me deixou perplexo foi ele.


Beleza, pode ser de maior, mas está doente.


— Estava! Não sei se viu ai no exame, mas deu negativo.


— Estou curioso agora. Como fez para conseguir o exame ?


— E isso importa?


— Para mim sim.


— Para mim, o que importa é que você mentiu para mim durante dois anos, me fez ficar trancafiado aqui por tanto tempo achando que morreria a qualquer momento, culpou minha mãe por tal doença e ainda me fez ficar com inúmeras babás sendo que eu odiava.


— Eu estava pensando no seu bem Yoongi. Você não tinha freio! Só sabia beber e curtir. Não tinha responsabilidade, não queria fazer faculdade, não queria casar e quando finalmente arranjou uma namorada, só piorou. Eu tinha que dar um jeito em você!


— Que ótimo método você arrumou em.


— Deveria me agradecer ao invés de reclamar.


— E pretendia mentir até quando? Quando eu fosse morrer realmente? E que chantagem foi aquela com Joalin?


— Ah... Você ouviu?


— Não deveria? Ela é...


Ao invés de me ajudar só pioro. Puta merda!


É o que Yoongi?


— Ah você vai saber de qualquer modo. Ela é minha esposa! Eu e ela casamos.


— Ah claro! Com dinheiro qualquer garota casa contigo.


— Na verdade, casamos e sem essa de dinheiro. Foi ela que autorizou o exame!


— Agora tudo está explicado! Mas tem algo que ainda não me parece claro...


Eu já estava perdendo a paciência.


Esse cara aparece do nada, mexe nas minha coisas, faz um interrogatório como se a culpa fosse minha sendo que o errado é ele e ainda quer ficar saciando curiosidade vindo da puta que pariu. Que ótimo pai eu tive!


Que coisa querido pai!


— Por que Joalin ainda está trabalhando aqui e por que ela é a "dona" da sua herança?


— Eu quis passar minha herança para ela, por que? Não posso?


— Não, não pode!


— Posso, é MINHA herança. E... Ela acha que eu ainda estou doente!


— Ela te ajuda e você mente para ela?


— Já saciou suas meras curiosidades? Se sim, saia.


— Quem vai sair é você!


— como?


— Não é maior de idade? Não está livre de qualquer doença?


— Sim, mas..


— Pois que saia do meu teto. Arranje um emprego, uma casa e viva independente.


— Como quiser. Mas saia desse quarto, para eu arrumar tudo!


— como quiser.


Ele sorriu e saiu do quarto e ali eu vi a minha vida passando pelos meus olhos.


Joalin estava me encarando, mas eu não via mais vida em seu olhar, ela me encarou e uma lagrima solitária desceu pelo seu rosto e ela a limpou rapidamente.


Bom saber que está bem Yoongi. Meu trabalho acaba aqui!


Ela ia dar as costas mas eu corri e segurei seu pulso.


Joalin espera por favor...


— Esperar? Esperar o que? Você inventar alguma desculpas para me convencer que só me usou? E eu achando que realmente tinha mudado e poderíamos ter algo...


— Eu iria te contar tudo.


— Quando?


— Não sei mas ia, eu juro que ia.


— Quando eu estivesse velha? Ou achando que iria te perder ? Sofrendo por nunca poder te tocar, beijar ou abraçar sem o medo de você ficar mais fraco e me deixar? Só aí iria me contar?


— Por favor me escuta!


Ela respirou fundo e me encarou.


Anda... Explica !


— Eu fiquei com medo, medo de você me deixar e ir embora se eu falasse que não estava mais doente, medo de te deixar livre e você me abandonar...


— E não se passou pela sua cabeça que eu poderia ficar feliz com o fato de estar bem e não doente, que eu poderia aceitar ter um relacionamento saudável contigo já que agora poderia te tocar ? Não se passou que mesmo doente ou não, que eu te amo a ponto de aceitar você da forma que fosse? Seja como babá, namorada, amiga ou esposa? Em Yoongi...


— Não... Eu achei que fosse me deixar!


— Vejo que não me conhece o suficiente. Agora está livre, pode sair, beber, beijar e virar aquele idiota de anos atrás novamente. Seja livre! Aproveita e desfaz esse casamento e pegue sua herança de volta.


Ela tirou a aliança do seu dedo e jogou na minha cara e saiu correndo para fora da casa, e na porta vi Jin... Me encarando...


Eu avisei, não avisei? Se me escutasse.


Eu estava sem chão...


Eu a deixei ir... Eu a fiz ir embora para sempre e novamente perdi quem eu amava... E dessa vez, a culpa é minha!


Atualmente...


Estava no meu apartamento, deitado na minha cama olhando para o teto...


Tinha uma garrafa de whisky em cima de meu criado mudo e uma caixinha com as duas alianças... As alianças que um dia me deixou conectado a ela!


Peguei meu celular e tentei me distrair, não queria continuar sofrendo novamente na bebida. Abri meu Instagram e fiquei vendo as postagens de pessoas até que eu vejo uma foto que cortou meu coração de uma forma horrorosa.


Joalin e James...


E a legenda só piorou tudo.


" Deus te colocou na minha vida, e eu não te deixarei escapar novamente. Finalmente juntos! 💍❤️ "


É... Parece que agora cada um seguiu seu caminho... E ela parece feliz com James, já que entrei em seu perfil e tinha algumas fotos dos dois juntos!


Ele está dando a ela, algo que eu nunca dei...


Desliguei meu celular e comecei a chorar, eu não acreditava que perdi o amor da minha vida, não acredito que perdi ela pelo medo, pela insegurança e agora, eu só gostaria de voltar ao passado e dizer a ela que a amo, mesmo que tudo isso fosse acontecer novamente, pelo menos ela iria saber de todas as formas que eu a amava.


A campainha do meu apartamento tocou e eu mesmo triste e com a cara acabada. Fui até a porta e estranhei que o porteiro não ligou e quando abri, fiquei surpreso.


Oi Yoon...


Hyuna....



Notas Finais


Novamente treta rolando...

Espero que tenham gostado !!

O que acha que vai acontecer agora? De qualquer forma, está longe de tudo der certo.

Vejo vocês em breve...

Passem vontade aí KKKKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...