História O que os anjos escrevem - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Um grito, uma discussão


Fanfic / Fanfiction O que os anjos escrevem - Capítulo 2 - Um grito, uma discussão

Chegava a ser um incômodo pra Jimin a forma como Yoongi o olhava, nem mesmo piscava os olhos para lubrifica-los. Jimin virou o rosto para esconder um pouco suas bochechas, que ganharam um tom avermelhado com o olhar intrometido do outro sobre si.

Jimin estava quase a tremer, Yoongi parecia querer atacá-lo ali mesmo.

Yoongi nunca foi de ter muita paciência com as coisas, e quando acha que está ajudando acaba por esquentar tudo e deixar pior. Acostumado mas nem tanto, isso descreveria Jimin, o rosado mesmo tentando, Yoongi tinha mudado, seus sentimentos sobre si também.

"Me obrigasse a ficar aqui por longo minutos, apenas para olhar para meu rosto como se eu estivesse feito algo extremamente ruim, qual é, eu tomei só algumas doses" disse Jimin tentando fazer com que o acinzentado parasse de o mira-lo como um louco, Yoongi gruniu em resposta "Faz diferença pra ti? Beber por si já é algo considerado repugnante" o outro soltou um riso irônico "repugnante não é mesmo? Eu te vi bebendo estes dias, e parecia gostar do que provava" Yoongi revirou-se envergonhado, passou um de seus dedos da mão direita nos lábios, dando um selinho ali e logo após virando-se e passando as pontas dos dedos beijados, na boca avermelhada do garoto rosado a sua frente.

Jimin levantou-se rapidamente do seu assento, meio sem jeito e envergonhado se retirou do escritório. Yoongi sorriu satisfeito "Estamos colidindo conforme a dança" disse baixo enquanto sorria, estava devagar mas estava indo conforme queria.

Depois de alguns longos minutos trancado no quarto de Yoongi, já que o mesmo havia dito que o quarto dado para Jimin estava com poeira e que até o dia seguinte não teria como limpa-lo, pois os empregados mereciam um descanso depois do dia afadigoso. Jimin parou em frente ao espelho, alisou os seus lábios e então se viu irritado "Onde ele estava com a cabeça, isso... isso não pode estar acontecendo" pensou enquanto seu corpo entrou em contato com a colcha cor escarlate e grossa da cama, logo chacoalhando o próprio corpo, demostrando seu aborrecimento.

Levantou depois que se acalmou, e caminhou até o grande closet, ao lado do banheiro. Apenas vestimentas em tons escuros pela parte esquerda, do lado direito umas roupas claras, Jimin as pegou e as jogou por cima da cama. Todas as roupas muito maiores que seu corpo.

"Yoongi!!" Jimin gritou dali, o mais velho já imaginando do que se tratava em poucos minutos já estava frente a porta, tentando abrir a mesma mas sendo impossibilitado pela mesma estar trancada com a chave "abre aqui pra mim, rápido" Jimin levantou a cabeça e logo após a desceu, fazendo os mesmos movimentos por cerca de dez segundos, mesmo sabendo que Yoongi não o estava a olhar "não preciso que entre, quero roupas novas, que combinem comigo. Por Deus suas roupas nem de grife são, quero roupas novas e vais comprar pra mim agora" disse convicto.

Por fim, mesmo reclamando Yoongi pegou o carro e foi até o Shopping mais próximo de sua mansão, não era a primeira vez que atendia aos caprichos do menor, e com certeza também não seria a última.


[...]


Jimin já havia tomado seu banho, mesmo escutando o mais velho reclamando pelo mesmo encher todo o quarto de rosas vermelhas, alegando que isso manteria seu cheirinho natural de bebê, pra Yoongi não fez tanto sentido.

"Jimin vamos sair em alguns segundos não demora" exclamou Yoongi, quase irritado. Jimin saiu finalmente do quarto, com uma camisa branca, um short jeans azul rasgada nas coxas e uma camisa de frio ao redor do pescoço, entre as cores azul escuro, azul claro e branco. Yoongi abaixou o olhar, olhando diretamente para cãs coxas marcadas "acho bom não sair do meu lado, quero que durante a conversa você fique calado, por o menos dessa vez" disse Yoongi dando a entender pra Jimin que ele seria muito intrometido "quem tá começando a falar o que não deve, não é minha pessoa" sua expressão endureceu, saiu dali deixando um Yoongi pasmo.

Saíram da mansão ainda famintos, não haviam comido nada pela manhã. Yoongi dissera que Namjoon, seu negociante tinha um otimo marido e um grande cozinheiro e comeriam algo por lá, Jimin arrependeu-se por não ter comido algo saudável na noite passada. A cada minuto dentro do carro Yoongi poderia escutar os gemidos irritados de Jimin, de véras o rosado odiava passar fome, nem que por poucos minutos. Agradeceu internamente quando sentiu que Yoongi estava estacionando o carro. Saiu do banco de trás meio desengonçado, seu sono não tinha por si ido embora, precisava dormir vinte e quatro horas para se recuperar totalmente.

Jimin sorriu quando viu a grama verdinha em toda a extensão da grande fazenda, Jimin sempre adorou esses tipos de lugar, calmo, sereno. Saiu do seu transe quando sentiu o braço direito de Yoongi apertar de lado a sua cintura. Perfeito não reclamar, não por apreciar o toque do mais velho em si, mas sim por ter escutado mais cedo que o mesmo o queria calado. Quem os recepcionou foi um homem -- bastante jovem e esbelto -- se apresentou como o Kim Seokjin, o noivo de Kim Namjoon. Jimin sorriu discreto e voltou seu olhar pra Seokjin "tem comida?" Perguntou Jimin sem jeito "É que estou com fome e minha barriga reclama a cada minutos, Yoongi não me deu o que comer desde hoje bem cedo" Yoongi fuzilou Jimin com um olhar, o que as pessoas pensariam dele, ao souber que não alimenta seus funcionários? Coisas maldosas.

"Claro, venham" os guiou até a sala de jantar. Jimin olhou pra Yoongi sorrindo birrento "Sabe Kim, Yoongi me disse mais cedo que eu não poderia falar durante a conversa que ele teria com Namjoon Hyung e, eu fiquei preocupado, por não saber ao certo se poderíamos ter esse prazer de conversávamos" Seokjin olhou para Yoongi como se estivesse o julgando "Jimin vamos ter uma conversa séria quando chegarmos em casa" disse ainda mantendo os olhos no rosado, que ria indiscretamente "Eu não vou pra sua casa quando sair daqui, vou fazer uma rápida visita ao Taehyung" Yoongi apertou a mão direita com força, não lhe agradava nem um pouco a idéia de o menor visitar a casa de outro homem.

Yoongi estava a abrir a boca para falar algo, mas de repente Kim Namjoon entrou na sala, vestido em um terno elegante preto, uma gravata azul bebê, calça social preta e sapato social também preto, olhou para Yoongi e deu um pequeno sorriso, depois foi até o homem denominado como Kim Seokjin e selou os lábios nos dele. Yoongi olhou admirado "poderia ser com meu Jiminnie" pensou.

"Hyung eu vou ficar lá fora enquanto você conversa" disse levantando-se da cadeira "Seokjin Hyung, sua comida foi a mais gostosa que já provei, não perca muito seu tempo a fazer suas receitas só em casa, tente criar um restaurante" disse baixo e caminhou até a porta, os olhos de Yoongi o seguiam com urgência. "Desculpa por qualquer incômodo que Jiminnie possa ter feito, ele é espontâneo" disse fazendo Namjoon rir inasalado "estamos quase diante da mesma situação, Jinnie também é assim". A reunião entre eles deu início, Yoongi estava um pouco nervoso no começo mas logo se tranquilizou, ainda pensará no beijo entre Namjoon e Seokjin e de alguma forma teria que conseguir aquilo com Jimin também. Estava tão perdido entre seus pensamentos que nem percebeu que Namjoon teria assinado o contrato "desculpa" pediu envergonhado "Jimin é seu marido ou ficante?" Yoongi abaixou a cabeça mais envergonhado ainda "Digamos que eu o quero pra mim, mas ele faz questão de me manter longe" a conversa foi interrompida por um grito do lado de fora da casa, Jimin estava a observar o quão escandaloso Seokjin poderia ser "Calma Jin hyung, é só um coelhinho não tem nada nos arbustos" Jin mais calmo cessou seus gritos.

"Jimin vamos pra casa, agora!" Disse Yoongi autoritário "dá próxima vez vou te deixar em casa! Não podemos sair por minutos e não importa aonde seja, você é impossível!" Jimin olhou diretamente nos olhos acinzentados de Yoongi "Talvez o problema não esteja comigo, e sim com você. Não vou com você a lugar algum, pode ir sozinho e sem mim" Jimin saiu caminhando e chutando a grama, estava tão chateado, não havia feito nada, mas mesmo assim a culpa era dele.

"Volta aqui Jimin!" Agora Yoongi se sentia culpado, talvez falou aquilo da boca pra fora, mas o coração apertou quando vinha a lembrar, ele sabia.

"Outra vez vou buscá-lo na mesma boate, no mesmo lugar"


Notas Finais


Gostaria de interagir mais com vocês, então deixem sugestão nos comentários do que posso estar trazendo para a fanfic.
Gostou? Deixe seu Like.

Bom dia cervejinhas, espero que tenham tido uma boa leitura.🍒

Digam no que posso melhorar!📚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...