História O Príncipe E O Plebeu (ShunxHyoga) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Camus de Aquário, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, June de Camaleão, Kanon de Gêmeos, Marim de Águia, Marin de Águia, Miro de Escorpião, Personagens Originais, Saga de Gêmeos, Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda
Tags Camusxmiro, Lemon, Sagaxaioros, Seiyaxshiryu, Shinaxmarin, Shunxhyoga
Visualizações 33
Palavras 799
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Saga, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii meus amores e amoras do meu heart 💙

Bom chega enrolação pq eu sei que vcs estão anciosos para ver mesmo é o cap seus danadinhos 😊

Boa leitura ❤❤

Capítulo 3 - Temos Que Manter Em Segredo


                                               Pov Hyoga 

Eu me acordei abrindo os olhos lentamente piscando algumas vezes pra se acustumar com aclaridade da luz, olhei pro lado e vi um rapaz de cabelos verdes e olhos esmeralda e pele clara. 

— Onde estou?— Perguntei o encarando.

— Calma, você está em minha casa — Falou o rapaz me encarando.

— Quem é você? — Perguntei.

— Eu encontrei você em um matagal 

— Nem adianta — Falei enquanto eu tentava me levantar.

— Não faz isso! — Falou o de cabelos verdes vindo correndo até mim, e me deitando de novo na cama. Por um breve momento veio uns fleshs na minha mente do que aconteceu e em seguida senti um dor onde levei a flechada — Além do ferimento é capaz de você ter quebrado uma costela ou duas.

— Quem é você? — Perguntei fazendo o mesmo olhar pra mim.

— Meu nome é Shun, eu encontrei vocé desarcordado hoje de manhã em uma especie de matagal e o trouxe pra minha casa, teve sorte, no seu estado não resistiria mais dois ou três dias — Falou indo em direção ao outro lado oposto da cama onde estava antes.

— Que lugar é esse? 

— Betterburg, você está em Betterburg — Falou se virando pra mim e me entregando um copo com agua — Beba! Pouco de agua — Falou depois de me entregar o copo e indo se sentar em um banquinho.

Depois de eu ter terminado de beber, ele continua.

— Quanto ao seu ferimento fiz o melhor possivel limpei e coloquei ervas, e bom esse é a hora que você fala: Obrigado — Falou Shun me olhando com um olhar de quem quer um elogio.

— Agradeço — Falei encarando seus olhos.

— Como você se chama mesmo?

— Hyoga — Assim que terminei de falar aparece um outro rapaz mas com uma aparência um pouco mais velha que a de Shun, de cabelos azuis escuros curtos, de olhos azuis de pele morena, com uma expressão carrancuda.

— Ah ele acordou

— Ele se chama Hyoga — Falou Shun.

— Eu sou de Goldenville, eu fui atingido por uma flecha estava na floresta quando nóis fomos atacados... — Antes que eu terminasse Shun me enterrompe.

— Nóis? Você disse "nóis"... Nóis quem? — Perguntou o esverdiado um pouco desconfiado.

— Amigos, eu estava com amigos e estavamos vindo de Goldenville, a essa hora já deveriamos estar de volta 

— E o que você fazia em Goldenville? — Perguntou o moreno.

— Ferreiro, sou ferreiro. Agora eu preciso voltar pra Goldenville 

— Creio que agora sera possivel... — Ele de uma leve pausa e continou — No momento — Completou.

— Mesmo eu tendo consiguido estancar o sangue, o ferimento pode piorar então sera necessario alguns dias de repouso — Falou Shun.

— Eu realmente agradeço mais vai ser muito trabalho 

— Não, não se preocupe, você vai repousar aqui, até lá pode ficar aqui no quarto não tem problema nenhum — Disse Shun.

***

                                     Pov Shun

— Como não?! Claro que é um problema! — Falou meu pai Aioros, eu estava conversando com os meus pais e Ikki para deixarem o Hyoga repousarem aqui em casa e pelo visto meu pai não estava gostando nem um pouco disso — Esse homem é um estranho, veja lá ele ficar na nossa casa

— Bem... Vocês dois sabem que eu mal costumo concordar com Aioros, mas desta vez ele está certo — Disse meu papai Saga se aproximando da gente.

— Obrigado Saga 

— A questão é que ou era isso ou ele ia morrer naquela especie de matagal, de fome, sede ou até ser atacado por um animal 

—Verdade meu pai, era o único jeito — Falou Ikki concordando comigo.

— Eu sei mais e se ele for um ladrão, um foragido, um assassino —  Falou meu pai.

— Ah!  Mas eu não acho que esse é o caso não é Aioros? — Disse meu pai Saga achando aquilo exagerado.

— Mas nesse caso você poderia concordar mas um pouco não é Saga

— Pai! — Falei chamando sua atenção — É só até ele se recuperar, depois ele vai embora. E até lá eu posso dormir no quarto de vocês 

— Fala logo Aioros! Eu sei o que você ta pensando em dizer — Falou Saga sabendo que ele estava escondendo uma razão pra não querer que o Hyoga ficasse.

— O-o problema dele ficar aqui... — Falou ele dando uma pausa olhando pros lados pra ver se não tinha ninguém — É o Afrodite, você sabe que ele é gay e vai ficar dando encima o tempo todo do dele, apesar dele ser o tipo que o Afrodite gosta — Falou meu pai me encarando. Eu realmente tinha me esquecido do Afrodite.

— Eu sei — Falei olhando para meu pais e Ikki — Mais ele não precisa saber, se vocês me ajudarem ele não vai ficar sabendo.





Notas Finais


Será que esse plano vai dar certo? 😕
Iremos descubrir nos proximos caps, e mil perdões por demorar muito pra postar ok

Bem comentem (se quiserem) o que acharam, aceito qualquer opinião 😊

Um 💋 e um queijo e até o proximo cap... FLW...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...