História O que (Não) fazer quando se engravida do seu chefe-Jungkook - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Não postei antes, pq tava esperando minha beta mandar os capítulos(no final, eu q tive q corrigir ;-; sorry por qualquer erro q eu não percebi), tbm to viajando e aqui não tem net (sofro) não sei como consegui pegar net ;-;

Sobre o capítulo de hoje, eu dei uma adiantada, pq tem muitas coisas q só irão acontecer depois q eles se casarem.

Tenham uma boa leitura^^

Capítulo 8 - Mudanças.


Fanfic / Fanfiction O que (Não) fazer quando se engravida do seu chefe-Jungkook - Capítulo 8 - Mudanças.

< No capítulo anterior >

Os sete então voltam a subir indo em direção a porta de entrada da casa, contudo Hoseok vem em minha direção e se agacha bem na minha frente.

- Podemos conversar?-O mesmo pergunta em um tom mais baixo.

< Agora >

- Ok Hoseok. Só vou sair da piscina.-Faço menção em sair da piscina, porém Jung me impede.

- Não precisa. Eu falo aqui mesmo-O mesmo se senta, do jeito borboleta.-Eu vim pedir desculpas pra você, eu sei que está zangada comigo e eu não consigo viver com você desse jeito. Vai que me mata durante a noite!-Rio do que ele fala, meus amigos são loucos...-Olha eu te conheço e tenho certeza que você faria isso.

- Teu olho Hoseok! E sim, eu te desculpo.-O mesmo abre um sorriso e em segundos o puxo para dentro da piscina, deixando ele sem reação.

- O que eu te fiz?-Pergunta olhando para sua roupa molhada e indo tirar seus tenis molhado.

- Quem mandou virar o meu melhor amigo, idiota!-Jogo água no mesmo.

Hobi me puxa para um abraço e ainda junto com ele, o mesmo se abaixa fazendo com que fiquemos submersos.

- Parecemos um casal-Falo na hora que voltamos para a superfície.

- É parecemos mesmo.-Jung fica me olhando e sorri bobo-Eu te amo demais, sabia?

- O que você quer, Jung Hoseok?-Disconfio dele, fazendo o mesmo me soltar de seu corpo e ainda mandar um resmungo baixo.

- Não posso mais nem demonstrar o amor pela minha melhor amiga?-Finge está zangado comigo, rio e o abraço novamente, porém Jung, diferente da outra vez, tenta se soltar de mim.-Sai falsa. 

Jogo água em seu rosto, fazendo ele tossir.

- Eu não disse!? Você quer me matar!

- Vai te catar Hoseok!

< P.O.V Jungkook >

- Sinto cheiro de ciúme-Viro para Tae e estendo meu dedo do meio para ele.

Agora eu vi, eu, Jeon Jungkook, o cobiçado por todas as garotas, está com ciúmes da ______. Nao que ela não seja bonita, e mereça um homem como eu e não como Hoseok, pera...Jeon Jungkook!? Mas que porra você está pensando!?

- Jungkook?-Os cinco estão olhando para mim.

- Ah, oi-Volto de meus pensamentos e fito os cinco.

- É Ele está com ciúmes.-Falam em conjunto.

- Eu não tenho ciúmes, mas que porra!

- E por que você não para de olhar para os dois pela janela?-Jimin pergunta e cruza os braços, como se estivesse mandando um "te peguei"

- Eu não estava olhando para eles! Quer saber, foda-se. Eu não tenho que ficar dando satisfação para vocês. Estou indo para meu quarto, se alguém me seguir e continuar me atazanando. Eu demito!-Saio em passos rápidos da sala e escuto os cinco repetindo o "eu demito" em um outro tom de voz, como eu aguento essa pragas!?

Subo para meu quarto e vou direto ao banheiro, ligo a jacuzzi e me dispo.

Jeon Jungkook você é um gato mesmo, repito para mim na frente do espelho enquanto admiro meu corpo.

Quando a jacuzzi enche, entro nela e deito todo o meu corpo. Relaxar, é o que estou precisando.

Depois de um tempo dentro da jacuzzi, saio dela e pego minha toalha, amarro em minha cintura e saio do banheiro, escolho uma roupa básica, uma camisa larga cinza e uma calça moletom também da mesma cor da camisa. Passo perfume e dou uma secada em meu cabelo, o deixando somente úmido.

Saio do quarto e escuto risadas, desço as escadas e vejo todos os meus amigos sentados no sofá conversando com a ______.

Chego perto deles e finjo uma tosse, porém assim mesmo nenhum deles olha para mim, estão todos vidrados no que minha noiva está falando.

- É sério, quando a gente era criança eu dei uma rasteira no Hoseok que foi tão perfeita que até a minha mãe riu. Pera, eu tenho o vídeo, não sei como, mas a minha mãe filmou.-Ela pega seu celular e entrega para os meninos- A gravação tá uma merda, porque naquele tempo a qualidade não era das melhores, mas da pra ver eu acho.

Os meninos começam a rir, me aproximo do celular e vejo o vídeo. Hoseok caindo parecendo um saco de bosta, ok isso é mesmo engraçado.

- Ok, eu já amei você, ______!-Jimin fala entre risadas e a ______ faz um coração com a mão.

- Hoseok lerdo desde sempre-Jin fala e Jung revira os olhos, inconformado.

- Aish, vão se lascar!-______ o abraça e os meninos mandam coração, que é retribuído com o dedo do meio.

Meus amigos são uma figura, eu sei.

- Vem Jeon, senta aqui com a gente!-Pela primeira vez na vida, ______ me chama para algo.

Fico estático por alguns segundos, tentando processar em minha cabeça o que ela falou.

Bem lentamente, sento ao seu lado e ela me lança um sorrisinho, ok algo aqui está muito errado.

< P.O.V ______ >

Por que chamei Jungkook e mudei de comportamento? É simples, Hobi me fez perceber que esse nosso comportamento é muito infantil, e ele está certo, quero acabar logo com isso. Se vamos casar, pelo menos temos que nos aturar.

Chegando a noite, seus amigos se despedem de nós e vão para suas casas, pelo menos eu acho...

Subo para meu quarto e escuto batidas na porta.

Grito um "entra" e Jeon abre a porta, entrando em meu quarto.

- Podemos conversar?- Pergunta um pouco desconfortável.

- Claro, senta aí.-Aponto para minha cama.

- O que está acontecendo, ______? Do nada, você é super grossa comigo e agora está me tratando super bem.

- Estou em processo de amadurecimento, Jeon. Se nós vamos casar, iremos ser obrigados a morar juntos, algo que já estamos, e ainda estou esperando um filho vindo da nossa burrice. A coisa mais certa a fazer é tentar acabar com qualquer briguinha infantil, não quero que essa casa vire um campo de guerra entre nós dois.-Sento ao seu lado.-O que estou fazendo é aturar você, aproveite.-Dou dois tapinhas em suas costas.-Agora tchau, tenho mais coisas para fazer.

- Então posso chamar você pra sair?-Pergunta, com um pouco de receio da resposta.

Ok, nós estamos conseguindo ter uma conversa decente!?

- Errr, pode.-Jungkook assente e sai do meu quarto.

Ele é estranho.

                       < 1 mês depois >

Já se passou um mês daquele acontecimento nem um pouco estranho...

No final Jungkook não me chamou para sair e estamos conversando cada vez menos, amanhã será o nosso casamento e bem, aqui está um inferno.

A mãe de Jeon todos os dias inventa algo para fazermos que tem a ver com o casamento.

Estou morta, cansada é pouco.

Minha barriga já cresceu um pouco mais e da pra perceber que tem algo dentro dela.

Jungkook passa o dia inteiro no trabalho e quando chega em casa sai para alguma festa e chega pela madrugada, não preciso especificar o que ele faz.

Quem está me dando o maior suporte mesmo é senhorita Jeon, Hobi e Jully. Sem eles certeza que eu estaria louca.

Minha irmã e meu irmão desapareceram do mapa, mandei mensagem mas não responderam e nem olharam, algo me diz tem a ver com appa, de qualquer forma, mandei os convites para eles.

Nesse momento estou provando pela milésima vez o vestido de casamento e eu só tenho uma coisa para falar.

Alguém faz o favor de me matar.


Notas Finais


Espero q tenham gostado^^
Comentem o q estão achando plss

Até o próximo capítulo^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...