História O Príncipe de Arkyos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiacos de Garuda, Aiolia de Leão, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Freya, Hades, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Jabu de Unicórnio, June de Camaleão, Minos de Grifon, Pandora, Personagens Originais, Radamanthys de Wyvern, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaka de Virgem, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda
Tags Amor, Escolhas, Morte, Principe, Shun, Sofrimento
Visualizações 72
Palavras 1.426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Iai pessoas, desculpa ai pela demora de atualizar as fincs é que eu to meio apertada com os trabalhos da escola em fim é isso.

Espero que gostem

Capítulo 2 - Capítulo 01


Fanfic / Fanfiction O Príncipe de Arkyos - Capítulo 2 - Capítulo 01

Uma semana e meia se passaram desde que aquele cavaleiro veio aqui, ele voltou dois dias depois para avisar que os meus pai iriam mandar três pessoas pra me buscar provavelmente virão amanhã. A cada dia que passa fico mais apreensivo para voltar ao reino.

 Sarabi: Shun meu amor, não fique nervoso tenho certeza que seus pais vão ficar felizes em te ver. -Falou se aproximando de mim.

-Não são meus pais que me preocupam Sarabi. -Respondi em um suspiro, olhei pra ela que se sentou ao meu lado no banco gangorra da varanda.

Sarabi: Então o que é Shun? - olhei em seus olhos castanhos e depois para o céu da tarde se misturando com a noite.

-É só essa história de ser rei, eu ainda não disserminei tudo, minha cabeça está um caos...-Me levantei e me apoiei no muro, olhei pra baixo encarando a ladeira que direcionava a floresta. -E tenho medo que o reino não me aceite como o novo rei.

Sarabi: Ah Shun! -ela gargalhou em um tom de ironia. Arqueei a sobrancelha direita me perguntando o porque de ela está rindo.

-Porque está rindo? -Ela não me respondeu apenas se levantou e ficou ao meu lado. Eu odeio quando ela faz isso. -Não vai me responder?

Sarabi: Você está preocupado a toa. -A toa? -Tenho certeza que o reino vai amar você, e mesmo àqueles que não gostarem vão ter que aceitar você querendo ou não. Mais não se preocupe meu anjo tenho certeza que vão gostar de você tanto quanto eu que me encantei por você desde que era um anjo bem pequeno. -Sorri e ela me deu um beijo na testa e entrou em casa.

-Eu espero que você esteja certa. -Olhei para o céu e vi que a noite tinha caído de vez, as poucas estrelas já estavam brilhando.

Uma brisa fraca e gostosa passou na varanda me fazendo ter um péssimo pressentimento.

Sarabi: Shun meu anjo vem aqui? -A Sarabi me chamou de dentro de casa, quando entrei sorri ao ver as pessoas que tanto amo. Amigos!?

???: SURPRESA! -Gritaram todos em decoro, e eu sorrir, não os esperava. Por isso eles gritaram surpresa né seu tonto!?

-Puxa que surpresa. -Digo animado, todos os meus amigos estão aqui, june, Frederick(Afrodite), Carlos, marim e Syderbia.

June: Como você ousa ir embora sem se despedir do seus amigos. -Olhei pra Sarabi que fez uma cara como se dissesse "Desculpa meu anjo" e depois olhei para june que cruzou os braços, sorri ao ver aquela cena dramática dela. 

June é a minha melhor amiga, a conheço desde que era pequena ela é metade camaleão e metade humana, sim ela nasceu no mundo humano, e quando bebê sua mãe a trouxe pra cá para o mundo sobrenatural onde ela conheceu um rapaz e acabou dando a luz a o irmãozinho mais novo da june. Sarabi diz que a june tem um sentimento a mais por mim, eu não tenho certeza disso, mais espero que Sarabi esteja enganada pois eu não sinto o mesmo por ela e não quero magoa-la.

-Não seja exagerada june.

???: Mais ela está certa Shun, eu não acredito que você ia voltar para arkyos sem se despedir da gente. -Frederick conhecido mais como Afrodite, uma deusa de uma história dos seres humanos.

O conheço a pouco tempo, mais o considero um grande amigo. O conheci juntamente com o Carlos, Marin e Syderbia, eles estavam fugindo de um abrigo que eles viviam sendo maltratados, e eu e a Sarabi os encontramos na floresta em uma de nossas caminhas, e os levamos a um vilarejo aqui perto.

Marim é metade bruxa e metade águia, ela faz feitiços e ao mesmo ela pode se transformar em uma águia linda. Carlos é um lobo ele tem uma calda cinzenta e um par de orelhas ele também tem o poder de transformação e se transforma em um lobo por completo. Eu não sei bem o que o Afrodite é ele nunca me contou, mais acho que ele é um tipo de mago, e a Syderbia é uma ninfa.

-Você também Frederick? -O encarei e ele sorriu se sentando no sofá e todos fizeram o mesmo.

Marin: Bom de qualquer forma estamos aqui, e pra comemorar nem acredito que você vai se tornar rei. -Ela sorriu e eu me sentei no sofá dá frente um pouco tristonho.

June: O que foi Shun?

-Não é nada, é que eu só não me sinto pronto para me tornar rei. -Olhei pra eles que se entre olhavam como se quisessem dar risada. -Podem dá risada se quiserem, mais essa é a verdade.

Carlos: É gente parem com isso, o Shun não está pronto é normal que ele se sinta assim. -Até que em fim alguém que me entende.

Syderbia: Mais esse dia ainda não chegou e por isso vamos comemorar. -Syderbia levantou do sofá e foi até uma bolsa tirando de lá algumas garrafas parecia ser.... -Bebida de evys.

-Uhuuuuuu! -Todos nós gritamos. Bebida de evys é uma grande iguaria aqui no mundo sobrenatural, mas se você exagerar na dose pode acabar ficando fora de si.

Começamos a beber e falar sobre as coisas da vida, e de nossas famílias, eu já não me sentia muito bem, acho que exagerei na bebida de evys.

Levantei do sofá e fui para a varanda tomar um pouco de ar, quando o mal pressentimento passou por todo o meu corpo me arrepiando por inteiro.

O que é isso? Porque estou com esse mal pressentimento, a brisa fraca passou de novo dando uma balançada em algumas mechas do meu cabelo.

???: Onde está o novo rei? -Ouvi uma voz masculina por um momento pensei que era os homens do castelo que viriam me buscar.

June: Quem são vocês? E porque querem saber do Príncipe? -June perguntou com a voz alterada. Me aproximei mais da porta avistando três pessoas com capuz.

???: Não seja insolente garota e responda logo onde o Príncipe está?

Frederick: Não vamos dizer. -Afrodite se impôs e eu me assustei.

???: Pois bem se não vão dizer irão todos morrer. -Apenas ouvir os gritos agonizantes dos meus amigos, comecei a chorar sem saber o que fazer.

Frederick: Nexus foy pluts conys. -Ouvir a voz do Afrodite parecia um feitiço o que tinha acabado de falar.

Carlos: AHHHHHH!

Frederick: CARLOS! VOCÊS VÃO ME PAGAR SEUS DESGRAÇADOS. - O afrodite gritou desesperado, as lagrimas desceram do meu rosto sem que eu percebesse a sarabi apareceu na varanda.

Sarabi: Shun meu anjo você precisa fugir. 

-M-mais porque...o-o que está acontecendo Sarabi? 

Sarabi: Não faça perguntas apenas fuja você corre perigo e...- me assustei quando uma foice atravessou o corpo da sarabi, fiquei pasmado ela tossiu sangue e caiu pra frente.

-Sarabi! - Não pude acreditar em ver a sarabi ali no chão com um buraco nas costas.

???: Não precisa chorar amor, logo você irá vê-la e todos os seus amigos também.

-Q-quem é você? 

???: Pra que saber quem eu sou se você logo va... 

Syderbia: F-FOGE SHUN! -syderbia é mesmo louca avançou nas costas daquele homem misterioso para impedi-lo de me matar. -VAI RÁPIDO SHUN EU NÃO VOU SEGURA-LÓ POR MUITO TEMPO. - subi no muro pronto pra pular, sinto aguem pegar no meu braço e syderbia avançando no mesmo instante olhei para traz e vi homem encapuzado a pegar pelo pescoço e cortar sua cabeça e seu corpo despencar no chão a unica coisa que consegui fazer foi chorar.

-Syderbia.

Sarabi: VAI LOGO SHUNNNNN. -o grito esturdiante da sarabi me fez acordar e eu pulei sem pensar duas vezes. Meu corpo inteiro doeu com o choque de ter caído no chão.

Me levantei e sai correndo entrando na floresta escura e assustadora, olhei para o meu braço que estava sangrando e doendo tentei me curar mais não estava dando certo. Eu preciso procurar ajuda, eu não acredito que meus amigos estão mortos. Porque? 

???: É melhor adiantarmos, ou vamos chegar lá mais tarde do que ja é.

???: Se não fosse por sua  causa nós já estariamos lá.

???Ah! Por favor não comecem com suas briguinhas infantis.

???: Foi ele que começou. -Quem será essas pessoas? Parecem ser homens será que eu peço ajuda. E se eles forem as pessoa que mat... -Você sempr....

???- Shiii! Quieto! tem mais alguém aqui e parece que está com medo. -Me assustei eles sabem que estou aqui eu preciso fugir. Corri para uma enorme árvore ficando atrás dela.

???- Sim! É verdade e parece que está machucada pois sinto o cheiro de sangue e é bom. -Cobri meu ferimento torcendo para que não me encontrassem mais foi em vão, ouvi som de passos cada vez mais próximos de onde eu estava. O que fazer?

a) Correr

b) Gritar

c) Continuar onde estou

       E agora o que eu fasso?


Notas Finais


Iai pessoal então, essas três opções ai do final é pra vcs escolherem nos comentários é um jogo e uma finc ao mesmo rs

Então a opção que for mais votada vai ser a continuação do próximo capítulo e também vai me ajudar a decidir com quem o Shun vai ficar, é tipo uma rota okay e se ninguém escolher acho que vou ter que fazer papai do céu rs

Tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...