1. Spirit Fanfics >
  2. O Preço da Felicidade >
  3. Capítulo 5

História O Preço da Felicidade - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


opa

Capítulo 5 - Capítulo 5


Any narrando:


- Boa tarde, dona Teresa. - Cumprimentei a senhora atrás do balcão quando entrei na área de monitoria.


- Boa tarde, Any. Quase se atrasou, hein?


Na verdade, eu estava atrasada. Devia estar ali as 16:00, mas olhando o relógio atrás de dona Teresa, vi os ponteiros marcarem 16:03.


Sorri.


- Dia cheio. Quantos alunos pra hoje?


- Quatro. - Ela respondeu conferindo sua planilha. - Dois do primeiro, um do terceiro e um do quinto.


- O que?! Eu não dou monitoria pra quinto período!


- Eu sei, meu bem. - Dona Teresa sorriu. - Mas você não é obrigada, fique tranquila. Sua grade ficará intacta caso você não esteja preparada.


- Então porque ele está comigo?


- Parece que a monitora dele acordou com enxaqueca ou algo assim hoje. Não pôde vir... então encaixei ele com você.


Suspirei. É claro que foi por causa daquela festa na república... se eu soubesse teria acabado com ela mais cedo.


- Tá, tudo bem. Quatro alunos pra três horas. - Olhei pro teto pensando rápido. - Três vezes sessenta, cento e oitenta; dividido por quatro... quarenta e cinco. - Balancei a cabeça. - É isso. Cada um tem quarenta e cinco minutos. Me dê os materiais que vou precisar.


- Garota, você é uma máquina. - Dona Teresa riu me entregando alguns livros.


- Eu meio que preciso ser. - Sorri de volta.


- A primeira já chegou. Está te esperando.


- Okay, obrigada. - Mandei um beijo pra ela e caminhei até minha mesa, onde uma menina ruiva estava sentada, esperando pacientemente.


- Boa tarde, Alana. - Falei me sentando na frente dela.


- Oi, Any. Tudo bem?


- Estou ótima. O que vamos estudar hoje?


- Geometria analítica.


Abri o livro e os primeiros quarenta e cinco minutos passaram antes que a gente percebesse.


Alana absorvia facilmente tudo o que era lhe passado, o que eu achava ótimo.


- Até mais. - Ela disse colocando sua mochila no ombro.


- Boa sorte na prova. - Respondi.


O próximo foi bem mais difícil. Bryner não era o tipo de garoto exemplar em uma sala de aula.


- Mas isso é matemática básica! - Eu insistia. - Você nunca estudou tabuada de multiplicação?


- Nunca fui obrigado. - Respondia monótono.


- Então por que não calcula nos dedos?


- Porque eu sei que você sabe a resposta. - Deu de ombros.


Respirei fundo.


Calma, Any... você precisa dessas monitorias...


- Seis vezes três são dezoito, Bryner. Pelo menos isso você devia gravar...


A próxima foi da minha turma. Rute.


Ela não era inteligente, mas pelo menos era esforçada, então progredimos apenas o suficiente para ela conseguir terminar o trabalho que tinha nos sido passado.


- Eu te vejo mais tarde, na sala. - Ela se despediu.


- Até mais.


Só mais um...


Quando o último aluno se aproximou da minha mesa, levantei meus olhos para vê-lo e quase engasguei com minha própria saliva.


Não...


Dona Teresa só podia estar de brincadeira comigo.


Na minha frente, um sorriso de tirar o fôlego se abriu, revelando dentes brancos, alinhados. Olhos azuis me observavam e percebi quando sua pupila dilatou.


Quase não consegui acreditar ao me dar conta de quem precisava da minha ajuda.


Joshua. O famoso, idiota e imbecil Josh Beauchamp!


Notas Finais


bjao


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...