História O que é...."amor"? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Personagens Originais, Shouyou Hinata, Tobio Kageyama
Tags Haikyuu, Hinata Shouyou, Kagehina, Kageyama Tobio
Visualizações 194
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Todos os devidos créditos para os criadores das imagens que eu coloco de capa. Porém, não sei quem as criou. Se você sabe por favor me fale. Agradecida 💝.

Capítulo 1 - Capítulo 1- Novos Sentimentos


Fanfic / Fanfiction O que é...."amor"? - Capítulo 1 - Capítulo 1- Novos Sentimentos

Kageyama

"Sentir o coração acelerado quando certa pessoa chega perto de você é normal?"

Digitava rápido, eu queria saber logo o que estava acontecendo. O que estava acontecendo comigo.

"Coração acelerado, suor, frio na barriga: apaixonado".

Apaixonado? Eu apaixonado?! Não não isso é brincadeira. Ele é pequeno, idiota, ruivo, não! 

Fechei o notebook com força. Aquilo me assustou profundamente. Eu apaixonado por Hinata?! Não eu não acredito nisso.

Levantei da cadeira que eu estava sentado, peguei minha toalha e entrei no banheiro. Me despi desesperado e entrei no chuveiro. A água estava quente e queimava minha pele então coloquei no gelado.

Era como se aquela água gelada, me tirasse dos pensamentos. De toda aquela confusão. Mas logo eu comecei a pensar de novo. Porém com calma.

"Ele é um garoto não é? É impossível eu me apaixonar por outro garoto!" Eu pensava.

Imagens de Hinata apareciam na minha mente como se fosse um vídeo. Momentos dele sorrindo e rindo. Outros dele chorando ou me abraçando.

Doía ver o ruivo tomado por lágrimas.

Suspirei fundo. Eu não sei a data ao certo de desde quando eu comecei a sentir coisas estranhas quando Shouyou fica perto de mim. Eu fico soado, meu coração despara, eu começo a guaguejar, sinto frio na barriga...isso é muito estranho e novo pra mim.

Eu nunca senti isso na minha vida para ser sincero. Mas pensando bem...Hinata me mostrou várias coisas novas....aquele ruivo me mostrou uma parte do mundo que eu não fazia idéia que existia.

Sai do banho, me sequei, coloquei minhas roupas e sai do banheiro. Deitei na minha cama e fiquei encarando o teto. 

"O que eu posso fazer?!" Eu me perguntava mentalmente. No teto, eu procurava a resposta que eu sabia que não encontraria  ali.

"Pensa Tobio! Você realmente esta apaixonado pelo ruivo?! Você realmente o ama?" Eu me perguntava tentando me aprofundar mais nesse assunto "novo" e logo percebi o que eu deveria fazer:

"Eu vou esperar, vou observar todas as coisas que eu sinto quando estou perto dele. Vou tentar descobrir tudo sobre "amor" antes de falar coisa." Realmente essa era a resposta. Eu deveria ver se eu estava mesmo apaixonado por Hinata. Se não tudo isso poderia causar danos em ambos lados.

-Por que isso esta acontecendo comigo?- eu me perguntei em um sussurro fechando os olhos e me entregando ao sono.




--------"""--------


Eu andava calmamente pela rua. Eu sai cedo de casa para poder ir tranquilamente para a escola. Sem estresse para por meus pensamentos em ordem.

Não demorou muito para o grande portão do colégio Karasuno invadir minhas vistas. Dei um longo suspiro e entrei no colégio. Andei pelos corredores e adentrei na minha sala de aula. E logo aquele cabelo ruivo tomou toda a minha atenção.

Hinata ja estava ali. Ele estava sentado em cima de uma das mesas que ficava do lado da Janela. E seus olhos castanhos procuravam algo no céu azul. O Sol batia em suas madeixas ruivas dando mais brilho naquele ruivo. E logo ele olhou para mim

-Oe! Tobio! Eu não sabia que viria cedo hoje!- Shouyou desceu da mesa e caminhou até mim.

-É!- respondi seco. Hinata já estava acostumado com meu modo frio de ser. Tanto que ele é o único da sala que conversa comigo. Todos o acham um masoquista. Porém eu acho fofo da parte dele, ser meu "amigo" mesmo as pessoas o julgando desta forma. Bom sendo julgado pelos garotos por que pelas garotas ele é um "sortudo" por ter minha atenção.

As aulas passaram arrastando. Segundos se tornam minutos e minutos se tornaram horas! Que saco! Por que quando eu quero o tempo não passa voando que nem quando estou fazendo uma prova que não sei nenhuma resposta?

Logo o sinal bateu indicando a hora do recreio. Esperei as pessoas sairem para depois eu sair. Fui em direção a cantina e logo me deparei com o ruivo na fila. Ele estava feliz. Seu sorriso brilhava e prendia toda a minha atenção nele. O sorriso do ruivo é tão caloroso e alegre que é capaz de alegrar até os seus piores dias. Até que eu vi que Shouyou estava acompanhado por um garoto. Não sei bem o certo o " por que" eu não estar gostando da presença daquele "garoto" que estava com Shouyou. Era como uma faca perfurando meu coração.

Comprei meu lanche, e fui até o terraço. E ali estava ele novamente. Shouyou Hinata sentado na grama do terraço olhando o horizonte. Eu que sigo o ruivo ou o destino que se virou contra a mim? Andei até Hinata e só parei de andar quando fiquei ao lado do mesmo.

-Posso me sentar?!- o ruivo logo levantou a cabeça procurando de onde veio a voz. Até que seus olhos castanhos encontraram os meus azuis, e um sorriso tomou os lábios do ruivinho.

-Claro!- me sentei do lado do menor e o mesmo logo voltou sua atenção ao horizonte. A luz do Sol batia em seu rosto dando uma certa claridade. Seus olhos brilhavam emitindo felicidade. Seu sorriso era grande, lindo e caloroso. Logo minha mão automaticamente foi até as madeixas ruivas e começou a fazer carinho no ruivinho.

Hinata me olhou assustado com a minha ação. Mas não pude evitar. Foi automático como esta sendo agora. Minha mão passa pelos fios alaranjados com calma, carinho e gentiliza tentando confortar o menor. Shouyou ficou corado e "surpresa" é a palavra que define a expressão de seu rosto.

Minha mão desceu até a bochecha do menor. Sua pele é macia e branca. Porém esta quentinha e vermelhinha por ele estar corado. Shouyou esta realmente lindo. Muito lindo. O brilho do horizonte batia em seu rosto deixando o ruivo mais brilhante e caloroso do que ja era. E então em um movimento rápido e forte Hinata bateu e minha mão com a sua e recuou o corpo pra trás, totalmente vermelho e surpreso com a minha tal ação.

-O-O QUE DIABOS ESTA FAZENDO TOBIO?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...