História O problema é que te amo! - Capítulo 18


Escrita por: e KleitonRC

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Alain, Ash Ketchum, Black, Bonnie, Brock, Calem, Clemont, Cynthia, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Gary Carvalho, Giovanni, Grace (mãe de Serena), Korrina, Max, May, Misty, Pikachu, Professor Carvalho, Professor Oak, Red, Sabrina (Natsume), Serena, Shauna
Tags Adolescentes, Amor, Amourshipping, Ash Ketchum, Drama, Hentai, Mistério, Pokémon, Pokeshipping, Romance, Satosere, Serena Grace, Sexo, Shoujo, Suspense, Universo Alternativo, Vida
Visualizações 1.040
Palavras 2.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olá...

mal ai pessoal por n ter postado na sexta, me aconteceu uns probleminha que abalaram meu emocional, eu juro que fiquei até com medo de entrar em drepressão... mais graças a deus eu sou uma pessoa forte que n se deixa decair ao ponto de entrar na drepê... mas ja ta tudo resolvido [e como kkk] espero que n tenham ficado putos cmg ^^

bom, eu gostaria de dizer que a fic já tem um horario pros capitulos sairem... sera o seguinte; Segunda, Sexta e Sábado... e ja vou avisando, n vai ser toda semana que a fic tera 3 cap ok?? espero que me entendam, pois tem horas que as ideias n vem nem se vc rezar kkkk

agr sobre a votação no ultimo cap, bem... so tenho uma coisa a dizer.... SEUS CHATOS -.- kkkkkkkk brinks galera... mais pelo amor de deus, todo mundo votou ´´nela´´ affs...


bom, é isso....

boa leitura...

**********

Capítulo 18 reescrito
By: KleitonRC

Capítulo 18 - E o sonho se realizou...


Fanfic / Fanfiction O problema é que te amo! - Capítulo 18 - E o sonho se realizou...

    SERENA POV'S ON

    – Shauna, eu me chamo Shauna, novamente peço desculpas por não me apresentar antes! – Shauna disse sorrindo
    – Bonito o seu nome Shauna, eu gostei, fique tranquila quanto a não se apresentar antes... – digo abrindo o sorriso mais amigável que pude – então, você é de onde Shauna? – pergunto puxando assunto
    – Eu sou da cidade de Santalune em Kalos! – Shauna abriu a boca num suspiro, aparentemente para demonstrar uma certa saudade de sua terra natal
    – Incrível, lá é lindo, pena que eu ainda não tive a oportunidade de conhecer! – digo imaginando como a cidade poderia ser, pois só falaram pra mim como é, mas nunca fui mesmo
    – Se prometer ser a minha amiga, eu te levo lá algum dia... – ela assim que termina da falar levanta a mão na intenção de fazermos um “high five”, de primeira fiquei meio avulsa, mas logo abri um sorriso de descontração e bati na mão dela, em troca eu ganhei um sorriso amigável da morena – bom, vamos dormir, amanhã temos que acordar cedo my friend.
    – Ok mamãe, mas só se a senhora me contar uma historinha antes de dormir! – faço um biquinho de menina mimada e a morena não segura a gargalhada
    – Sim minha anjinha... – ela aperta as minhas bochechas – a história vai ser sobre uma loirinha muito levada que não dormiu na hora que devia e acordou muito cansada e não foi trabalhar, isso resultou numa discussão com a sua chefe! – faço um biquinho e ela torna a rir
    – Credo, não gostei dessa sua história! – eu inflei as minhas bochechas, nós duas nos olhamos e começamos a rir igual a duas bobas, é assim saímos da sacada do quarto

    Terminamos de fazer umas coisas finais, escovar dente, higiene pessoal, logo nós fomos para nossas camas, eu gostei da Shauna, espero mesmo que continuemos a ser amigas até depois desse evento, amigas eternas igual eu e Dawn, espero que ela me perdoe por eu ter sumido.

    SERENA POV'S OFF

    ASH POV’S ON

    Acordo meio desnorteado, coloco as mãos no meu rosto na intenção de motivar os meus olhos a se manterem abertos, me viro para o lado esquerdo da cama e lá estava ela, May, dormindo como uma anja, ela é tão linda, esse é o meu pensamento enquanto a admiro sua beleza matinal, uma pena que não posso ama-la por completo, sendo que meu coração ainda bate forte por uma certa loira, fico meio bravo comigo mesmo por pensar aquilo, droga Ash, a Serena não vai voltar e ponto final, uma pena, somente um terço de mim pensa assim, sendo que a maioria está gritando “VAI ATRÁS DELA, ELA DEVE ESTAR TE ESPERANDO, ELA AINDA TE AMA”, tantos conflitos internos meus, e olha que o dia só começou.

    Me levanto mesmo contra a minha própria vontade e vou ao banheiro fazer as minhas higienes pessoais e tomar um banho.

    Assim que termino meu banho, eu começo a me vestir para ir trabalhar, tomo um rápido café da manhã e escovo os dentes, pego minhas coisa e antes de sair me despeço da morena, ela é tão linda se aconchegando em meus lençóis, vou até ela:

    – Você merece alguém melhor... – dou um beijo demorado na testa dela e depois me separo acariciando as suas mexas – bem melhor do que eu! – dou um breve suspiro e volto minha atenção a porta, a passos rápidos saio de casa e pego a direção rumo ao hospital.

    ________QUEBRA DE TEMPO E ESPAÇO________

    *Sete horas depois*

    Depois de um plantão pouco movimentado, eu estou exausto, mas não de cansaço, e sim de tédio, que droga, acho que prefiro cuidar de vinte pacientes do que ficar sem nada para fazer, aquele silêncio da minha sala já estava me atordoado, liguei o meu Notebook e então procurei por algum joguinho na web, achei um tal de “Agar’io”, um jogo tão chato e tão idiota, mas confesso que ele serviu para me tirar do tédio, pensando bem até que eu gostei do jogo.

    TOC, TOC, escuto baterem na porta da minha sala:

    – Entra! – falei sem ao menos perguntar quem era, o joguinho estava mais interessante
    – Como vai Ash? – é só o Clemont, bem que suspeitei
    – Opa, sente-se por favor! – pedi ainda sem olhar ele
    – Espera, o que você faz nesse computador, parece tão interessante, não me diga que está vendo pornografia! – ele balança a cabeça negativamente demonstrando decepção pelo o que ele acha que eu estou vendo no meu computador, eu ri dele
    – Você está doido Clemont? – não seguro a risada, como ele pode cogitar a ideia de eu estar vendo pornografia num hospital, esse loiro é doido – não Clemont, não estou vendo pornografia nenhuma, muito pelo contrário, apenas estou jogando, – digo ainda sem o olhar diretamente nos olhos
    – Legal, qual o jogo que está capturando você a ponto de não me olhar? – ele me pergunta sem disfarçar o interesse e a curiosidade
    – Não sei, um joguinho de bolinha que come outra bolinha pra ficar maior! – falo na maior empolgação do mundo, nem parece que era eu que estava chamando o jogo de idiota
    – Você tem certeza que não é pornografia? – ele me pergunta de novo e me fazendo rir involuntariamente, nego com a cabeça então ele continua – bem, então seria Agar'io? – ele me pergunta
    – Bingo! – falo com animação, mas percebo que ele não se manifestou
    – Não acredito que você está jogando “Agar’io”! – ele diz o nome do jogo com desdém, eu já ia xingar ela mas resolvi devolver na mesma moeda
    – Bom, pelo menos eu não jogo “Minecraft” não é seu virjão! – começo a rir igual a um idiota, nem liguei para o fato de ter perdido no jogo, só a cara de tacho que o Clemont fez, já ganhou o meu dia
    – Ei não... – ele já ia começar uma discussão quando uma enfermeira entra na minha sala, aparentemente estava com pressa, ela parou para ofegar e então falou
    – Doutor Ketchum... – ela pausa para respirar – precisamos de você na sala oito, agora! – a enfermeira disse rapidamente

    Eu não disse nada, apenas confirmei com a cabeça, peguei o meu jaleco e desliguei o meu Notebook, Clemont me lançou um olhar que descrevi como um “boa sorte”, agradeci a ele com um breve aceno de cabeça e então me dirigi a tal sala oito:

    “É Ash, você queria emoção, bem, está aí!” – penso enquanto me dirijo rapidamente a sala

    ASH POV’S OFF

    SERENA POV'S ON

    Meu dia foi um tédio total, nem a agitada da Shauna me fez ficar alegre, sério, ser modelo é algo muito gratificante, mas é uma chatice.

    Depois de mais de três horas, indo e voltando na passarela, trocando de roupas, retocando a maquiagem, eu estou morta, assim que saímos do evento, Shauna me convidou pra dar um passeio pela cidade, juro que senti vontade de dizer não e sair correndo para o nosso hotel e me jogar naquela cama gostosa, mas aquela carinha de cachorro pidão dela me fez aceitar.

    Nós estamos numa sorveteria aqui de Pallet, eu simplesmente amo essa sorveteria, costumava vir muito com a Dawn, aí, aí, Dawn, o que será que essa azulada anda aprontando em, saudades da minha azulada doida:

    – Cheguei! – Shauna gritou me tirando dos meus pensamentos – aqui pra você! – ela me entregou o sorvete de maracujá que eu havia pedido
    – Obrigada! – agradeço e então nós começamos a nos deliciar com aquela maravilha de sorvete
    – E então Serena, quando pretende conversar com os seus amigos aqui de Pallet? – ela me pergunta enquanto olha com atenção pra mim, juro que queria dar um vácuo nela, mas foi apenas uma pergunta, não faz mal eu responder
    – Não sei Shauna... – fico pensativa – na verdade, nem sei se vou mesmo falar com eles! – falo de uma maneira distante como se eu tivesse falado pra mim mesma, eu estava olhando fixamente para a colher do sorvete, como se fosse alí que estava a resposta para as perguntas que rodeavam a minha cabeça, merda de mente confusa, penso mas logo sacudi a cabeça na intenção de espantar aqueles pensamentos
    – Olha Serena, eu sei que a vida é sua, mas eu acho que já está na hora de você encarar a realidade! – ela fala e eu fico em silêncio, eu sei que o que ela falou é verdade, mas eu já estou cansada de ouvir tal coisa, por isso nem me manifestei

    Enquanto aquele silêncio rondava pela nossa mesa, algo muito inesperado aconteceu, um cachorro que passava por ali, entrou na sorveteria, pegou a minha bolsa que estava sobre a cadeira ao lado e saiu correndo com ela, foi tudo tão rápido, só sei que corro atrás do cachorro e quando percebi, eu já estava parada no meio da rua, nesse meio tempo que parei pra ver onde eu estava, pude notar que o cachorro cruzou a rua:

    – SERENA! – Shauna gritou desesperada

    Logo após isso só ouvi o barulho de uma buzina, vi um clarão e senti a batida do carro contra o meu corpo, o qual me fez cair desmaiada sobre o chão.

    ________QUEBRA DE TEMPO E ESPAÇO________

    Acordei meio sem rumo, onde eu poderia estar, será que morri, bom, ao menos eu vim ao céu, ai caramba, tento me levantar mas fortes dores me impediram, parece que eu não morri.

    Pelas paredes brancas e a iluminação pude notar que estou num hospital, droga, cachorro infeliz, espero que ele não tenha mexido nas minhas maquiagens, porque se ele mexeu, teremos cachorro quente para o lanche.

    Dou uma rápida virada, isso me rendeu um gemido de dor, mas não dei importância, eu só quero ver o meu laudo médico na parede:

    'SERENA GRACE: braço esquerdo quebrado, hematomas de terceiro grau na cabeça e muita perda de sangue'

    Uau, eu estou bem fodida mesmo, aí que droga, nem rir da minha desgraça eu posso mais, que mundo cruel.

    Eu já estava a ponto de dormir novamente já que não tenho o que fazer, mas escuto passos vindo até o meu quarto, eu então fico atenta até ver a porta de abrir, mas quando ela se abre eu tomo um susto:

    – Opa, com licença, vamos ver o que temos aqui, a paciente está muito ferida, vamos dar uma conferida, meu Deus! – o médico que estava até agora conversando comigo e olhando para a sua prancheta, levanta a cabeça e me olha ficando muito surpreso, eu e ele nos encontrávamos estáticos, pois logo a minha frente está o homem que fez o meu coração parar por alguns segundos, o homem que me fez mudar totalmente, o único que amei de verdade, ele
    – A ASH? – digo boquiaberta vendo o moreno surpreso a minha frente
    – Meu Deus, Serena! – ele deixa a prancheta que segurava cair no chão, demonstrando tal ponto que a sua surpresa estava

    Antes que eu pudesse dizer alguma coisa, o moreno que amei, mesmo ainda não admitindo que eu ainda amo, veio até mim e me beijou com voracidade, fiquei paralisada, minha vida toda eu esperei por isso, a minha vida toda, e agora esse cara está aqui me beijando como se eu fosse a sua presa, eu juro, eu juro que tentei ao máximo segurar a tentação de ceder ao sonho, mas não aguentei, me entreguei ao beijo e ficamos ali até a falta de ar nos separar, o que não demorou muito:

    – A Ash... – me separo do beijo e o encaro corada, o que eu poderia dizer, um oi, ou um como vai, ou até mesmo porque eu não dou uma surra na cara dele até descarregar toda a minha raiva, não, eu não conseguiria, como eu posso ficar brava por estar realizando o meu sonho, que merda, a única coisa que eu consegui dizer foi – o q que vo você está fa fazendo? – pergunto gaguejando
    – O que eu estou fazendo aqui é o que eu já devia ter feito a três anos atrás! – assim que ele diz, ele me beija de novo, mais uma vez me entrego ao beijo e a esse desgraçado que eu tanto amo, senti dentro de mim um choque emocional, amor, ódio, compaixão, ira, realização, raiva, paixão, tudo se colidindo, e eu, bem, eu apenas fiquei curtindo o meu sonho que acabara de se realizar

                                     CONTÍNUA


Notas Finais


iae galera kkkk como sempre, seu amado escritor parou na melhor parte...

bom, por hj é só... até ^^

***********

Capítulo 18 reescrito
By: KleitonRC


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...