História O Príncipe e o Pintor - Romance Gay - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Conto De Fadas, Gay, Magia, Romance
Visualizações 12
Palavras 1.235
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Regressamos com a parte 2 da nossa história. Esperemos que gostem
Boa leitura

Capítulo 12 - Parte 2 : Uma família crescendo


Fanfic / Fanfiction O Príncipe e o Pintor - Romance Gay - Capítulo 12 - Parte 2 : Uma família crescendo

Os dias foram passando suavemente  e a cada dia que passava melhor as coisas se iriam tornand. Pois agora estávamos  juntos e nada nos poderia separar. Tornamo-nos uma grande  família  e parecia aumentar e se tornar mais forte com o tempo. Neste tempo que ouve algumas coisas mudaram. Leonardo e Mina ofcializaram o seu namoro agora eram um casal que até já dormia juntos e apenas não  pensava ainda em casar. Martha finalmente  confessou os seus sentimentos  por Rosa e como óbvio esses sentimentos  eram recíprocos, ainda estão  em uma fase inicial do seu relacionamento. Pedro não  demorou  muito  e começou  a namorar com uma jovem local chamada Melinda, uma bela jovem de cabelos pretos longos pele morena e olhos castanhos  cor de terra.  Susana encontrou amor em uma jovem vaidosa e divertida  a Luisa. Luisa tinha  cabelos loiros cumpridos e a pele branca como porcelana e olhos azuis. Rita ainda não  teve sorte no amor tal como Minho que apenas  com um coração  ficou por se apaixonar  por uma mulher que não  o amava. Meus pais iam bem e George  rodeado de tanto amor parecia querer alguem mas não  estava com sorte ou só não  sabia ver pois o mesmo falava muito com o Edmund  o filho de um dos mercadores da cidade . Edmund era 10 anos mais novo de cabelos castanhos e olhos iguais belo e jovem com um grande  sorriso o mesmo era apaixonado por George  mas só George  não  notava isso. Ou fingia  não  notar. Xavier e Gabriel  tiveram sua filha a pouco tempo e lhe batizaram de Amélie ela era a mistura dos dois tão  linda e fofa . Já  eu e o Robin  ainda esperávamos pelo nosso chegar. Mas já não  faltava muito apenas mais 2 meses e era a nossa vez de ter o nosso bebé. Os negócios  que criámos  correram bem a oficina  era muito usada e estavamos sempre a trabalhar. A costura estava ao rubro grandes encomendas chegavam cada vez mais. As aulas também  se tornaram mais numerosas afinal nem todos tem a sorte de poder aprender  a ler e a escrever especialmente  os mais velhos. A nossa vida ia bem, mas nem tudo era perfeito.Malaquias  e o rei Terrence mandaram os guardas pelo reino atrás  do Robin mas felizmente  ainda não  tinham chegado a nós. Mas era uma questão  de tempo e isso me dava medo. Estava na cama sentado  a espera do Robin que estava na casa de banho se preparando para dormir  e falando.

Robin- eu não  acredito que terei de comprar outras  roupas

Matias- mas as roupas que tu tens ja não  servem elas são  bem largas 

Robin- não é disso  amor

Matias - então  porque  ?- ele entra do quarto com sua barriga  ja grande e o seu brilho unico e maravilhoso  de gravido

Robin - em menos de 2 meses o nosso filho ou filha irá nascer e terei de comprar roupas para mim pois perderei a barriga  e para o nosso bebé 

Matias - em menos de dois meses  teremos o fruto do nosso amor aqui 

Robin- em breve seremos 3 nesta cama todas as noites 

Matias- não, todas as noites nem pensar teremos um berço  afinal estivemos tanto  tempo sem nos tocarmos e fazermos assim que o bebé  estiver aqui prepara-te vamos fazer sexo tantas vezes que  te vou fazer esquecer  os teu nome

Robin- és  mesmo  uma peça tu 

Matias- vais dizer que não tas com saudades de cavalgar em cima de mim de me sentir dentro de ti 

Robin- não  vou mentir eu sinto sim mas não  estou tão  louco quanto tu

Matias - claro , o Gabriel  disse isso ao Xavier e agora ele agarra o Xavier e o atura para qualquer  canto  para o sentir dentro dele que o mesmo até nem dorme direito 

Robin- isso culpa o Gabriel  lembro te que o Xavier esta com tanta  vontade que  quis fazer afrente da filha dormindo

Matias- a menina estava dormindo  

Robin - e 

Matias- ok esquece o facto é que a vontade de ambos esteve ao rubro no primeiro  mês 

Robin- nós  seremos iguais 

Matias - conta que sim se não  pior - ele ri-se e se deita como sempre dormimos estilo concha eu agarrando o Robin e a sua barriga com o nosso filho ou filha dentro.  No dia seguinte  enquanto  estava oficina trabalhando com o meu pai o Leonardo e o Pedro , Melinda aparreceu correndo e aflita a porta da oficina 

Matias- Melinda que se passa?

Pedro- amor tu estás  bem porque corres 

Melinda - eu ...ouvi ... no

Leonardo - calma senta-te vou buscar agua- Leonardo vai buscar agua e ao voltar  traz  a Mãe  a Susana e a Rita e o Xavier que estava a cuidar da filha enquanto  o Robin e o Gabriel  tinham ido comprar materias novos para suas aulas

Mãe - então  filha que aconteceu 

Pai- sei la a coitada apareceu correndo quase sem respirar 

Susana - Mel está  tudo bem - ela bebe água  e responde

Mel- eu vim do mercado lá eu ouvi que os guardas se dirigiam para cá que não  tardariam a chegar- aquelas foram as piores palavras que poderia ouvir apos mais de  6 meses quase 7 os guardas  se aproximavam  de nós... E agora o que fariamos nossa família  está  crecendo e eles chegam para arruinar  tudo. 

Rita- tens a certeza do que ouviste

Mel- infelizmente  sim eles diziam que os guardas estavam a sair Estrelada hoje amanhã  ja devem cá estar- eu sabia que este dia iria chega  mas não  cria acreditar que já estava tão  próximo  assim o que iria fazer. George, Minho e Mina tinham ido ao banco e regressaram agora encontrandonos perdidos 

Minho- vejo que ja sabem das noticias 

Leonardo - infelizmente 

Mina- não  se preocupem vai dar tudo certo 

Matias - isso é um pouco difícil  de acreditar 

George - ja se passaram quase 7 meses 

Xavier- exacto o Robin esta numa fase da gravidez já avançada 

Matias- exacto como iremos fugir dos guardas e se fugirmos eles nos encontraram de novo- a Rosa e a Martha chegam felizes de mãos dadas sorrindo e ao ver a situação  o sorriso de ambas desaparece

Rosa- boa tarde

Martha- aconteceu  alguma  coisa  

Mina- os guardas eles vêm  a caminho- o rosto delas não  e de grande  surpresa nem de preocupação 

Leonardo- não  estam assustadas 

Xavier- ou com medo 

Rosa- não  pois ja sabiamos que este dia chegaria  e tomamos precauções

George - precauções 

Martha- sim, pois bem se passaram 7 meses e era obvio que eles ca chegariam por esta altura mas chegaram eu uma  boa altura

Matias - como assim 

Rosa- pois  bem eles tem o teu retrato e do Robin o resto não somos apenas  cumplices sem grande importância  mas mesmo assim o rei conhece o George  eu a Martha e o Leonardo  mas o resto são  desconhecidos- todos concordam 

Martha- então  só temos de proteger e nos escondendo a vista de todos 

Mina- como assim 

Martha- passo a explicar, se os guarda nos virem mas de forma  diferente não  nos encotraram 

Rosa- por exemplo se encontrarem um Leonardo loiro ; uma Rosa de cabelos  curtos uma Martha de franja e cabelos  lisos um George mendigo um rico Matias pálido  ou uma fascineira Robin 

Martha- irão  nos ver mas não  nos verão  percebem - era algo novo e louco mas poderia funcionar afinal não  custa tentar


Notas Finais


Voltamos rápido como tinhamos prometido. E tal como a parte 1 está parte também sera composta por 10 episódios. Por isso já sabem. Se gostaram adicionem aos favoritos e comentem o que acharam pois isso nos motiva a continuar a escrever e nos deixa muito felizes
Beijos da Joy e da Mari e até ao próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...