História O Quão Louca A Vida É? - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Eustass "Captain" Kid, Jewelry Bonney, Monkey D. Luffy, Nami, Nico Robin, Portgas D. Ace, Roronoa Zoro, Sabo, Sanji, Trafalgar D. Water Law
Tags Bonneyxkid, Lawlu, Namixrobin, Romance, Saboxace, Zosan
Visualizações 60
Palavras 2.507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Quero me explicar:

Eu ia postar ontem, mas a luz acabou bem na hora que eu tinha chegado na metade do capitulo e eu não havia salvo o arquivo, e como estava tarde eu tinha ficado estressada e decidi ir dormir.

Bem, é só isso mesmo, bom capitulo!

Capítulo 33 - Festa Do Pijama!


O Quão Louca A Vida É?

 

Capitulo 33

Festa Do Pijama!

 

P.O.V Luffy

 

O portão da escola foi aberto pouco antes de nós chegarmos na frente do mesmo. Dei um suspiro cansado e olhei para minhas mãos.

 

Ace _O que foi, Luffy?_ Perguntou, eu o olhei e dei um singelo sorriso divertido.

 

Luffy _E se fizermos uma festa do pijama hoje? O Shanks deixaria, né? Afinal, só temos o baile amanhã, não temos aula!_ Todos deram uma pequena risada.

 

Sabo _E quem o convenceria?_ Olhei-o como se fosse óbvio.

 

Luffy _Lógico que eu, né! Ai eu peço pra ele deixar o Torao e o Kid virem também! E a Bonney chama a Perona!_ Eles riram novamente.

 

Bonney _Se você o convencer, eu chamo. Deixa que eu levo a mala pro seu quarto._ Disse pegando minha mala e indo na frente.

 

Beleza, como convencer o Shanks?

 

Luffy _Tô indo!_ Falei e comecei a correr em direção ao prédio central.

 

Acho que se eu usar minha fofura ele deixe.. não, acho que ficaria muito forçado. Ah, quer saber? Vou só falar. Eu sou assim mesmo, espontânea, ele com certeza vai deixar.

 

Subi diretamente até a sala dele e, pela minha correria, muitos alunos me olhavam como se eu fosse maluca. Bem, não que eu não seja. E não que eu me incomode também.

 

Ao chegar na porta eu dei duas batidas. Pude ouvir alguém se levantar e caminha lentamente em direção a porta. Até que ela foi aberta.

 

Luffy _Humn.. Barlomeo? O que faz ai?_ Eu perguntei. Ele estava com a boca aberta e seus olhos brilhando. Ele tá bem?

 

Bartolomeo _L..Luffy-senpai!_ Arqueei uma sobrancelha.

 

Luffy _Não, crista de galo, você é mais velho, eu tenho que te chamar de senpai._ Disse o óbvio, até porque é.

 

Bartolomeo _S..sim, Luffy-senpai! E..eu tô suspenso por ba..bater em um garoto._ Legal, por que cê tá gaguejando querido?

 

Cavendish _Bartolomeo, sai da frente, quero ver quem é._ Na mesma hora ele destravou e saiu da frente e eu adentrei, ele encostou a porta.

 

Luffy _Ue, cadê o Shanks?_ O crista de galo se sentou ao lado do Caven.

 

Cavendish _Saiu pra tomar água._ Eu assenti e olhei em volta.

 

Shanks _USSOP! O QUE ESTÁ ESPIANDO AI?_ Nós três pulamos ao ouvir esse grito e saímos rapidamente até o lado de fora, aonde Ussop se encontrava agachado e tremendo.

 

Luffy _USSOP!_ Gritei pulando nele, que retribuiu o abraço.

 

Ussop _Quem é tu?_ Eu ri e me afastei do abraço encarando-o.

 

Luffy _Sabe que o Zoro fez merda, né? Quero que vá lá na festa do pijama para fazer companhia a ele, ele tá muito recluido._ Ele arqueou uma sobrancelha.

 

Ussop _Não tá com raiva dele?_ Botei a mão no queixo.

 

Luffy _Na verdade eu tô, mas não quero ficar. Quero entender o por que do ciume dele se elevar tanto ao ponto de revelar algo constrangedor. Mesmo com raiva eu quero ajudar ele, apesar de tudo ele é meu amigo._ Todos me olharam surpresos.

 

Bartolomeo _Essa é a garota que idolatro!_ Ele disse chorando.

 

Cavendish _Essa é a minha rival por atenção._ Falou batendo palmas.

 

Shanks _Não me arrependo de perder um dos braços.._ Disse sincero.

 

Ussop _Posso entrar no teu bando?_ Eu acabei por rir.

 

Luffy _Claro! No que você é bom?_ Ele sorriu convencido.

 

Ussop _Sou um atirador perfeito! E.. não vai ficar curiosa de como eu sei do bando?_ Eu neguei.

 

Luffy _Zoro provavelmente te falou._ Ele assentiu. Eu me virei pro Shanks. _Ei, Shanks. Posso fazer uma festa do pijama no meu quarto?_ Ele me olhou.

 

Shanks _Quem e quantos vão?_ Perguntinha difícil..

 

Bem, vai eu, Bonney, Nami, Robin, Ussop, Zoro, Sanji, Ace, Sabo, Torao, Kid, Perona, acho que vou levar o Bartolomeo e o Cavendish. Tudo isso dá 14.

 

Luffy _São 5 meninas e 9 meninos. 14 pessoas. Quer que eu especifique quem?_ Ele estava com a boca aberta.

 

Shanks _Primeiramente: isso não cabe no seu quarto! E segundamente: meninos são proibidos nos quartos femininos._ Eu suspirei olhando-o.

 

Luffy _Qual é Shanks! Sabe que eu dou meu jeito, e não vai rolar pegação não!_ Ele olhou em volta e chegou mais perto.

 

Shanks _Apenas hoje viu? É só por amanhã não ter aula._ Ele se afastou e piscou para mim. Eu dei um sorriso e assenti.

 

Luffy _Vamos Ussop, Caven e Barto!_ Peguei a mão dos três -não me perguntem como- e sai puxando até meu quarto onde todos se encontravam.

 

Sabo _Demoro ein._ Falou levantando a cabeça do ombro do Ace.

 

Luffy _Mas que droga é essa? Pensei que eu ia avisar vocês e depois vocês pegariam as coisas pra festa._ Disse simples.

 

Zoro _Ia, mas a Bonney pediu a comida antes, e a gente já sabia que você conseguiria._ Acabei dando um sorriso.

 

Luffy _Que confiança vocês põem em mim!_ Disse rindo.

 

Bartolomeo _E..esse é seu bando Luffy-senpai?_ Perguntou curioso e animado.

 

Luffy _Ah, sim! Esse é o Zoro, nosso espadachim. Essa é a Nami, nossa navegadora. Esse é o Sanji, nosso cozinheiro. Essa é a Robin, nossa arquipeolo.. eu esqueci como se fala. Esse é o Ussop, nosso atirador._ Disse apontando para todos.

 

Cavendish _Mas tem gente que não é do bando aqui, quem são?_ Olhei-o e dei um sorriso.

 

Luffy _Nakamas! A Bonney, o Torao, o Kid e a Perona são nakamas. O Ace e o Sabo são meus irmãos!_ Eles assentiram.

 

Nami _O que o Sr. Convencido faz aqui? Aliás, o que esse bad boy faz aqui?_ Perguntou com a sobrancelha erguida.

 

Luffy _São meus novos nakamas!_ Disse rindo.

 

Nami _Eu mereço viu._ Me acompanhou.

 

Ace _Enfim. A gente volta aqui as 21, okay? Esteja pronta._ Disse se levantando e saindo. Logo todos o acompanharam e tiveram de puxar o Barto.

 

Nossa, eu tô muito ansiosa!

 

[...]

 

Essa camisola tá muito estranha.. ela tá.. sei lá, não gostei dela, mas tô com preguiça de trocar, então vou ficar com ela mesmo.

 

Ace _Entrei._ Pulei de susto ao ouvir o Ace abrindo a porta. Ele tava junto do Sabo e do Kid.

 

Luffy _Não me assusta assim, desgraça!_ Falei virando-me para eles, que acabaram rindo.

 

Sabo _Tinha uma camisolinha melhor não?_ Perguntou com uma sobrancelha erguida.

 

Luffy _Tinha, as indecentes._ Eles assentiram.

 

Kid _Enfim._ Jogou-se na cama. _Quais as brincadeiras que faremos?_ Perguntou olhando para a gente, que nos sentamos ao seu lado.

 

Luffy _Não pensei nisso.._ Respondi sinceramente.

 

Sabo _Eu sei que tem que ter mímica, se não nem tem graça!_ Disse e nós assentimos rindo.

 

Mímica é clássico, não pode faltar!

 

Kid _Podemos jogar 21 Desafios! Sabem como joga, né?_ Eu neguei. _Na hora eu explico. Mas é tipo um verdade ou consequência, é muito show._ Eu assenti.

 

Ace _Contar histórias é uma boa. A gente põe uns temas no saco e embaralha, depois cada um tira um tema e tem que contar umas história curta sobre esse tema._ Nós assentimos.

 

Luffy _Bem.. que tal jogarmos Quem Sou Eu? É legal e descontrai o tempo._ Eles assentiram e eu sorri. _Tudo decidido em cima da hora, mas tudo perfeito!_ Eles riram.

 

[...]

 

Como eu não quero atrasar o baile, eu vou por algumas partes das brincadeiras, beleza? Ou seja, não vou por a festa inteira, apenas umas partes cortadas das brincadeiras e o final da festa. Esse capitulo vai ficar grande pra caralho.

 

Quando a galera chegou a gente decidiu, depois de descontrair o tempo, qual seria a primeira brincadeira e decidimos que seria Quem Sou Eu.

 

Todos estavam com um papel colado com fita na cabeça. Tínhamos começado a algum tempo e por isso estávamos avançados.

 

Eu sabia que eu era um animal, vive na água, era um peixe, era difícil de ser encontrado e vive nas profundezas do inferno. Mentira, ele vive lá no fundo onde ninguém vai, mais tá tão difícil que eu decidi por profundezas do inferno.

 

A roda, da esquerda para a direita, estava assim: Eu, Zoro, Sabo, Sanji, Torao, Kid, Nami, Bonney, Robin, Bartolomeo, Ussop, Cavendish, Ace e Perona.

 

Luffy _Eu... humn.. ele corre risco de extinção?_ Eles fizeram uma careta ao ler meu nome, menos Sabo que apenas sorriu.

 

Sabo _Sim!_ Ele disse feliz.

 

Tá, esqueci de dizer que o único que tá me respondendo é o Sabo, então eu tô fudida pra descobrir que porra de peixe é esse.

 

[...]

 

Alguns de nós já havíamos adivinhado: O Zoro, que era uma katana; a Bonney, que era um bicho-preguiça; a Nami, que era um panda-vermelho; e o Torao, que era um peixe-balão. Ele disse que só adivinhou porque estudou sobre eles e descobriu que eram perigosos.

 

Agora eu... meu amigo eu tô tão fodida que o fodido se acha normal na minha frente. Eu não sei que bicho eu sou! E eu tô com medo.

 

Eu descobri que ele é um peixe que não vive no Japão, que ele é um tipo de peixe-bolha e que só o Sabo sabe o que ele é.

 

Quando os outros adivinharam quem eles eram eles procuraram o peixe que eu sou, e fizeram uma cara de pena para mim.

 

Sanji _Sou uma comida japonesa?_ Nós assentimos.

 

O Sanji era um Huramaki. Eu não sei o que é pois nunca comipôs as pelo nome é japones, disso eu tenho certeza.

 

[...]

 

Todos.. todos já haviam acertado e eu tô aqui.

 

Luffy _Caralho eu desisto! Que porra eu sou?_ Falei tirando o papel da minha cabeça e arqueando uma sobrancelha ao ler aquele nome.

 

QUE PORRA É BLOBFISH?

 

Sabo _É um peixe muito feio e está em extinção. Ele não é perigoso para os humanos apesar da sua aparência medonha._ Disse me mostrando a foto.

 

Eu odeio minha vida. E esse peixe, odeio ele também.

 

Luffy _Só podia ser coisa sua né! Aonde diabos eu ia saber que porra de peixe escroto e babaca é esse?_ Disse fazendo todos rirem.

 

[...]

 

Depois de conversamos um pouco para me acalmar a gente decidiu fazer a mímica. Depois de umas rodadas a gente ia comer.

 

Fizemos ela em dupla: eu e Torao, Perona e Ussop, Sanji e Ace, Sabo e Zoro, Cavendish e Bartolomeo, Bonney e Kid, Robin e Nami.

 

Quem começou foi a Perona.

 

Bem vocês devem saber como funciona, né? O Ussop tem que acertar o que ela tá imitando, a gente sabe o que é e apenas contamos o tempo, que é um minuto.

 

Fizemos apenas de animais vertebrados para diminuir a lista. A Perona havia tirado Seriema. Ela não sabia o que era então pesquisou.

 

Eu sabia o que era. O Sabo nos ensinava muito sobre animais quando crianças, e eu quero ver ela imitar esse pássaro. O canto dele parece a Mc Melody.

 

Ela fez uma posição comum de pássaro e começou a fazer os movimentos que ele usa para o canto, e isso foi muito engraçado. Ela tinha que olhar para cima e meio que is descendo a cabeça. Não sei explicar, mas tava muito engraçado.

 

Ussop _Pássaro! Ahmn.. avestrus!_ Arqueamos uma sobrancelha. Ele começou a falar vários nomes nada a ver, e o desespero da Perona ia aumentando cada vez mais.

 

Luffy _Dez segundos, Ussop!_ Disse fazendo ele se desesperar.

 

Ussop _Ai caralho! Ouvido, boca, litospedia, seriema!_ Ele começou a falar vários nomes nada a ver e um que tenho certeza que não existe, mas acertou sem querer. Perona sorriu e abraçou ele.

 

Perona _Seriema, Ussop.. seriema._ Ela disse de um jeito engraçado fazendo com que ríssemos.

 

Logo após isso eu peguei meu papel, eu, graças a Deus, tirei um gato.

 

Sentei-me no chão com uma das mãos e fiz a coisa mais óbvia do mundo: lambi minha mão. Qualquer um acertaria isso, é até sem graça.

 

Law _Caralho que fácil. É um gato._ Disse óbvio fazendo eu rir e assentir. Andei até o lado dele e me sentei novamente esperando o próximo começar.

 

[...]

 

Enquanto comíamos o Kid explicou o que era 21 Desafios, e eu achei super interessante. Vai ser muito maneiro e revelador!

 

Luffy _1,2,3._ Contei.

 

Íamos contar até 21 aleatoriamente, quem parar no 21 vai responder a pergunta, decidimos que a pessoa antes dessa faria a pergunta.

 

A roda não havia mudado.

 

Zoro _4,5._ Continuou.

 

Sabo _6._ Olhou para Sanji.

 

Sanji _7,8,9,10,11._ Caralho quanto número.

 

Law _12,13,14,15,16,17,18,19._ Mais números.

 

Kid _20._ Sabia, ele não era louco.

 

Nami _21._ Olhou pro Kid. _Quero verdade!_ Ele assentiu.

 

Nós podíamos escolher entre: verdade, que podíamos escolher apenas 3 vezes; desafio, que podíamos escolher pra sempre; e situação, que podíamos escolher 10 vezes.

 

Kid _Já se masturbou?_ Beleza, as vezes esquecemos que é o Kid.

 

Nami _Já!_ Admitiu sem vergonha. Até estou surpresa.

 

Bonney _1,2,3,4,5._ Começou.

 

Robin _6,7,8,9,10,11._ Continuou.

 

Bartolomeo _12,13,14._ Olhou para o Ussop.

 

Ussop _15._ Disse com um sorriso.

 

Cavendish _16,17._ Continuou.

 

Ace _18,19._ Vish, vai sobrar pra mim.

 

Perona _20._ Sabia!

 

Luffy _21._ Olhei para ela. _Situação._ Ela sorriu.

 

Perona _Se tivesse que ficar com um dos garotos, qual seria? Zoro, Kid, Law ou Ussop?_ Perguntou maliciosa. Eu corei.

 

Luffy _C..com o Torao. _Senti ele olhar para mim surpreso.

 

Zoro _1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11._ Levantei meu olhar para ele, que olhou para o lado rapidamente. Parecia estar perdido em pensamentos.

 

Sabo _12,13,14,15,16,17,18,19._ Acalmem os números!

 

Sanji _20._ Olhou para o Torao.

 

Law _21._ Falou olhando para ele. _Desafio._ Fechou os olhos.

 

Sanji, por favor, desafie ele a me beijar!

 

Não.. ainda não.. preciso fazer ele gostar de mim, ai eu posso pedir isso, porque ele não conseguiria recusar.

 

Sanji _Todos nós fecharemos o olho, e você deve escolher uma pessoa para dar mordidas e chupões por um minuto. Ninguém vai abrir o olho e só a pessoa saberá que a escolhida foi ela._ Disse simples.

 

Juro por Deus que eu vi o Torao ficar pálido, mas ele assentiu.

 

O Sanji pôs o tempo no celular e ao mesmo tempo nós fechamos o olho. Pude ouvir passos vindo lentamente a minha direção, algo que fez eu suar frio.

 

Os passos pararam e eu senti mãos se encostarem em meus ombros, logo fui puxada levemente para a frente, aonde uma boca se encostou ao meu pescoço dando leves mordidas e selinhos, as vezes lambidas. Eu sabia que era ele, e isso fez com que eu me arrepiasse por completo.

 

Logo ele levantou a manga da minha camisola e inseriu um chupão ali, provavelmente para escondê-lo.

 

Passou a mão limpando todo o resíduo que havia ficado nos locais onde sua boca passou e voltou ao seu lugar, na mesma hora o celular tocou.

 

Eu abri o olho e olhei diretamente na direção dele, que também me encarava. Acabei ficando vermelha e olhei para baixo.

 

O que diabos havia sido aquilo?

 

[...]

 

Eu havia decidido não participar das histórias, então eu apenas me deitei na cama e disse para que eles dessem o jeito deles quando forem dormir.

 

Ainda não acredito que ele havia me dando um chupão!

 

Levei minha mão até o ombro e dei um leve sorriso. Ele.. me escolheu.

 

Será que era pelo o que disse? Que eu ficaria com ele? Ai, que confuso, pensar dói.

 

Melhor pensar nisso depois, agora eu irei é dormir.

 

Continua


Notas Finais


O capitulo mais longo dessa fanfic kkkk

Enfim, a pergunta:

Já fizeram festa do pijama?

Me: Não ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...