1. Spirit Fanfics >
  2. O que era para ser somente sexo viro amor >
  3. Fetiches em comum

História O que era para ser somente sexo viro amor - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gentee tudo bem? Espero que sim, eu tinha escrito essa história ano passado e achei ela perdida nos meus arquivos então pensei em postar ela aqui, eu to pensando em fazer ela em 3 ou 4 caps no máximo, então vou postar o primeiro cap e vcs me falem o que acharam ok? Pfv me digam se devo continuar ou não.

Obs: A capa eu achei no pinterest então desde já informo que não e minha, se caso vc souber de quem é avise que darei os merecidos créditos.♥ Na verdade ia ficar muito grata se alguém se disponibilizar a fazer uma capa para mim kkkk eu não sei fazer Scr kkkk Enfim vou para de falar espero que gostem da fic. ^^

Boa Leitura♥

Capítulo 1 - Fetiches em comum


Fanfic / Fanfiction O que era para ser somente sexo viro amor - Capítulo 1 - Fetiches em comum

Eu não acredito no amor desde que meu ex namorado me traiu e roubou uma boa parte da minha herança deixada pela minha mãe, aquele cretino dizia sempre que me amava e tudo mais e no final a corna fudida da história fui eu parabéns s/n por acreditar no amor AAAAAAAA eu sou uma tonta, mais ele pagou caro por isso depois dessa traição eu mudei radicalmente me tornei uma bandida uma assassina uma serial killer (e o matei claro) como diz nos filmes, mato as pessoas por puro prazer e diversão ver o sofrimento allheio delas e implorando para que eu não as matem, não tem coisa melhor, enfim vou me apresentar pra vocês galerinha do mal, meu nome e s/n tenho 19 anos e sou multi milionária graças a vida de bandidagem que eu levo, posso dizer assassina de aluguel? Entre outras coisas, meus assaltos e crimes são tão perfeitos que eu nunca sou pega ou reconhecida, a justiça só sabe que eu sou uma garota sendo assim ganhando o nome de “A bandida sanguinária da noite” pelo simples fato de eu atuar a noite, porém durante o dia eu exerço a minha profissão de fotografa profissional em um estúdio muito famoso, só para não chama a atenção mesmo, enfim hoje o meu dia ta uma droga um tédio total decido ir ao shopping torrar meu dinheiro em roupas e saltos e minha mania favorita, lá estava eu na fila da GUCCI minha loja de roupas favorita e vejo um garoto lindo pra um Caralhooo e claro na hora eu surtei só pensava no sexo selvagem que poderia ta fazendo com ele na minha cama em vez de tá gastando meu dinheiro, decido partir pra cima dele.

- Oi tudo bem? – disse fofa.

- Oi tudo sim e você moça? – disse envergonhado.

AAAAAAAAAAA MANO ele e muito fofo ih ferro me apaixonei agora eu me fudi legal.

- Ah que bom que você tá bem fico feliz. – digo fazendo aegyo.

-  Desculpa mais qual o seu nome moça?

- S/n muito prazer. – disse estendendo minha mão para ele.

- O prazer e todo meu S/n me chamo Kim Taehyung mais pode me chama de Tae, eu não gosto de formalidades. – disse passando as mão em seus lindos cabelos pretos fudendo meu psicológico.

- Também não curto formalidades Tae. – disse sorrindo.

- Você e muito linda e fofa desculpa tive que fala isso. – disse olhando para baixo.

- AAAAAAAA você que é por isso vim fala com você. – disse realmente tímida. MEU DEUS S/N O QUE TÁ ACONTECENDO COM VOCÊ GAROTA? MANO VOCÊ JURO NÃO SE APAIXONAR E TÁ AI AGORA FEITO MANTEIGA DERRETIDA NESSE MENINO LINDO PRA UM CARALHOOOOOOO. – pensei mentalmente.

Okay meu momento de surto passou eu tenho que para de ser assim eu literalmente quero transar com ele, contei até mil e fui direta na lata mesmo odeio enrola.

- E então se não tá afim de transar comigo não? – disse mordendo o lábio inferior.

- O que? Sério isso? – disse rindo envergonhado.

- Mais sério impossível. – disse envolvendo meus braços em volta do seu pescoço.

- Você mora aqui perto. – disse arqueando a sombrancelha.

- Sim moro aqui perto. – disse sorrindo.

- Ótimo então podemos ir para a sua casa? O que acha?

- Claro que sim gostoso, vamos para a minha residência. – disse apertando sua bunda.

 Tae sorriu quadrado com o meu ato, saímos do shopping de mãos dadas, durante o caminho ele me fez um interrogatório do tipo, minha idade, se eu era formada, se eu trabalhava e tals, eu queria socar ele mais decidi responder porque assim eu poderia perguntar sobre ele também.

- Eu tenho 19 anos, nasci em Busan mais me mudei para Seul quando eu fiz 14 anos, me formei em fotografia e trabalho em um estúdio profissional que só tira fotos de modelos, atrizes, cantores essas coisas. – disse me gabando.

- Ual você deve ser incrível mesmo adoraria fazer um ensaio com você. – disse animado.

- Quem sabe né gatinho. – disse dando uma piscadela para o mesmo.

- Mas então Tae o que você faz da vida? E quantos anos você tem? – perguntei curiosa.

- Ah eu tenho 24 anos, sempre morei em Seul mesmo, sou formado em medicina, e trabalho no Hospital  Wooridul  Spine. – disse sorrindo vitorioso.

Abri a boca em um tremendo ‘O’ aquele era um dos hospitais mais caros de Seul e se ele trabalhava lá significa que ele deve ser muitooo rico.

- Nossa aquele Hospital e realmente incrível. – disse ainda desacreditada.

- Já esteve lá?

- Oh não mais li muitos artigos sobre ele.

Conversa vai e conversa vem e logo paramos em frente ao meu edifício, seguimos direto para o meu apartamento e ao entrar Tae ficou encantado com o tamanho do lugar e o bom gosto que eu tinha.

- Você deve viver muito bem de vida hein. – disse olhando ao redor.

- Sim eu vivo muito bem! Mais não viemos até aqui para falar de como eu vivo não e mesmo? – disse desabotoando sua camisa social branca e exibindo seu ABS que me fez molhar a calcinha.

- Você ta certa vamos ao que interessa então. – disse atacando meus lábios em um beijo totalmente quente e selvagem, a boca de Tae era uma delícia eu já me via completamente viciada, ele tinha pegada e sabia muito bem como agradar uma mulher somente com beijo, bem do jeitinho que eu gosto.

Tirei toda a sua roupa com sua ajuda e logo ele já estava nu na minha frente, salivei enquanto olhei para o seu membro totalmente duro e grosso, em um movimento rápido ele tira meu vestido junto com meu sutiã e me pega no colo.

- Onde e o seu quarto? – disse com uma voz rouca que me excitou na hora.

- E a primeira porta a direita. – disse totalmente desorientada.

Ele me levou no colo até o quarto e me deitou na cama com todo cuidado, veio por cima de mim e rasgou minha fina calcinha de renda preta, o olhei incrédula com aquele ato e sorri com malícia.

- Eu tenho fetiche em um bom sexo selvagem Kim Taehyung. – disse o beijando em seguida.

- Então temos fetiches iguais s/n. – disse beijando meu pescoço.

Continua?


Notas Finais


Se puderem divulgar favoritar e comentar eu agradeceria muito amo vcs♥

Bye Bye♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...