História O psicopata, o sociopata e o yandere - Cellanps. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Aruan Felix, Eduardo "Edukof" Fernando (AM3NlC), Emisu Silva, Felipe Z. "Felps", Flavia Sayuri, Guilherme Heitzmann Nogueira, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Marco Tulio "AuthenticGames", Matheus Neves "Pk Regular Game", Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, TazerCraft, Thiago Elias "Calango"
Personagens Alan Ferreira, Eduardo "Edukof" Fernando, Emisu Silva, Felps, Flavia Sayuri, Guilherme Heitzmann Nogueira, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Marco Tulio "AuthenticGames", Matheus Neves, Mike, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Thiago Elias "Calango"
Tags Adr, Alanthe!broken, Alelps, Breakeman, Cellan, Cellanps, Cellps, Família Craft, Gabs, L3ddy, Maethe, Pkalangoxinim, Psicopata, Yandere
Visualizações 28
Palavras 935
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A belíssima chegou
eu disse que ia postar um cap hj
então estou aqui espero que gostem

Capítulo 4 - The meething cellps


Fanfic / Fanfiction O psicopata, o sociopata e o yandere - Cellanps. - Capítulo 4 - The meething cellps

por Rafael

chego no reformatório junto com minhas coisas que os policiais pegaram em minha casa e logo vejo uma lista com o nomes de pessoas que vão dividir o dormitório, a que legal como vou fazer em relação ao meu colega de quarto eu sou muito tímido

lista

...

103:Flávia Sayuri - Gabriela

104:Ketty Wendtlant - Tom Toledo

105:Felipe Zaghetti - Rafael Lange - ???

106:Mikael Linnyker - ???

...


Felipe... huum bom nome, tá como vou achar os quartos... merda vou ter que perguntar a alguém, chego perto de um garoto de mais ou menos minha idade - moreno de cabelos cacheados muito bonito por sinal - que estava olhando a lista também


"hey er... v-você s-sabe onde são os quartos" pergunto meio receioso pois estou nun reformatório vai saber oque ele fez pra estar aqui - pior que eu ele não fez


"hum eu não sei mais que tal procurar-mos juntos já que também estou meio perdido" diz alegre e depois coça a nuca rindo nervosamente ao final da frase


"ah c-claro" digo "v-vamos ver naquele corredor tem bastante gente entrado lá"


"isso vamos" diz ele empolgado seguindo ate o corredor e eu sigo ele


"eai qual seu nome?" pergunta ele


"R-rafael L-Lange,prazer" digo o olhado


"Rafael... prazer é todo meu, sou Felipe seu colega de quarto" diz ele me surpreendendo já que não é sempre que seu colega de quarto é a pessoa que está perdido junto com você


"q-que b-bom pelo menos não vou precisar procurar ele hehehe" digo rindo fraco, depois disso ficou um silêncio meio desconfortável ate que vimos o número de nosso quarto


"105 é aqui" diz Felipe entrando e eu entro junto a ele


começo a arrumar minhas coisa em uma das camas - que por algum acaso tem três 


"eai por que você veio pra cá?" pergunta ele, será que ele vai ficar com medo de mim se eu contar?... hahahaha alguém ter medo de mim até parece


"eu sou um pisicopata e meio que matei 'algumas' pessoas da minha antiga escola" digo e Felipe faz cara de surpreso e meio aliviado?



'Em geral, psicopatas vivem alheios à sociedade, pois são desorganizados mentalmente e incapazes de manter um relacionamento estável com qualquer um, seja família, amigos ou colegas de trabalho.'


"você não tem cara de que mataria alguém" diz ele meio que me desafiando


"e você, oque fez pra vir pra cá?" pergunto cruzando os braços


"eu diferente de você sou um sociopata mas também matei umas pessoas da minha antiga escola" diz ele me surpreendendo


'Ao contrário dos psicopatas, os sociopatas apresentam-se como normais e estáveis em seus relacionamentos, e não é raro terem relações que são simbióticas ou parasitárias. Um sociopata, deste modo, parecerá aos outros ter uma vida comum, misturando-se à sociedade. De fato, eles podem ser muito charmosos.


"coincidênc..."sou interrompido por umas caixinhas de som - que estavam fora do quarto - fazendo ruídos


"*ruidos* atenção a todos... quero todo mundo lá no pátio por favor *ruídos*" dizia uma mulher pelas caixinhas que provavelmente é a diretora


"vamos" diz Felipe estendendo a mão pra mim segurar, oque me fez corar mas do mesmo jeito seguro nela


Ele começa a me puxar pelos corredores rapidamente até chegar no pátio, chegando la vejo uma mulher morena, alta e com cabelos curtos segurando um microfone na mão, vejo também que aqui tem muitos 'alunos', mais do que esperava


Começamos a chegar mais perto e a mulher começa a falar
"senhores 'alunos' desse reformatório estou aqui pra informar como que será a rotina de vocês aqui, bom eu sou a diretora Giovana Laura e esse moço lá trás" diz ela apontando para um homem ruivo meio baixinho que estava um pouco atrás dela "é o vice-diretor Samuel Romeu ou só Romeu, que vou passar a palavra para ele" diz ela dando o microfone para o ruivo

{E/A:Ele só fala informações desnescesarias para vocês}

"e-então oque vamos fazer" digo a Felipe que permanecia de mãos dadas comigo


"vamos conversar com alguém" disse "olha aquele garoto lá ele ta sozinho vamos falar com com ele" diz me puxando ate um garoto meio moreno de óculos de grau e com os cabelos platinados


"oie tudo bem? qual seu nome?" pergunta Felipe ao garoto já que sou tímido


"o-oi err...sou Mikael Linnyker....."


Autora on


enquanto os acontecimentos acima acontecem (E/A:HEHEHE) no outro lado da cidade. Alan, Luba e t3ddy estavam na casa do menor conversando e assistindo tv ate passarem no canal do noticiário


noticiário on


"e hoje foram mandados para o reformatório PSY os responsáveis pelos Genocídios de ontem" dizia o Repórter Mateus

"os estudantes Rafael Lange e Felipe Zaguetti foram mandados para o reformatório está manhã após o crime" dizia a outra Repórter Emerald "Tem pessoas que acreditam que os crimes estão interligados mas os policias do caso disseram que eles nem se conheciam pra ser isso" continua ela


noticiário off


"nossa saudades dessa minha época" dizia Luba nostálgico


"não vem com saudades não que tu quase me matou uma vez" dizia Alan lembrando do acidente


"ja disse que foi sem querer e quem mandou você dar um susto nun assassino enquanto ele está cometendo o crime" disse Luba dando uma desculpa


"mais que bom que eu não peguei essa época sua" disse T3ddy aliviado


"na verdade você pegou mais me 'curou' dela" Luba disse romântizando a fala e dando um selinho em T3ddy


"owwwwt.. uurrrrg" Alan finge um vômito no final da 'frase'


"aaa eu tenho que contar uma coisa pra vocês em relação a 'isso' " disse Alan preocupado com a reação do casal


"pode falar" disseram em uníssono


"sabe o Aruan que vivia dando em cima da maethe" diz e escuta um 'uhum' em resposta "eu meio que...matei ele :)"




continua...


Notas Finais


Huhuhu
como será que o casal ira reagir
e esses dois já tão começando um romance
QUE ISSO JÁ, NO NO NO NO NO tem muitos empecilhos pela frete
espero que tenham gostado
bye

I l.y.m.a.:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/i-love-you-my-android--cellps-mitw-l3ddy-12488757

one-shot:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/era-uma-vez-um-dia-de-chuva--alelps-13352592

meu twitter:
 https://twitter.com/Emerald_cellps?s=09


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...