História O principe - jikook - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Alfa, Jikook, Ômega, Romance
Visualizações 156
Palavras 2.162
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, gente. Volteiii
Ainda estou no hospital. Mais minha prima me emprestar o celular dela kkk
A cirurgia foi muito bem. 60% de sucesso.
Obrigada por todos os comentários. Juro eu chorei.
Mais um capitulo. Leem as notas finais.
kkk
Tchauuuu

Capítulo 28 - Vá embora Jimin


Fanfic / Fanfiction O principe - jikook - Capítulo 28 - Vá embora Jimin

JIMIN

Eu não conseguia nem fixar meu olhar em algum lugar que eu já estava querendo chorar. Eu não entendia nada. O que essa omega é pro Jungkook. Por que eles tem tanta intimidade?

- Jimin, você estar bem? - Jungkook pergunta doce.

Antes que eu pudesse, ou até mesmo pensasse em responder, a Neide interrompe.

- Kook, meu amor. Como esteve esses meses sem mim? - Ela pergunta manhosa, puxando o braço dele.

- Acho que eu vou vomitar - Yoongi se levanta do sofá, subindo as escadas fazendo cara de nojo. 

- Então miga como esteve esses meses? - Tae pergunta, tentando mudar o assunto.

- Muito bem, mais eu sentir falta do meu Noivo - Ela disse alto é em bom tom, me lançando um olhar ameaçador. Jungkook e ela continuam juntinhos colados um no outro. 

Não gostei dela!

- QUE NOIVO?! - Jin aparece na sala com uma bacia de pipoca na mão. Fitando jungkook e Neide com ódio. - O quer que ta acontecendo aqui?!

- Omma, e muito bom ver -lo novamente. - Ela chamou ele de omma?!! 

- Querida quem te deu permissão de me chamar de omma? - Omma bufa. - É que negocio e esse de Noivo? - Ele fita Jungkook com raiva.

- Oxé nem olhe pra mim, que eu não sei de nada. - Ele tira o braço da Neide, se afastando.

- Acho muito bom, se não já sabe!! - Jin lança um olhar mortal pra Jungkook.

Nesse momento a porta abre, mostrando o Appa Namjoon. Com cara de preocupado.

- Appa pode me falar, que troço e esse de casamento? - Jungkook fala firme, fitando o Appa, que dar um suspiro.

Appa entrar afroxando a gravata de sentando pensativo, depois olhar pra mim e Neide.

- Jimin, Neide, tem como eu ter uma conversa em particular com eles? - Neide e eu não discutimos e subimos as escadas, eu subo na frente e Neide atrás.

JUNGKOOK

Meu Appa esperou Jimin e a Neide desaparecerem na escada pra falar. Eu já estava ficando preocupado, meu Appa estava parecendo cansado, o cabelo estava bagunçado talvez estava passando a mão muitas vezes nele, sua camisa amarrotada.

- Então, Namjoon.... vai falar ou não?! - Meu Omma impaciente fala, cruzando os braços. E quebrando o silencio que tinha se instalado ali.

- Eu.... não vou enrolar ok? Jungkook você terá que se casar com a Neide. - No exato momento que ele disse, eu fiquei sem reação eu abria a boca para falar algo, mais depois eu fechava.

- Namjoon o Jungkook fez uma promessa, ele  tem que cumprir, é se você acha que eu vou deixar ele se casar com aquela cobra dismiliquida, há pode tirar o cavalinho da chuva. - Meu omma fala irônico, quase gritando.

- APPA EU NÃO VOU ME CASAR COM ELA, NUNCA, EU AMO O JIMIN, NUNCA VOU DEIXA - LO. - Me descontrolo. Só de pensar em ficar longe do Jimin, meu mundo cair.

- OLHA COMO FALA COMIGO JUNGKOOK !! - Meu appa grita furioso. - Olhar Jungkook eu estou sem saida, os conselheiros estão me cobrando. Por isso irei mandar o Jimin de volta pro pais dele.  

- Não, appa você não pode estar falando serio?! - O fito. 

- Qual foi o dia que eu brinquei Jungkook, isso é pra você se acostumar a ficar longe dele. - Ele fala com a maior calma do mundo Eu bufo, me levantando do sofá andando de um lado pro outro. Meu omma fica sem reação.

- Vocês não pensaram nós sentimentos do Jimin? - Tae se pronuncia.

- Não vamos pensar em nada por que o Jimin não vai a lugar nenhum!. - Meus olhos faiscam de raiva.

JIMIM

Após subimos as escadas, Neide andava atrás de mim. Quase me derrubando no chão. Colocando os pés atrás dos meus.

Resistir de falar alguma coisa e corri pro meu quarto. Até eu ouvir ela me chamando.

- Hey... é Jimin né? Vem cá. - Ela balança a mão me chamando olhando para a baixo da escada.

Eu como sou curioso, fui ver. O appa estava conversando serio com Jungkook. Até eu ouvir que ele tinha que se casar com a Neide, meu coração parecia querer sair pela minha boca ouvindo aquela conversar.

Neide, gargalhava.

- Jimin, me faça um favor. - Diz limpando as lagrimas que caiam de tanto sorrir. - Vai embora, ninguém desta casa precisa de você. Não se preocupe irei cuidar muito bem, do  Jungkook. - As lagrimas quentes rolavam em meu rosto, eu estava sentindo uma dor tão grande, parece que meu coração foi despedaçado.

Neide sorria da minha dor, minhas pernas por conta própria sairam correndo. Fui ao meu quarto fechando a porta com força. Minhas pernas se sentiram sem força me fazendo cair no chão.

Por que tudo isso só acontece, com a gente. Por que eu não posso ser feliz com o kook. Por que ? será melhor mesmo que eu vá embora?

Por que.........por que............ - Digo pra mim mesmo me sentando de costas para a porta.

JUNGKOOK

A raiva já estava se aborçando do meu corpo. Todos estavam calados ouvindo aquilo. Maldição!

- Appa, se eu não ficar com o Jimin eu não reino. Maldição! eu amo o Jimin. - Digo usando a voz de alfa subindo as escadas.

Já no topo da escada, vejo Neide encostada no batente da porta.

- Meu amor, dormi comigo. - Diz maliciosa me olhando de cima a baixo. Ela se aproxima de mim, passando a mão por cima do meu peitoral descendo até meu abdome. Antes que ele descesse mais, agarro seu pulso, me afastando dela.

- NÃO ENCOSTAR EM MIM. - Grito. Ela faz cara de choro.

- Jungkook mal, só por que aquele lá chegou, tá tratando sua Neide assim. - Ela faz de um jeito de criança, confesso que soltei um sorriso. Eu gostava muito dela, tinha até cogitado a não procurar mais Jimin por ela, mais eu descobrir que Yoongi gostava dela. Nós dois já brigamos muito por ela, até que ela foi embora. -  Posso dormir com você? - Ela faz cara de inocente.

- Claro, que não Neide. Agora vai dormir. - Entro no meu quarto fechando a porta na cara dela.

Arranco minhas roupas ficando só de cueca pra dormir. Minha cabeça poderia explodir. Esses pensamentos estão me deixando indignado. Nunca irei deixar o Jimin ir, só de pensar em outro alfa tocando nele, meu sangue ferve.

Sou domado, pelo sono.

NEIDE

Logo após o imbecil do Jungkook entrar no quarto, eu vou pro meu. Minha vontade era rir bem alto da cara daquele omegazinho feio,  gordo, e muito feinho. Não será difícil reconquistar o Jungkook.

Entro no meu quarto, vendo todas as minhas malas no chão. Eu só me jogo na cama dormindo. Se passou umas 4 horas, estava já de madrugada. Todo o povo desse castelo já deve ter dormido. ótimo!

Saio do meu quarto na ponta dos dedos, indo pro quarto do Jungkook. Eu sempre fazia  isso quando eu estava aqui.

Entro no corredor. Chego na porta  do Jungkook e agradeci que a porta não estava trancada e entrei, fechando a porta atrás de mim. Meu queixo cai quando vejo, aquele corpo estrutural na minha frente.

Jungkook estava quase nu!

Me aproximo sem acorda - lo. Tiro minha blusa ficando só de sutiã, me deito ao seu lado. Solto um sorriso sapeca.

JIMIN

Eu ainda tentava, controlar as minhas emoções. Mais eu precisava conversar com o Jungkook sobre isso. Me levanto relutante.

Limpo um pouco as lagrimas com a barra da camisa, e saio pelo corredor. Entro no quarto do Jungkook,com o coração na mão. No momento que entro me arrependo de ter vindo. Eu vi meu mundo se acabando, lentamente na minha frente.

De repente minhas pernas não sentiram mais o chão, então caio de joelhos no chão. Abafo os meus soluços, com as mãos. A Neide estava deitada sobre Jungkook e ambos quase nus. Neide percebe a minha presença. E coloca o dedo na frente dos lábios, pedindo silencio, dando um sorriso colocando a mão de Jungkook em cima dos seus peitos.

Levanto, do chão. É saio correndo do quarto. Parecia que tinham batido no meu coração, chutado e pisado com força. Jungkook não podia ter feito isso comigo.

Quando dou por mim, estou abrindo a porta do quarto do Sehun. Minha vontade era de conversar com alguém ter um ombro amigo. Giro a maçaneta, entrando.

- Jimin?? O que você estar fazendo aqui? - Ele pergunta , ainda deitado na cama me fitando surpreso.

- Seu ombro amigo, ainda estar em pé? - Pergunto receioso, escondendo o rosto.

- Claro. - Ele pareceu ver minhas lagrimas mais não perguntou nada. Me aproximei de sua cama, com medo, me deitando ao seu lado. Sinto seu olhar surpreso em cima de mim.

Fico fitando o teto assim como ele.

- Por que... o coração do Jimin doi tanto? - Minha voz sai embriagada, baixa.

- Ele estar doendo, pelo Jungkook? - Ele dar um sorriso, sem humor. - Esse cara realmente, não te merecer. Jimin... posso te perguntar uma coisa?

- Humhum. - Balanço a cabeça inocente.

- Por que você não gosta de mim? - Pergunta receioso.

- Eu gosto de você....

- Não, tô falando desse jeito de gostar, e outro. Eu.. gosto de você, jimin como omega. - Ele se vira pra mim. Ficando frente a frente. Meus olhos se cruzam com os dele.

O olho surpreso, sem saber o que responder.

- Não, precisa ficar com medo, eu te amo tanto que largaria tudo por você, Não faria o que jungkook faz com você. Não se preocupe eu não vou te força. - Sehun e tão gentil, eu queria poder amar quem eu quisesse mais meu coração só pertence a Jungkook.

- .......... - Não respondo. Me viro pro lado, com vergonha. Tinha uma mesinha do lado da cama. Nela tinha uma omega é um alfa. Mais o que me chama mais a atenção era o Alfa seus olhos eram iguais aos meus. Estranho !

- Vá dormir Jimin.... Amanhã tem aula! - Avisa Sehun.

Sussurro um ''sim'' e durmo, lembrando do Jungkook é neide.

 

Dia seguinte.

 

Acordei, com um barulho de celular. Olho para o lado vendo Sehun, vestindo o uniforme da escola.

- Desculpa Jimin, eu não quis te acordar. - Ele bagunça os cabelos levemente molhados.

- Tudo bem - Dou de ombros. - Posso usar seu banheiro? - Pergunto.

- Claro. - Vejo ele se sentar na borda da cama. No banheiro  Me olho no espelho e me assusto comigo mesmo, ao ver meu cabelo bagunçado e as olheiras horriveis.

Ao lembrar de tudo que ouvir ontem. Minha cabeça doia. Lavo o rosto, arrumo o cabelo. Volto ao quarto, enxergando Sehun quase saindo.

- E-eu vou pro meu quarto. - Falo quase abrindo a porta.

- Espera! Vamos juntos. Só vou pega minha mochila. - Assim espero ele, Senhun pega a mochila. É saimos do quarto.

Quando passamos pela porta, Jungkook, nós olhava com raiva. Seu olhar faiscava de raiva. Seus passos foram apresados até nós. Jungkook agarra meu braço com força, machucando.

Gemo de dor.

- O QUE VOCÊ ESTAVA FAZENDO DENTRO DO QUARTO DELE JIMIN! - Grita. Apertando com força meu braço. - É MELHOR VOCÊ RESPONDER. - Aperta mais.

- PARA JUNGKOOK!! TA FICANDO LOUCO!- Jungkook interronper Senhun.

- VOCÊ NÃO TEM  DIREITO DE FALAR NADA SEHUN. O JIMIN É MEU!!! -A voz de Jungkook, estava ecoando na minha cabeça. 

Não sou nada seu, agora me solta! Que eu não quero te ver. - Tento me soltar.

- NÃO JIMIN, VOCÊ É MEU! SÓ MEU! - Jungkook com toda força puxar meu braço, não consigo ver pra onde ele me levar.

Barulho de porta se abrindo se faz presente. Não consigo mais ver sehun, visualizou melhor o lugar , que estou é o quarto do jungkook!

- JUNGKOOK, SEU IDIOTA O QUE VOCÊ VAI FAZER COM O JIMIN?! - A voz de sehun erá, alta. Batendo na porta.

- VOU MOSTRAR QUE ELE É MEU! - Jungkook tira a sua blusa mostrando um tanquinho perfeito. Ele ataca o meu pescoço beijando tudo.

- Para jungkook, não me toca, você ta abusando! - Falo pensando, nele é a Neide juntos na mesma cama. 

- POR QUE VOCÊ, FEZ ISSO JIMIN.- Jungkook pirar, segurando meus pulsos  com força contra a parede. Machucando.- POR QUE FEZ ISSO.....POR QUE JIMIN, ME DIZ...

- Por que você,estar reclamando de mim! Eu não fiz nada. - Grito. 

- ENTÃO É ISSO, EU TE ENCONTRO SAINDO DO QUARTO DELE, É DEPOIS EU SOU O CULPADO. - Ele chuta a porta com força. - AAAHH JIMIN , POR QUE ESTAR FAZENDO ISSO. - Seus olhos faiscam de raiva, ele não era o  jungkook que eu conheço. não. não era.

 

 

 

Não perca o próximo capitulo:)

 

 


Notas Finais


Desculpa a demora, depois de amanhã capitulo novo.kkkk
Depois mando spoiler kkk
Comentem ai ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...