1. Spirit Fanfics >
  2. O problema da cidade pequena >
  3. Ano 1, inverno 1 (parte 1)

História O problema da cidade pequena - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Ano 1, inverno 1 (parte 1)


Ao sairem de casa, nem se deram ao trabalho de trancar. Era mais um dos habitos adquiridos na vida no campo.

 

Passaram pelo cercado das galinhas e da vaca(singular), carinhosamente chamada de Adriane.

 

A neve ainda não tinha se amontoado, então eles não enfrentavam muitos problemas na caminhada.

 

-Se você ficar fuçando o lixo dos outros, o nosso parentesco acabou. Já está avisado. - A garota cerrou os olhos e disse com uma voz firme. - Eu não quero mais passar vergonha.

 

-Eu sei... - Disse, revirando os olhos. - Mas eu não tenho culpa se eles jogam coisas boas no lixo de vez em quando...

 

Antes que seu irmão iniciasse um longo discurso sobre a importância da coleta daquilo que a natureza dá, ela encerrou o assunto. 10 minutos em silêncio até a cidade.

 

A estrada de terra foi substituida pelos ladrilhos ordenados.

 

-Vamos logo no ferreiro.

 

-Nao é por ali? - A menina apontou para a rua que termiva em uma ponte que levava ao Mercado Joja.

 

-Mas por aqui é mais rápido. - Ele justificou.

 

No caminho, passaram por Harvey e Maru trancando a única clínica do Vale.

 

-Olha aí, você não disse que queria casar com um doutor? Vai deixar passar a oportunidade? - O rapaz cochichou em tom de brincadeira.

 

-O Harvey... Não. Credo. - Ela reagiu.

 

-Por quê? Época o bigodinho ridículo?

 

-Para. Ele vai ouvir. - Ela lhe beliscou.

 

Passaram pelos e cumprimentaram educadamente.

 

-Ei, porque você não disse que a gente ia passar na casa do Alex? - a garota se espantou. E ele está ali na frente!

 

Ela não sabia onde enfiar o rosto.

 

Claro que toda aquela reação era porque ela estava afim do Alex. Eles se conheciam? Bem... Não. Mas desde a primeira vez em que ela o viu não calou mais a boca sobre o quanto ela o achava gostoso.

 

-E aí. - O rapaz acenou com o queixo para o atleta e o mesmo retribuiu o gesto.

 

-Cadê o Seu George?

 

-Está lá dentro, reclamando.

 

-Como sempre. - Seu irmão riu. - Lembra da Andromeda?

 

-É a sua irmã?

 

-Sim.

 

-Oi.

 

-Oi.

 

-Bom, a gente vai indo porque ainda temos que passar no Clint.

 

-Tudo certo. A gente se cruza por aí.

 

Apesar de mais uma vez a garota não se caçar sobre aquela interação com o seu atual crush, o rosto da garota logo se tornou azedo quando uma certa loira passou por eles.

 

-Aquela é a Hailey? - Andromeda, mais conhecida como Andra, perguntou.

 

-É...

 

Seu irmão disse, exitante.

 

A garota a xingou. Claro que seria assim, já que todos comentavam sobre o Picolé favorito da Hailey no verão... O humano. E mais específicamente, do Alex.

 

Como passaram por ela a uma certa distancia, não houve a necessidade de cumprimentar, mas mesmo se estivessem colados um no outro, ele não sabia se Andra conseguiria fingir simpatia.


Notas Finais


Comentem se puderem!!!! Obrigada por todos os 98 favoritos!!!!!! Eu não achava que a fic ia fszer tanto sucesso!!! Ae, ela nao fez ashuashuashuashua


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...