História O que eu realmente sinto?...por você, amor verdadeiro - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Lemon, Lensu, Orange, Segundo Arco, Yaoi, Yuri
Visualizações 2
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Orange, Romance e Novela, Shounen, Yaoi, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


olha gente, eu não sei se essa história vai ter mais de 10 caps porque sinceramente, eu quero fazer algo novo e não vejo mais como usar essas personagens.

Capítulo 6 - Namorada



  Len on
- Ritsu, essa é...sua mãe?!- eu disse espantado, Ritsu olhava para sua mãe que tinha umas pequenas rugas abaixo dos olhos ela abraçou ele e começou a chorar feito louca.
- snif...desculpe filhinho, que bom que você está vivo!- ela disse, Ri chan a abraçou de volta. 
- Mãe....
- Desculpa pelas surras que eu te dava...snif...eu simplesmente fui embora por causa do seu pai...te deixei porque te bateria de novo, me arrependo muito!- ela disse, eu já tava com cíume dela estar abrançado meu namorado daquele jeito.
- Mãe...isso é muito legal mas...tem gente olhando lá atrás!- disse Ritsu.
- Ah...verdade...snif vamos entrando!
(...)
  Ritsu estava conversando com sua mãe no andar de baixo, eu estava passando um tempo com meu pai, decidi ensina-lo a cozinhar um bolo.
- Certo pai, é só colocar os ovos, a farinha, a manteiga e o leite numa vasilha e misturar bem, depois colocar na forma untada dixar descansar e jogar no forno por 30 min. Tendeu?
- Não...
- Ai ai ai...beleza do começo...
(...)

 Ritsu on
  - Então mãe, você gosta da vida em Quioto?
- Sim! É muito bonito!
- Você está mudada mãe...
- Espero que possa me perdoar pelo que eu fiz...
- Mas é claro!
- Obrigada filho!
  Eu estava tomando chá com minha mãe, ela estava diferente de quando eu tinha 10 anos, ela sempre foi uma pessoa gentil, só estava paranoica por causa dos abusos do meu pai. Eu estava feliz de tê-la por perto novamente, eu iria morar perto dela, estavamos de boa quando sentimos um cheiro de fumaça estranho vindo do andar de cima, corremos e abrimos a porta rapidamente.
- Tudo bem aqui?- eu perguntei.
- Ah sim tudo beleza, só meu pai que queimou o bolo!- disse Len
- Ia ficar ruim mesmo!- retrucou o pai dele, eu dei risadinhas minha mãe também. Len olhava feio para seu pai, que soltou um sorriso de lado.
(...)
  Cheguei em meu novo quarto, era meio grande, eu deitei em minha cama e Len entrou no quarto e deitou ao meu lado.
- Oi Ri chan...
- Oi Len...
- É meio estranho agora não é?
- Sim...
- Mas depois de tudo que aconteceu esses últimos tempos...
 
- Que vida mais doida né Len!
- Pois é!
  Len on 
 Subo em cima de Ritsu, eu aproximo meu rosto do dele e selamos nossos lábios, fazia tempo que não faziamos isso. Logo uma dúvida me pegou de supresa, eu me levantei e fechei a porta na chave, Ritsu se sentou e eu fiz o mesmo.
- Péra...sua mãe sabe que nós dois...?
- Hum? Ah sim, ela sabe!
- E qual foi a reação dela meu Deus?!
- Ela não liga...diz ela que já desconfiava assim que chegamos...é tão óbvio assim?
- E daí, vem vamos tomar um açai!
  Saimos em direção a uma loja ali perto, quando me deparo com uma mulher  de cabelos ruivos e olhos cor-de-mel, ela pára na nossa frente e fica olhando Ritsu de cima a baixo, me incomodando.
- Ai meu Deus!!! Você é indêntico a Aya!! É o filho dela?- ela fala.
- O quê? Que..quem é você?- Ritsu fala.
- Eu sou Taeko Junko! Pode me chamar de Junko chan se quiserem!
- Legal, o que você é da minha mãe?
- Ah então é verdade! Bom eu sou a na-mo-ra-da dela!
  Não é necessário dizer que nós dois gritamos ao mesmo tempo, NANI!!!!! de novo...



Notas Finais


edições...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...