História O proibido me excita - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags August, August D, Imagine August, Imagine August D, Imagine Jin, Imagine Kim, Imagine Kim Seokjin, Imagine Min Yoongi, Imagine Seok, Imagine Suga, Imagine Yoon, Imagine Yoongi, Jin, Min Yoongi, Seokjin, Suga, Yoon, Yoongi
Visualizações 91
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - ÓDIO


Fanfic / Fanfiction O proibido me excita - Capítulo 18 - ÓDIO

Depois de Jin ter me deixado em frente a minha casa, entro me despedindo do mesmo e me jogo no sofá suspirando aliviada por estar com a barriga pouco cheia. Logo começo a sentir um embrulho e vou para o banheiro para resolver meu problema.

[Yoongi]

Estava louco atrás de meu celular, minha casa estava um lixo, estou sem tempo para arrumar agora, precisava de uma resposta de s/n pois a mesma continua brava comigo, mas primeiro preciso achar essa merda.

Continuo revirando algumas coisas jogando nos cantos o que pegava na mão bagunçando mais ainda minha casa. Foda-se. Acho uma cartela de cigarro e esqueço meu celular por alguns minutos abrindo-a e tirando um cigarro da caixa, vou até a cozinha desviando de algumas coisas jogadas pelo caminho e chego no cómodo, me aproximo do balcão e pego um esqueiro, ponho o cigarro na boca, o acendo e começo a fuma-lo enquanto andava pela casa voltando a procurar a porcaria daquele celular

-Que se foda -resmungo para mim mesmo e tiro algumas coisas jogadas de cima do sofá jogando para o canto e me sento no lugar onde havia dado espaço.

Fico fumando meu cigarro despreocupado com meus olhos cerrados por conta da fumaça, fito o nada e fico assim por um bom tempo.

(...)

-HEY!? -ouço alguém batendo freneticamente em minha porta e levo uma de minhas mãos a minha cabeça por sentir pontadas pelas batidas fortes. Essa dor de cabeça anda me matando a alguns dias. -SUGA? HEY MIN SUGA, TÁ AI CARA?

-TÔ INDO O MERDA -grito extremamente nervoso e paro em frente a porta a abrindo com força -O que cê quer man? -Tae entra sem autorização e fecho a porta com força levando minha mão até minha cabeça por ter esquecido por milésimos segundos que estava com dor de cabeça -Se for recado do Monster, fala pra ele que eu já vou pagar ele, só avisa que vou precisar de tre...

-Não é recado, é notícia -fecho a cara e volto a me sentar ficando do mesmo jeito que estava antes

-Lá vem você desgraçando os outros com suas fofocas de merda -falo revoltado e termino meu cigarro jogando no chão de casa e pisando em cima para apagar o fogo

-Aposto que é de seu interesse -diz fazendo uma cara sacana e reviro meus olhos suspirando alto fazendo com que a fumaça que trancada saísse de minhas narinas

-Nem sei o que é, como vou saber? -cruzo os braços e dou de ombros

-Tem haver com sua mina -o olho sério e tombo minha cabeça levemente para o lado

-O que que tem a s/n Taehyung? -pergunto irritado, s/n não tem nada haver com essas coisas, não gosto de ouvir seu nome saindo da boca desses idiotas

-Parece que ela tá com os contra -franzo meu cenho tentando decifra-lo e mudo minha expressão para tédio

-Desembucha cara, não tô afim de enigmas agora -gesticulo com minha mãos

-Alguns minutos atrás eu vi ela em uma viatura -arregalo meus olhos e logo minha expressão muda para confuso

-Como assim? -balanço minha cabeça confuso

-Um polícial deixou ela em casa, de repente ele deve ter interrogado ela não sei... -Tae faz uma breve pausa e coça sua nuca começando a ficar nervoso -O Monster vai... S..se ela abriu a boca o Monster vai...

-Ele não vai fazer porra nenhuma com ela por que ela não contou

-Como pode ter certeza disso?

-Ela é minha namorada... E ela... -paro e encaro o chão assustado

-Ela o que caralho? -o olho e fico o encarando por algum tempo -Suga... Ela sabe que...

-Não -Tae leva uma de suas mãos no rosto e balança a cabeça negativamente

-Você tá tão fudido cara

-Acha que já não sei disso?

-Agora que vai ser pior, se ela descobrir ai sim que ela vai te dedurar, e ai fudeo pra todo mundo... -ficamos uma silencio por algum tempo e o encaro agora sério -Porra, tu só faz merda Yoongi

-Sai daqui Taehyung, já soltou a bomba, não precisa ficar pra me falar o óbvio -Tae se levanta do banco que estava a minha frente e vai em direção a porta e a abre

-Ela tá fudida se abriu a...

-Fica na tua, deu de mencionar minha mina, vaza -aponto para rua e Tae vai embora preocupado.

Me viro e passo minhas mãos pelos cabelos parando em minha nuca com meus dedos entrelaçados, começo a andar pra lá e pra cá e um ódio começa a se fazer presente em mim

"Um polícial deixou ela em casa"

"Um polícial deixou ela em casa"

"Deixou ela em casa"

"Um polícial em casa"

"Um polícial com a s/n na casa dela"

Pensamentos começam a invadir minha cabeça e chuto minha mesinha de centro quebrando a parte de vidro

-MERDA!! -desconto minha raiva com palavras sujas pois acabo cortando um pouco minha perna, vou até a cozinha e abro a geladeira, pego uma vodka e a abro despejando-a em cima do corte, arrancando uma careta de minha face por conta da ardência. Guardo a garrafa novamente e olho para o fundo da geladeira. Achei meu celular.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...