História O Que Eu Sinto Por Você? - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Ação, Aventura, Bandas, Bts, Comedia, Fantasia, Ficção, Filmes, Músicos, Violencia, Yaoi, Yuri
Visualizações 10
Palavras 1.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hellooooooooooooooo Lobinhos!
Sinto muito se tiver algum erro, acabei de escrever! Depois eu vejo se está tudo correto e corrijo se não estiver.
Espero que gostem!

Capítulo 3 - A Surpresa


Os raios de Sol invadiam o quarto negro da menina. Xingou-se mentalmente por ter esquecido a cortina aberta, e ainda mais por Hobi não ter o feito, já que não se encontrava na cama e não vinha nenhum barulho do banheiro. Levantou-se com calma, indo para o banheiro e olhando seu rosto. “Espero que não dê para ver nenhuma maquiagem no travesseiro”, foi o que pensou ao se lembrar da noite passada. Seus olhos – que por sinal eram verde e castanho – estavam vermelhos por algum motivo que lhe era desconhecido, talvez possa ter chorado um pouco por conta do pesadelo – só um pouco mesmo. Depois de fazer sus higienes e tomar um banho rápido, sentou-se na sua cama pensando no que vestir, queria sair um pouco para esquecer um pouco para esquecer algumas coisas como suas crises e vontades. Jung entrou no quarto já com seu espírito animado.

     - BOM DIA, FLOR DO DIA! – berrou, adorava provocar Jeon pela amanhã, ver como ela ficava de mau humor na maioria das vezes - Trouxe  seu café da manhã!

     Deu um beijo na menina e sentou-se ao seu lado, colocando a bandeija no colo dela.

     - Obrigada, Amor – deu vários beijos no rosto de Jung, os lábios não escapando – Hoje vou sair, vai querer ir comigo?

     Jung parou para pensar, enquanto Hyun já atacava a comida.

     - Claro, por que não? – respondeu.

     Jeon sorriu para ele enquanto terminava de comer. Adorava Hoseok, ele era alto astral, atencioso, gentil, gritava (MUITO), e isso sempre animava quem estava por perto. Além do seu sorriso de coração. Mas claro, sempre tinha aquele lado que só as pessoas mais íntimas conheciam, que no caso de Jeon, era o pervertido. Nunca chegaram a fazer aquilo, só insinuavam mesmo, apesar de que nenhum dos dois sejam virgens.

     - ‘Tava pensando em ir em um lugar especial, aceita ir pra lá? – Indagou Jung.

     - Aceito. Mas eu vou poder saber onde é?

     - Não.

     Hyun aceitou facilmente, pois sabia que Hobi adorava lhe fazer surpresas.

 

Depois de se arrumarem, se despediram do Jeon mais velho – apenas por um ano – e saíram.

 

 

Jung havia lhe colocado uma venda, verificando várias vezes se a garota ao seu lado no carro realmente não estava enxergando. “Ele parece nervoso”, pensou Hyun. Mal sabia ela qual o tamanho da surpresa que ele havia preparado para a mesma. Quando chegaram, Hoseok tratou de levá-la cuidadosamente ao lugar, que cheirava a terra molhada e dava aquela sensação de paz. Notou também que o chão era mais macio, e pensou que estivessem no meio de uma floresta. “Parece até que ele vai me matar, num lugar tão afastado”. Antes que pergunte, sim, Hyun era paranóica, ela sabia disso, mas eram raras as vezes em que ela mesma se pegava pensando em coisas do tipo.

- Cuidado, princesa – disse Jung, como se ela pudesse ver algo, mas era comum ele dizer isso, instinto, né?

Quando entraram no que percebeu ser uma casa, ficou meio confusa. Afinal, não era todo dia que seu ficante/amigo/amigo do seu irmão mais velho te levava no meio da floresta. Jung tirou a venda dela, dando ela a capacidade de ver a cabana. Ele abraçou a garota por trás, pressionando seu membro – já um pouco ereto- na bunda de Hyun, que arfou em surpresa com o ato repentino do garoto. O mesmo começava a distribuir beijos, mordidas e chupões no pescoço da Jeon. Já ansiava por aquilo a um tempo e sabia que Hyun também, pois já tinham conversado sobre isso no passado. Ela suspirava e pressionava mais ainda sua bunda contra o membro de Jung, que sorria ao perceber que ela estava quase empinada para ele. A girou rapidamente em seus braços, dando impulso para a garota entrelaçar suas pernas em volta de seu corpo. Começaram a se beijar, mas não como os outro, que eram calmos, agora mais selvagem e com intensidade. Jung foi subindo as escadas com pressa para chegar no quarto.

Chegado no quarto, colocou a Jeon sobre a cama e foi engatinhando até se encaixar entre suas pernas, que se entrelaçaram novamente em sua volta. Tiravam suas roupas com rapidez, e logo já se encontravam apenas de peças íntimas. Esse era o máximo que já tinham visto um do outro, seria a primeira vez dos dois, e isso os deixava mais ansiosos. Jung tratou de tirar as peças íntimas da garota abaixo de si carinhosamente e chupar os seios dela, revezando entre esquerdo e direito, enquanto a estimulava com a mão direita. Hyun gemia alto, mas não tinha como que se preocupar, já que estavam no meio do nada. Jeon inverteu as posições, ficando por cima e rebolando sobre o membro de Jung. Se afastou um pouco, para tirar a peça íntima do garoto, enquanto o olhava intensamente. Isso deixava Hoseok louco. Agora era a vez de ele gemer alto. A menina passou a língua na glande dele e colocou o membro dele na boca de uma vez. Hobi se apoiava nos seus braços enquanto jogava a cabeça pra trás. Começou a investir contra a boca da garota, fazendo com que ela engasgasse algumas vezes e filetes de lágrimas escorressem por suas bochechas, mas nem por isso parando.

Hobi estava próximo ao ápice, percebeu a garota. Quando estava quase, ela retirou seu membro da boca, ouvindo um gemido entre dentes de reprovação. O menino a olhou e investiu sobre ela, a derrubando no colchão e ficando por cima dela, pincelou seu pênis na entrada da garota, que só gemeu, fechando levemente os olhos. Ele não deixava de encará-la nem por um segundo, parecendo com um pouquinho de raiva. Isso a deixava mais excitada ainda. Hoseok a penetrou com força, já investindo na garota, que arranhou com força as costas do ruivo – que esqueci de mencionar que é ruivo. A franja dos dois estava grudado na testa, cada admirando a beleza do outro, só apreciando os gemidos que saiam de ambos. Hyun começou a morder e dar chupões no pescoço do garoto, como que para devolver e descontar o prazer.

As expressões de prazer dos dois deixavam-nos mais loucos. Os dois estavam próximos do ápice, foram só mais algumas 50 estocadas, e gozando juntos. Jung jogou-se ao lado da Jeon mais nova e a olhou sorrindo, assim como a mesma fazia, e deram um selinho demorado. Ficaram na posição de conchinha – a posição favorita deles – e ficaram fazendo cafuné um no outro. Até adormecerem – por mais que estivesse de tarde.

        


Notas Finais


Não tenho o q dizer, mas espero q tenham gostado. Foi a primeira vez que escrevi cenas tão quentes, né...

Bjooooooossssssssss de Irmãzinha Mad Cat!
Se tiverem ansiosos para aparecer algo de o País das Maravilhas, esperem um pouco.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...