História O quão grandes os sonhos são? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Amor Proibido, Drama, Família, Ficção Adolescente, Romance, Romance Adolescente, Romance Proibido
Visualizações 2
Palavras 901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii....então esta é a minha primeira história então desculpem qualquer coisa que esteja errada
Se tiverem alguma dica para ,e dar é só deixar nos comentários!

BOA LEITURA

Capítulo 1 - Piloto


O meu nome é Yasmin, tenho 15 anos e vivo em Seoul na Coreia do Sul. Vivo com os meus pais e a minha irmã. A minha irmã tem 10 anos e chama-se Melissa mas todos os que são próximos dela chamam-na de Mel.

Os meus pais trabalham muito, minha mãe é médica e o meu pai segurança, por isso há dias que nem vêm a casa, mas eu e a minha irmã já nos habituá-mos.

8:30 da manhã:

-Yasmin!-chamou a minha mãe da cozinha.

-O que foi mãe?

-Hoje eu e seu pai vamos fazer turnos seguidos por isso só voltaremos amanhã por volta do meio-dia!-disse acabando de preparar o pequeno almoço.

-Ok…

-E não te esqueças de ir buscar a Mel à escola às 16:00!-como a minha irmã é mais nova ela tem o dia todo de aulas enquanto eu só tenho demanhã.

-Sim mãe eu vou lá buscá-la e compro Ramén para a janta!-Eu sabia que tinha que ir buscar a Mel e como eu adorava Rámen aproveitei.

-Então deixo o dinheiro em cima da mesa da sala.

Fui para o meu quarto e tomei um duche rápido, pois tinha que ir para a escola, vesti umas calças pretas e um moletom branco com uma frase a preto, pois a minha escola não tinha uniforme, mas não era permitido usar qualuer tipo de roupa. Arrumei os meus cabelos e a mochila com tudo que precisava e desci para esperar a Mel, pois teria que a levar na escola.

A caminho da escola:

-Yasmin?-perguntou a pequena.

-O que foi Mel?-respondi com um sorriso.

-Porque hoje é você que me leva na escola e não a mamãe?

-Porque a mamãe e o papai hoje vão fazer turnos seguidos e então só viram para casa amanhã.

-Tah bom…-respondeu a pequena um pouco triste.

Eu não gostava de a ver assim mas não poderia fazer nada a não ser animá-la.

-Não fica triste podemos ver um filme comer pipocas ou rámen!-disse fazendo lhe um pouco de cócegas.

Pareceu que consegui animá-la e então continuámos o nosso caminho, depois de a deixar na escola corri para a minha para não chegar atrasada. A o chegar procurei Sam, Bia e Quey, elas eram o meu “grupo”. A Sam (Samantha) era minha melhor amiga, conhcia à 5 anos quando ela veio para esta escola, a Bia era prima da Quey e um ano mais nova do que nós e Quey(Queyla) era nossa amiga à 3 anos, conhecêmo-nos quando ela se mudou para cá também.

13:00 da tarde:

Depois das aulas acabarem despedi-me das meninas e fui para casa. Quando cheguei como não tinha ninguem tinha que fazer o meu almoço e então decidi ir mudar de roupa primeiro. Fui em direção ao quarto vesti uma calça de moletom cinza e uma t-shirt larga branca e fiz um coque um pouco bagunçado no cabelo.

Para almoçar fiz um arroz com legumes e salsichas e sentei-me no sofá ao pé da janela que tinha na sala e vi uma pessoa que não queria ver e sua sobrinha…THEO.

Sabe aquela pessoa que você não conhece bem mas não vai com a cara, pois isso acontece com Theo, ele vive no meu bairro tem 17 anos já andou comigo na escola, pois repetiu dois anos, mas depois mudou de escola, além disso, a irmã dele é amiga da minha mãe e a sobrinha da minha irmã.

Yasmin off Theo on

-Theo, podes ficar com a Ayla?-perguntou Emily com cara de quem estava com preça.

-Sim, mas aconteceu alguma coisa?-eu não queria tomar conta dela, mas fiquei preocupado e aceitei sem hesitar.

-Passa…estou atrasada para o trabalho e a Ayla estáum pouco maldisposta por isso não foi à escola por isso…TCHAU!!!-disse saindo disparada pela porta.

Olhei para ela que me olhava com felicidadee voltei meu olhar para o celular.

-THEO THEO THEO…-a menina não parava de me chatear e então eu cheguei ao meu ponto.

-O que foi?-exclamei quase num grito.

-Quero ir passear!-disse com um sorriso na cara.

-Tem mesmo que ser?-perguntei sem vontade nenhuma de sair de casa.

-SHIM!-disse com uma cara muito fofa a que eu não conseguia resistir.

E então fomos até ao parque.

Theo off Yasmin on

 

Fiquei a observar os dois até olhar para o celular e dar conta que já eram 15:30.

-Porra tenho que me despachar para ir buscar a Mel.

Corri até ao quarto vesti um casaco moletom preto porque estava um pouco de vento na rua e calcei um ténis e tentei sair o mais despercebida possível de casa para a Ayla não me ver e querer vir brincar com a Mel, não que eu não gostasse da menina, não ela era muito fofa e simpática, mas eu realmente não queria estar no mesmo espaço que Theo.

Na volta para casa comprei Ramen(bastante)e passámos pelo parque onde eu tinha visto Ayla e Theo com esperança de que já não estivessem lá, mas não o universo não gosta mesmo de mim e eles ainda estavam lá. Assim que a meninas se viram, correram logo uma para outra abaçando-se.

-Yasmin pode-mos convidar a Ayla e o Theo para jantar?-as intenções da menina eram poder brincar com a amiga, mas eu não queria partilhar o mesmo espaço que Theo…

-Claro…(que não)-era o que eu queria dizer mas não queria a Mel triste porque ela já estava bem triste por causa de nossos pais.

 

 

 

 


Notas Finais


Como o capítulo já estava muito grande dividi em duas partes então o próximo capítulo irá ser "piloto pt2".
Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...