História O Professor - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 14
Palavras 617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


reslou

Capítulo 5 - Mentira


Fanfic / Fanfiction O Professor - Capítulo 5 - Mentira

Anteriormente...

O que esse idiota fez comigo? Será que estou com mau hálito?




Casa de Yoongi - 02:58



Beirava às três da manhã e Yoongi sequer pregou os olhos naquela noite. Havia perdido muito tempo pensando no dia anterior, nos próprios atos, e principalmente em Park.


Ele nem mesmo se entendeu refletindo sobre suas ações, mas, enquanto as fazia, ele não pensava o porquê e nem o que suas escolhas traria como consequências, ele só fazia por, talvez, prazer. Mas não ao prazer sexual, mas o prazer de, certo modo, precisar fazer aquilo, como se necessitasse fazer aquilo. Ele nem quis saber por qual razão fez aquilo, o mesmo já sabia que não encontraria a resposta, nem tão cedo, pelo menos.


Mesmo pensando nisso, sentiu-se intrigado pelo fato de que Park não o recusara, ele aceitou, até mesmo parecia querer mais. Aquele pensamento o fez erguer uma das sombrancelhas. Será que Park o desejava?


Não deixou de rir. Para si, era estranho, sabe? O que um empresário rico, muito bonito, bem conhecido e com milhares de pessoas aos seus pés, gostaria de fazer com um mero funcionário que em sua primeira semana de trabalho atrasou-se desastradamente?


Ponderou um pouco mais antes de responder sobre sua própria pergunta.


Nada, exatamente, nada.

Não sabia com que cara encararia seu chefe daqui algumas horas, o que falaria, como agiriria. Estava tão confuso, decidira faltar no trabalho para evitar momentos inconvenientes e claro, constrangedores para ambos.


Pegou seu celular no criado-mudo ao lado de sua cama procurando o contato de seu parceiro. Enviou-lhe uma mensagem dizendo que não compareceria ao trabalho no dia seguinte. Deixou o celular onde o pegara e deitou-se para tentar dormir.


Ao fechar seus olhos, escutou o som de seu celular ecoar pelo cômodo, nem ao menos viu de quem se tratara e atendeu.


- Alô. - Cumprimentou desanimadamente. - Quem é?


- Nem ao menos viu o contato de quem ligou? - Reconhecera a voz, revirando os olhos bufando. - Era de se esperar vindo de você.


- Fala logo o quê você quer, porra. - Resmugou.


- Eu quero saber por que não vai amanhã trabalhar. - Respondeu simpled, e um tanto curioso.


- É que.. Eu... - Buscou rápido as palavras. Obviamente não falaria sobre a verdade. 


- Você o quê, Yoongi? - Era perceptível a curiosidade de Hoseok.


- Eu.. Eu só... - As palavras lhe faltavam. - Eu só não estou me sentindo muito bem. E aliás, o que faz acordado nesse horário? - Pediu internamente que Hoseok não desviaria o assunto, mas, não foi o que aconteceu.


- O que você tem? Quer que eu te leve ao médico? - Ignorou a pergunta de Yoongi, o fazendo suspirar, e Hoseok não deixou o ato passar despercebido. - O que foi? Me fala logo o que está acontecendo.


- Eu só não estou muito disposto, um pouco de mal-estar, só isso, não se preocupe. - Disse tentando der o mais convincente possível. - Talvez se eu dormir, eu posso ir ao trabalho.


- Hum... - Hoseok se perguntava se acreditaria na história um pouco mal contada de Min. - Tudo bem, até mais. Me ligue se precisar de algo.


- Tá bom, até. - Desligou. - Hoseok, Hoseok... O que eu faço com você? Você vai me matar se souber.


Min não era idiota. Percebera que desde a primeira vez que Hoseok o vira, nutria um certo interesse em si. Era transparente para quem quisesse ver. Ele ficaria totalmente chateado se soubesse da verdade, mesmo que para ele, Yoongi ainda não sabia de seus sentimentos, uma vez que nem ele mesmo sabia. Min pareceu convincente para Hoseok durante a ligação, mas algo o dizia que suas palavras não eram verdadeiras. Tinha algo, algo aconteceu, certamente Min não quis contar, mas isso ele mesmo descobriria.



Notas Finais


esperem só um pouquinho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...