1. Spirit Fanfics >
  2. O que realmente você quer? (Vminkook) >
  3. Jungkook

História O que realmente você quer? (Vminkook) - Capítulo 9


Escrita por: juhandradde

Notas do Autor


- Me desculpem o atraso, acabei confundindo as datas. 🤗😅

Capítulo 9 - Jungkook


//Mabel Carson\\


      Acordo e lentamente abro os olhos para perceber que estou em meu quarto, tudo volta à tona e lembro que acabei dormindo no ombro do Taehyung, pego meu celular na cabeceira e vejo as horas.

- Já são nove meia, perdi um dia de aula. - digo para mim mesma, olho ao redor e tudo está na mais perfeita calma. - Mãe! - chamo, mas não obtenho resposta, levanto-me com um pouco de dificuldade, me sinto fraca, olho para baixo e estou vestida em uma camisa preta masculina que fica como vestido em mim, que estranho, tenho certeza que essa não é minha.

      Desço as escadas lentamente e me segurando no corrimão, chego ao final das escadas e sinto um cheiro maravilhoso, caminho em direção a cozinha e fico sem entender nada.

- Jin?

- Finalmente acordou. - ele fala enquanto joga um pano de prato em seu ombro enquanto mexe algo na panela. - Tá com uma cara horrível. - pego em meu rosto por reflexo.

- O que você ta fazendo aqui? - pergunto ainda sem entender. - Cadê minha mãe?

- Calma, só estou aqui porque o Jungkook pediu para ajudar ele, aquele moleque não sabe nem preparar um Lámen sem deixar queimar.

- Mabel? - Jungkook aparece com uma sacola de farmácia em mãos. - Você devia estar deitada e não aqui embaixo, para piorar ainda está descalça.

- O que vocês estão fazendo aqui? - pergunto um pouquinho sem paciência.

- Sua mãe perguntou se podíamos cuidar de você, ela só soube o que aconteceu quase agora pouco.

- Por quê?

- Longa história. - Jin responde. - O que importa agora é que estamos cuidando de você, então não é hora de ser mal agradecida.

- E nem de estar aqui em pé descalça. - Jungkook em um movimento rápido me coloca em seus braços e sinto aquele cheiro suave novamente.

- Prontinho, está entregue. - me deita na cama.

- Não precisava vocês cuidarem de mim.

- Precisa sim, você não está em condições de se cuidar sozinha. Jimin ficou muito preocupado com você.

- Comigo? - pergunto surpresa.

- Sim, ele pensou que você ia ter uma hipotermia. - fala e agora o fato de ter acordado ao seu lado seminua começa a fazer sentido.

- Me lembre de nunca mais pegar carona com o Jimin. - faço careta e ele rir me deixando boba ao observar esse ato.

- Posso perguntar uma coisa? - pergunta um pouco tímido e eu aceno que sim. - Você e o Taehyung já resolveram suas indiferenças? - fico surpresa com a pergunta e demoro um pouco para entender.

- Não, ele só foi legal comigo porque eu não estava bem. - ele fica em silêncio. - Respondi sua pergunta?

- Sim. - sorri sem jeito.

●●●


- Hoseok me falou o que aconteceu, você está melhor mesmo? - Mirae pergunta segurando em meu braço.

- Sim. - sorriu fraca, não estou acostumada com ter pessoas além da minha mãe se preocupando comigo, em falar nela a mesma anda muito estranha, desde que voltei não a vi uma vez se quer e toda vez que ligo a mesma diz que está ocupada com o trabalho, nunca pensei que trabalhar com relações internacionais desse tanto trabalho.

- Ótimo, fico feliz com sua recuperação. - ela sorrir. - Tenho que ir agora. - ela me solta e toma uma direção diferente onde Yoongi está sentado, esses dois, sei não viu. Aproximo-me da mesa do Jimin onde o mesmo conversava com Taehyung.

- Jimin. - sou cautelosa, pois ele já deixou claro que não é meu fã, eu nem queria estar fazendo isso, porém sinto que é uma obrigação minha.

- Sim? - me encara intensamente e não faço a mínima ideia do que se passa na cabeça dele.

- Éh... Obrigada por ter me ajudado, você sabe. - coço minha nuca um pouco desconcertada. - Obrigada por cuidar de mim. - passo a língua no canto dos lábios e vejo Taehyung observa tudo um tanto curioso.

- Não foi nada, eu teria feito isso por qualquer pessoa. - responde e por algum motivo me sinto um pouco mal.

- Tá bem! - falo simplesmente e vou para o meu lugar.

      Queria agradecer Jungkook também, mas não sabia como, ele não trocou uma palavra sequer comigo então resolvi ficar quieta por enquanto.

- Acha que aconteceu algo com o Jungkook? - pergunto a Mirae na fila do almoço.

- Creio que sim, hoje ele não falou com ninguém.

- Será que devo falar com ele? - pergunto indecisa.

- Melhor não, deve ser algo haver com a família dele e se realmente for nunca sabemos como ele irá reagir se nos aproximarmos.

- Como assim? - olho para ela incrédula. - Explica isso.

- Digamos que o Kook muda totalmente, da última vez que ele esteve assim Taehyung e ele brigaram feio, foi preciso os meninos apartarem, até hoje não sei qual dos dois saiu mais ferido. - ela fala enquanto observo todos isolando Jungkook de propósito, todos estão na mesma mesa, mas ninguém se dirige a ele para falar alguma coisa, nem mesmo o Jimin.

- Que belo amigo você é. - sento-me ao lado de Jimin no refeitório.

- Do que ta falando?

- Kook. - tento pegar um pouco de comida com o hashi, falhando miseravelmente. - Que coisa difícil, ainda não consigo usar isso. - reclamo para mim mesma.

- É porque ta segurando errado. - Jimin fala e sua voz é carregada de irritação. - Esse é o jeito certo. - diz e segura minha mão, posicionando os hashi de forma correta. - confesso que fico um pouco desconcertada. - E sobre o Kook não é da sua conta, eu sei o que estou fazendo então é melhor ficar longe. - fala mais irritado e me dou por vencida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...