História O que eu fiz!? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Diane, King
Tags Diane, Hot, King, Nanatsu, Nanatsu No Taizai
Visualizações 175
Palavras 930
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Harem, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Maria:OLHA SÓ QUE IMAGEM QUENTE!!!!,TO SENTINDO ALGO AQUI EM BAIXO.....PERA É MINHA......."ASSISTEM ESSE CAP E ESQUEÇAM O QUE FALEI!!!!"😱😱😱😱.

Capítulo 1 - Bebida é uma perdição


Fanfic / Fanfiction O que eu fiz!? - Capítulo 1 - Bebida é uma perdição

POV autora.

Numa noite no bar chapéu de javali nossos heróis pecadores estavam comemorando a derrota dos dez mandamentos e ainda estavam bêbados para completar,ban com sua fada Meliodas com Elizabeth já que sua maldição foi quebrada,e King e Diane estavam digamos assistindo Diane estava fazendo seu trabalho bem,enquanto King tava bêbado para variar ja que ban desafiou ele a beber mais e ele sem escolha aceitou aquele desafio.

Diane tentou fazer ele parar mas ele queria mais bebida até Diane levar ele para fora do balcão e o levar até os quartos lã em cima e o prender ja que ele não queria ir e ela estava forçando ele ir,quando chegaram nos seus quartos King pegou no pulso dela e segurou sua Cintura a forçando a ir na parede.

Diane:k-King!?,o-o que voc...!-ele beijava aquele lindo pescoço vendo ela sê arrepiar com seu toque macio e delicado,Diane não imaginava essa situação que eles estavam.

Diane:King!!!!*gemeu* p-para a-agente n-não pode não!!!!-gemeu outra vez sentindo aqueles toques descerem,ela estava já vendo o pior,mas King parecia estar bastante fora de si para fazer ela parar agora,seus gemidos eram uma coisa boa de ouvir,sua mente estava fazendo ele querer Diane só para ele,mesmo sobrio ou não!.

Diane:a-a-ai não!-ele tocou na calcinha dela através da saia King achava aquele uniforme bem ridículo quando estava sóbrio pelo fato de expor muito o corpo tanto de Elizabeth como o dela,mas nesse momento ele nem sé importava com esse detalhe sujo,afinal aquilo estava o deixando com tesão só ao tocar no seu corpo,ele mexeu no clitóris dela e vendo prender sua boca a mordendo mas foi em vão,Diane queria que ele parasse mas isso não foi possível mais,ela mesmo não gostando adorou o jeito que ele estava agindo com ela,mesmo estando de maneira suja a abusando sem do.

Diane:King p-para por favor e-eu não....!-ele rasgou o sutiã dela e deixando assustada,ele estava fora de controle e não ia parar por ai.

Ele começou a sugar aqueles mamilos e vendo a reação dela a cada chupão e beijo que ele dava naquele local torturante,Diane estava fechando seus olhos com aquela belíssimas sensações que seu amado e seu marido King estava fazendo,parecia um sonho não possivel até agora,ele queria e agora ela tabem.

Ela o empurrou para trás o fazendo deitar na sua cama,e a mesma reuniu forças e foi até ele logo rasgando sua blusa o deixando sem camisa ela sorriu e ele agora estava tão louco que fez uma cara inocente fazendo a mesma achar aquilo como uma "provocação" do mesmo.

Ela descontou o cinto dele devagar o vendo com um olhar "apressado" ela estava fazendo aquilo olhando para ele com um jeito provocador afinal ela estava excitada com a maneira que ele estava agitado agora pouco,e ele estava tão duro que até no short ela viu seu pau,e quando viu após tirar a cueca ela abriu sua boca mas fechou olhando surpresa para ele ela deu uma lambida vendo ele sê mexer um pouco e ela entendeu que ele adorou aquilo ela começou a tocar no seu membro bem trabalhado,e com força o vendo tentar não gemer era um presente,em certo ponto ela engoliu o olhando ainda vendo ele bater sua cabeça contra o travisseiro ela começou um vai em vem sentindo o gosto dele e vendo os gemidos roucos que ele dava ao passar do tempo,ela parou ao sentir que ele não aguentava mais e parou e subiu até sua boca e deu um selinho e voltou a cheirar ele no peito e no pescoço ela achava mutio bom sentir aquele cheiro de fada,e enquanto isso ela mexia no pênis dele vendo ele tentar sair dessa.

King pegou seu pulso deixando ela parar de acariciar seu pênis e virou ela para cima a deixando em seu colo e mordiscando seus peitos e vendo tentar não gemer,mas foi em vão,Diane estava sentindo que estava nas nuvens aquela noite era especial ela tirou sua calcinha sem ele ver e colocou sem membro na sua buceta vendo ele rosnar contra ela.

King:DIANE!!!!,ARG!!!!???-ele sentiu estar dentro dela mais uma vez,e era gostoso ela não era diferente,estava com uma mão na boca para evitar não enlouquecer com essa sensação maravilhosa afinal tava uma delícia ter ele dentro dela,sentindo ele bater no seu útero era prazeroso demais.

King alterou seu tom de voz e fez ela o beijar na boca de maneira tão sexy que ela começou a cavalgar devagar nele que observava entre o beijo aquele rosto tão inocente em sua frente,ele tava vendo em seus olhos o prazer que estavam sentindo.

King:você nunca vai fazer isso a não ser comigo.......-aquele subsídio entre os beijos a deixava molhada ainda estando sentando naquele pau duro,King deixou ela ir além da sua sanidade,Diane ficou louca por ele e agora nenhuma coisa ia parar eles dessa vez.

A cavalgada foi bem grossa e rapida e ele ficava prescionando para baixo sentindo mais fundo seu pau dentro dela,Diane sentia extremo prazer naquilo tudo,então gemeu ao ver King achar seu ponto fraco,ela gemeu ao sentir seu útero ser batido por ele várias vezes e ela estava chegando perto de gozar e gritou após quase chegar no seu alpice.

Diane:E-EU VOU G-GOZAR KING!!!!-gritou e sentiu ele gozar dentro dela e ela nele,Diane mordeu o ombro de King sentindo aquele líquido presioso no seu útero bem quente e doce,ela sentiu ele beijar sua bochecha e logo ela juntou seus lábios com prazer.

Diane:Eu te amo!-disse entre aquele beijo.

Na manhã sequinte.

Ban:Elaine por que está Vermelha?.

Elaine:n-nada apenas assitando a parede.......-Elaine estava corada por ouvir tudo de noite e ver na mente de seu irmão a noite selvagem que os dois tiveram!.

Acabamos por aqui até a proxima!!!.


Notas Finais


Maria:hehe adoraram não é!?,sou mesmo uma mulher da pesada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...