História O Príncipe e a Plebeia - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Branca de Neve, Cinderela, Romeu e Julieta
Personagens Príncipe
Tags Romance
Visualizações 6
Palavras 485
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Inveja


Fanfic / Fanfiction O Príncipe e a Plebeia - Capítulo 11 - Inveja

- Leonor! Você conversou com o príncipe Estevão? Que notícia maravilhosa!

Diz Edmundo feliz em saber que Leonor encontrou o amor da sua vida.

Inês com os olhos arregalados fala:
- Pai, ela estava conversando com um cara... Sem sua permissão...

- Não Inês, não é apenas um cara, é o Príncipe Estevão!
Diz Edmundo.

- Porque está tão infeliz com isso, Inês?
Pergunta Leonor.

- Você roubou Estevão de mim!
Grita Inês.

- Oque que você está falando, Inês?
Pergunta Leonor.

- Isso mesmo.... Estevão era pra ser meu!

- Pare com isso, menina! Estevão preferiu Leonor... Ela tem um coração bom, ao contrário de você! 
Edmundo fica nervoso.

- Chega!!! Pra mim já deu. Você vai pagar muito caro, Leonor! Muito caro!

Inês sai da cozinha e vai direto para o porta. Edmundo estranha, e pergunta:

- Aonde vai menina?

- Não sou mais uma criança, pai. E outra, não interessa ao senhor!

Ela bate a porta e Leonor cai em lágrimas e corre escada afora em direção ao seu quarto. Edmundo vai atrás e bate a porta.

 TOC TOC


Ela abre e senta em sua cama, Edmundo senta também e pega nas mãos de Leonor.

- Filha, porque chora? Não fique assim...


- Pai, não entendo o porque Inês me odeia tanto assim... Eu não roubei ninguém... Estou também preocupa com Inês. Onde ela foi?

- Eu sei, minha filha. Inês é complicada. Ela deve ter ido dormir na casa daquelas gêmeas... Me machuca muito ver ela fazendo isso com você. Mas a verdade é que, ela tem inveja de você, de sua beleza...

- Mais ela é bonita...

- Não é beleza física, minha filha. É por dentro. Você é diferente Leonor. Não deixei ninguém apagar o brilho que você tem!
 Edmundo seca as lágrimas de Leonor, e ela sorri para ele.

- Mais agora me conta... Como foi o baile?

- Ai pai! Foi tudo lindo... Príncipe Estevão é muito cavaleiro e até... Me deu um beijo.

Leonor fica com um pouco de medo da reação de Edmundo, mais ele não fecha a cara.

- Ohh! Pouco ousado não?

Leonor fica em silêncio.

- Estou brincando... Você já está passando da hora de se apaixonar por alguém.

- E estou, pai! Amanhã Estevão vem aqui para conversar mais...

- Meu Deus! Oque é que estamos fazendo acordamos à essa hora?

Edmundo tira o relógio do bolso e olha as horas. Já era quase duas horas da manhã.

- O senhor tem razão, pai. Boa noite!

- Boa noite, Leonor! E lembre-se, não liga com oque a Inês fala...

- Tudo bem, pai. Obrigada.


Edmundo dá um beijo em sua testa, sai do quarto e fecha a porta. Leonor vira para o canto da cama e olha pela janela as estrelas do céu... Ela se pegou pensando no beijo e ainda sentia o calor de suas mãos...  Com isso, acabou adormecendo.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...