História O Preço do Silêncio - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Ficção, Suspense, Violencia
Visualizações 2
Palavras 243
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Viva, como antes


Novamente, lá estava eu, sentada naquele bar, bebendo até minha cabeça começar a girar. Eu queria me sentir viva, como eu era antes. Talvez, em algum universo alternativo, eu estava sendo feliz. Por que eu não podia ser como as outras mulheres? Com marido, filhos e um cachorro?

- Ei, você. - O homem sentou-se ao meu lado e sorriu, era o paciente de algumas semanas atrás.

- Ah, é você. - Beberiquei meu drink e continuei olhando para frente, ignorando-o.

- Parece desapontada. Talvez se você me permitisse te levar para sair, mudaria sua perspectiva sobre mim.

Esse cara realmente não tinha limites. Pensei em todos os anos que eu passei doando todas minhas forças somente ao meu trabalho, e em todos os meus antigos relacionamentos que não haviam dado certo por diversos motivos. Estava na hora de mudar, não queria estar presa para sempre nessa mesma maldita cidade vivendo essa vida solitária de merda. Decidi que o daria uma chance.

- Quer saber? Que se dane! Onde quer me levar? - Virei-me para ele e observei seu rosto iluminar num sorriso.

- Era isso que eu queria ouvir.

Saímos dali e fomos ao pub onde ele trabalhava como cantor, às vezes. Tivemos uma noite inteira de conversa e demos muita risada um com um outro. Custei a acreditar que aquilo estava realmente acontecendo, há tempos eu não saia para jantar com alguém do sexo oposto. Sentia-me diferente, sentia-me importante aquela noite.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...