1. Spirit Fanfics >
  2. O Que Eu Sempre Quis - Sasuke e Sakura >
  3. Capítulo 12

História O Que Eu Sempre Quis - Sasuke e Sakura - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Aproveitei que acordei melhor e decidi postar aqui ^^
Espero que gostem desse capítulo.

- Boa leitura a todos ♡

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction O Que Eu Sempre Quis - Sasuke e Sakura - Capítulo 12 - Capítulo 12

Sakura on

- Na verdade? - Ele me olhou esperançoso.

- A gente precisa conversar...- Eu falei e ele pareceu aliviado por um minuto, mas logo me olhou confuso.

- Calma, não vai me dizer que passou? - Ri do comentário que ele fez.

- Não, sobre meus pais. - Fomos andando até um lugar no jardim.

- Coisa séria? - Confirmei com a cabeça.

O que eu fiz foi contar a ele dos meus pais desde o começo, ele me ouvia com atenção.

- Por isso não pensei nisso nos últimos dias, desculpa...- Baixei a cabeça.

- Eu quem preciso pedir desculpas, talvez eu tenha apressado as coisas. - Olhei para ele e sorri, coloquei minha mão em sua bochecha e ele me olhou nos olhos, estava me aproximando mais dele...

- Sakura...Opa, desculpa. Continuem. - Ino saiu correndo e rindo, acho que acabou com aquele clima que havia se formado.

- Vamos entrar? - Ele falou rindo.

- Vamos. - Estava indo na frente, quando estávamos quase chegando na porta ele me puxa e dá um beijo em minha testa.

Sorri e dessa vez realmente entramos. Essa festa, jantar ou qualquer outra coisa acabou por volta das 01:00, meus pais pareciam estar cansados, cada um foi pra um quarto, sim eles estão dormindo em quartos diferentes.

Manhã, 10:00

Acordei e ouvi algumas vozes lá embaixo, não conseguia reconhecer elas, então vesti uma roupa mais apresentável e fui até lá. Era algumas pessoas ajudando com a limpeza.

Minha casa fica maior quando vai receber muita gente? É o que parece.

Sábado e domingo são dias totalmente tediosos para mim, não gosto da escola, mas pelo menos lá tem emoção.

Não quero ficar em casa pois isso significa ver os dois bonitos brigando e não tenho paciência pra isso. Decido ir á biblioteca, lá tem livros e uma cafeteria ao lado. O lugar perfeito.

Depois de ficar pelo menos uns 30 minutos me arrumando, vou até a estação de metrô, ela não é perto se for andando.

Quando cheguei fui primeiro comprar algo para comer e logo depois fui procurar algum livro interessante, finalmente encontrei um.

O tempo ia passando e eu lendo, a história me deixava completamente apaixonada, sinto alguém cutucando meu ombro e olho para ver quem é.

Seus cabelos são vermelhos e os olhos marrons, eu conheço esse garoto, só que da onde?

- Oi, lembra de mim? - Ele sorriu, então a gente realmente se conhece?

- Desculpe? - Eu marquei a página que estava lendo e voltei o olhar para ele.

- Nos vimos em uma festa, você estava de vestido, cabelos soltos...- Fechei meus olhos e tentei lembrar, o bar, a gente se conheceu no bar.

- Lembrei. - Fiquei envergonhada.

- Então, qual é o seu nome? - Ele se sentou na cadeira à minha frente.

- Sakura, e você? 

- Sasori, muito prazer. - Ele sorriu e eu também.

- O que faz aqui? - O que será né Sakura?

- Peguei alguns livros semana passada, vim devolver. - Ele explicou.

- Então você também gosta de ler? - Eu deixei meu livro pra lá.

- Sim, vejo que você também. - Eu sorri.

Nossa conversa durou bastante, tanto é que nem percebi quando minha mãe me ligou 5 vezes. Já era tarde e eu tinha que voltar.

- Eu preciso ir para casa. - Falei pegando o livro.

- Eu nem me toquei que já estava ficando tarde. - Ele olhou no relógio. - Eu te deixo em casa.

- Não precisa, eu vou de metrô. 

- E eu tô de carro, eu te levo até sua casa. - Ele balançou as chaves.

- Então tudo bem, só espera eu assinar um papel? - Ele assentiu. O papel assinado era para alugarmos, digamos assim, um livro e levarmos para casa.

Eu mandei uma mensagem para minha mãe dizendo que já estava indo.

- Quantos anos? - Eu perguntei ao Sasori.

- Fiz dezenove. - Ele sorriu.

- Entendi. - No carro nos faltou assunto, então apenas fui olhando as ruas e ensinando à ele o caminho da minha casa. Chegamos em cerca de 15 minutos.

- Obrigada, Sasori.

- Boa noite, Sakura. - Eu acenei para ele e entrei em casa.

Minha surpresa foi grande quando vejo Itachi e Sasuke na sala de estar da minha casa.

- Desculpa, mas o que vocês estão fazendo aqui? - Perguntei confusa.

- Nossos pais saíram juntos, ninguém contou não? - Não.

- Parece que ultimamente ninguém está me contando nada. - Deixei o livro na mesinha de centro.

- É por isso que ela me ligou 5 vezes? - Itachi apenas acenou com a cabeça. 

- O que você estava fazendo que não atendeu? - Será que ele ficaria com raiva se descobrisse do Sasori? Bom, vamos ver.

- Um garoto ficou conversando comigo na biblioteca, parece que nos conhecemos em uma festa. - Sasuke fechou a cara.

- Legal. - Eita.

- Eles deixaram alguma coisa para comermos? - Perguntei.

- Acho que não. - Itachi falou.

- Vou fazer uma torta, alguém me ajuda? - Sasuke me olhou um pouco irritado.

- Eu ajudo, vamos lá. - Eu e Itachi fomos até a cozinha e Sasuke veio logo atrás de nós.

Peguei os ingredientes e Itachi os recipientes, Sasuke apenas olhava.

Preguiçoso.

Itachi estava fazendo a massa, enquanto eu fazia o recheio. Alguns minutos depois os dois ficaram prontos e colocamos ela no forno.

- Já podem nos chamar para programas de TV. - Itachi falou.

- Chefes de cozinha. - Eu e ele fizemos um V com os dedos e sorrimos.

Sasuke continuava com uma cara de bunda, ciumento ele.

Puxei Sasuke até a sala e Itachi veio com a gente.

- Por que tá com essa cara? - Olhei diretamente para ele.

- Nada. - Ele virou o rosto.

- Ele é birrento, nem liga pra ele. - Dei de ombros e ele deu um olhar fuzilador para o irmão.

Ficamos esperando a torta assar enquanto estávamos assistindo um desenho animado.

Depois de vários e vários minutos, talvez horas, comemos e ficamos na mesa algum tempo. Eu e Itachi fizemos um bom trabalho naquela torta, realmente estava muito boa. 

Brincamos de quem eu sou, jokempô, jogo da vida e o que mais achamos. Nossos pais não chegavam nunca. Olhei o relógio e por incrível que pareça ainda eram 23:10, o tempo parecia se arrastar.

- Eu vou ao banheiro. - Itachi falou.

- Fica no final do corredor. - Eu falei.

- Estava com outro garoto? - Sasuke falou quando escutou a porta sendo fechada. 

- Sim, ele quem me trouxe. - Os olhinhos pretos dele estava quase pegando fogo.

- Vai lá com ele então. - Clássico.

- Para com isso. - Não esperei ele fazer qualquer expressão ou falar alguma coisa. O puxei para mim e o beijei, achei que ele recusaria, mas logo cedeu. Ele levou uma mão nos meus cabelos e a outra em minha cintura, coloquei minhas mãos em seu rosto. Sentia a língua dele passeando por toda minha boca, aquilo estava ficando um pouco mais quente que o normal, mas logo escuto a porta do banheiro se abrindo e dou um pulo para trás e ele também, a minha respiração estava ofegante e meus cabelos bagunçados, ele mordeu o lábio inferior sorrindo.

- Vamos continuar? - Itachi falou.

Continua...



Notas Finais


Espero que tenham gostado, beijos ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...