História O professor - ( Min Yoongi - Jeon Jungkook) HIATUS - Capítulo 36


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Min Yoongi (Suga), Youngjae
Tags Colegial, Comedia, Hentai, Romance
Visualizações 204
Palavras 1.535
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei meus jujubas, voltei em um horário muito cretino também ksks quero agradece aos 373 favoritos! Somos quase 400 jujubas muito abrigado
Espero que gostem
Boa leitura 📚📚
Correção por @aiwo

Capítulo 36 - XXXVI


Com algumas pastas e um café que acabei de pegar na sala dos professores, caminho ate o 3°A. eu estou tão feliz esses últimos meses, faz um bom tempo que não sinto esse sentimento tão bom, e outros que minha pequena me proporciona. Quando me dou conta estou sorrindo igual um adolescente apaixonado

- Ora ora - Youngjae brota do além - Porque esta tão sorridente? 

- E por que você nao some de uma vez em? - tinha que ser esse maldito pra estragar meu dia

- Esta sorridente por causa da S/n? - ele cruza os braços 

- O que? 

- Você acha que eu não sei meu caro yoongi? - da um sorrisinho debochado 

- Não sabe do que?

- Ah yoongi, não se finja de idiota - ele vem ate mim, e fala bem perto - eu sei que você e ela tem uma espécie de relacionando - ele se afasta 

Paro para digerir oque acabei de ouvir, e como ele descobriu.

- C..Como? - vacilo com as palavras 

- Eu achei que você era mais cuidadoso, não deveriam ficar se pegando pelos corredores, sabia?

É claro, então era ele que havia feito aquele barulho 

- N...Não conte a ninguém - vacilo novamente, droga 

- E por que deveria fazer isso? - ele ergue uma sobrancelha 

- E serio, se você contar haverá problemas tanto para min quando para ela 

- Talvez eu queira que você se foda um pouquinho - ele da um sorriso nada amigavel

- Já não basta oque você fez comigo no passado?! Quer fazer de novo? - me altero um pouco

- Okay, okay, eu não contarei - me alivio um pouco - Mais ! - não, sem mais - quero que me faça alguns favores, ah! E quero que termine com ela 

- O que!?, porque?

- porque não gosto de ver sua felicidade, de alguma forma ela me irrita - ele faz uma cara de nojo 

- Você e um filho da puta invejoso isso sim!

- Olha a como fala!, se falar novamente comigo assim, vou direto para aquela salinha ali - ele aponta para a diretória - Acho que você não iria gostar ne?

- Me fala logo que tipo de favores são esses! - eu estava com tanta raiva que poderia pular no pescoço dele a qualquer instante

- Bom, quero que você entregue algumas coisinhas a alguns amigos meus 

- E o que seria?!

- Isso não lhe interessa!, apenas terá que entregar 

- Por quanto tempo? 

- O tempo que eu achar necessário - ele da meia volta e se põe a andar - Ah! não se esqueça, termine com ela ainda hoje

Merda! merda! mil vezes merda, porque que esse maldito insiste em me atormentar ? Justo agora que eu estava tão bem, tão feliz, eu odeio tanto ele. Eu só queria uma arma para poder atirar nesse maldito 

Caminho ate o segundo andar, pego meu celular e mando uma mensagem para ela, eu nao queria fazer isso, muito longe disso, mais eu prefiro fazer isso do Que causar problemas a nos dois

Eu: eu preciso conversar com você, e um assunto serio 

Mando a mensagen e nem um minuto depois ela e visualizada mais não respondida, ela deveria esta se perguntando o que eu queria lhe dizer


...


A cada quarteirão eu me desesperava mais, eu não quero, eu não quero ter que fazer isso não quero a magoar, por que quando  tudo parece estar ao meu favor, sempre a algo pra foder com tudo?

Estaciono em frente a casa dela, estava inquieto, eu realmente não sei o que dizer a ela, olho para frente é a vejo, ela estava tão linda com os cabelos bagunçados e aquele uniformes por mais que seja estranho, nela fica bonito. Ela corre ate o carro assim que vê que sou eu, coloco minha máscara da indiferença, e espero ela chegar mais perto. Olho para a mesma que estava toda alegre ao me ver, mais que logo murcha o sorriso que estampava seu rosto ao ver minha expressão de desinteresse, aquilo me deixava mal.

- Acho melhor a gente entrar, acho que vai chover e eu não quero ficar toda molhada - ela diz simples


- Está certo - saio do carro, e fomos em direção a casa da mesma

Ao entrarmos ela joga sua bolsa no sofa, e logo se junta a ela 

- Então, o que você queria me dizer - observo sua expressão curiosa e ao mesmo tempo insegura com o que eu iria dizer

- Sobre nós - dito com muito esforço

- O que tem a gente? - ela se ajeita no pequeno sofa

- Nos precisamos parar com isso!

- Isso o que?

- Com essa relação que temos ou seja la oque for!, acho que já fomos longe de mais! - falo um pouco mais alto

- Como assim? Você que veio com essa história de que gostava de min e que queria ficar comigo!? E agora vem com essa?

- O que estamos fazendo e errado, se nos pegarem vai dar muito merda!

- Foda-se, eu ja sou maior de idade!! 

- mais ainda frequenta a escola! essa e a questão, enquanto você estiver la você vai sofrer com as consequências! 

- isso é tudo besteira,  e eu só acho que você está fazendo isso porque ja teve oque queria ne - ela se levanta - só queria transar comigo e vazar ne? - ela grita  - você é um idiota yoongi um idiota 

Eu não queria fazer isso! mais esse é o único jeito!, por alguma forca maior de acabar logo com aquilo, a pego pelo pulso é a prendo contra a parede, mais diferente das outras vezes em que a enchia de beijos após esse ato. Dessa vez e para lhe dizer palavras frias 

 - a idiota aqui e voce - dou o sorriso mais frio que consigo - que acreditou que eu realmente gostava de voce, sim só te usei para uma transa, assim como faço com todas, você é muito ingênua sabia? Eu não queria falar isso para você, queria terminar isso passivamente, como faço com todas, mais você esta sendo muito chata então não tive esc...

Mais antes de terminar minha fala ouvi alguém entrar pela porta e em seguida falar enfurecido

- mais que porra e essa!? 

Jungkook?

- mais que porra e essa? - olho para o garoto com um buque de tulipas em mãos, todo encharcado Pela chuva e um olhar rivoso, uma cena um tanto quanto patética - MAIS QUE MERDA ESSE CARA ESTA FAZENDO AQUI S/N? - ele dita com toda a raiva 

- não é oque parece Jungkook - ela tenta se aproximar do mesmo mais e rejeitada - Jungkook... 

- você me prometeu S/n, VOCE ME PROMETEU QUE NAO IA MAIS PENSAR NELE. ENTAO EU CHEGO TODO FUDIDO DEPOIS DE PASSAR 3 MESES CUIDANDO DA MINHA AVO QUE MORA NO INTERIOR É VEJO ISSO?, VOCE NAO SABE O QUANTO EU ESTAVA ME CORROENDO POR DENTRO POR NAO PODER MANDAR UMA MENSAGEM SE QUER PARA VOCE, AI CHEGO AQUI E VEJO ESSA CENINHA, VOCE NAO SABE O QUANTO EU ESTAVA MAL POR TER FICADO ESSE TEMPO LONGE DE VOCE, NAO SABE O QUANTO EU QUERIA TE ABRAÇAR SENTIR SEU CHEIRO. EU PUS MINHA MELHOR ROUPA, COMPREI FLORES PARA VOCE ATE FIZ UMA RESERVA NAQUELE RESTAURANTE QUE VOCE TANTO GOSTA, MESMO EU ESTANDO CANSADO, SO PARA ME REDIMIR POR ESSE TEMPO QUE NAO PUDE ESTAR COM VOCE, PRA CHEGAR AQUI E VER VOCE COM OUTRO CARA?, OLHA O MEU ESTADO S/N... - ele gritava em quanto  lagrimas escorriam  pelo seu rosto - SABE OQUE VOCE E?, VOCE E UMA VADIA, UMA TREMENDA DE UMA VADIA, AGORA EU CONCORDO COM MEUS AMIGOS, PORQUE EU PERCEBI QUE VOCE E REALMENTE E UMA VAGABUNDA - ele vai ate a mesma que estava quase se derramando em lagrimas e joga o buquê em sua cara 

Eu não sabia como reagir aquilo, não sabia se o parava ou a pegava e a levava para algum lugar e contava oque estava realmente acontecendo para eu falar aquelas coisas 

- NAO GRITE COMIGO DEIXA EU TE EXPLICAR - após essas palavras ela põe se a chorar

- EU NAO QUERO OUVIR SUAS EXPLICAÇÕES, FICA COM ESSE BABACA, VOCES SE MERECEM - ele se vira e sai pela porta 

- JUNGKOOK! - ela sai pela porta atras do mesmo 

Me sento na escada, oque eu estou fazendo?, a culpa de tudo isso é minha!, se eu tivesse a tratado como as outras não estaríamos nesse estado 

- OQUE VOCE ESTA FAZENDO AQUI?,  VAI EMBORA AGORA SEU CRETINO! EU TE ODEIO, PORQUE VOCE APARECEU NA MINHA VIDA?, PRA DESTRUI-LA? OLHA OQUE VOCE FEZ, - ouço a mesma, me levanto mais logo sou atacado por  socos, seguro em suas mãos, e respiro fundo, eu vou me arrepender amargamente do que irei falar agora, e de tudo que disse a ela hoje

- você já parou para pensar que a culpada de tudo isso e você?, parou para pensar que quem se deixou iludir foi você?, ou que, quem traiu ele foi voce?, pense, a culpa de tudo e somente sua - a solto e saio dali eu não aguentaria ver nem mais um segundo ela naquele estado, porque eu não poderia a abraçar nem a consolar






Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem o que acharam 💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...