1. Spirit Fanfics >
  2. O que uma flor vermelha faz >
  3. Quem realmente te merece

História O que uma flor vermelha faz - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoal, eu digo que essa e a minha primeira Fic que eu faço de verdade.
então eu agradeço a quem a ler, comenta ou favorita. fiquem a vontade ^^

Capítulo 1 - Quem realmente te merece


Fanfic / Fanfiction O que uma flor vermelha faz - Capítulo 1 - Quem realmente te merece

Já se apaixonou por alguém? Bom... Digamos que eu, Kagamine Len, estou a mais de semanas! Estou escondido detrás de uma arvore, observando uma garota chamada Teto, seus cabelos são vermelhos como de uma cereja e enrolados como uma furadeira, e... Como ela é bonita e esperta (Digo me derretendo) estou certo deste tempo todo que passei a observa-la, tenho conclusões de que sei tudo do que ela gosta, ate mesmo por minhas próprias teorias; agora que sei o meu plano de me declarar para ela, falta só coloca-lo em pratica. Finalmente irei me declarar para el-

– Então ai esta você Len – Disse Mafumafu me assustando

– Você quer me matar de susto? Cara! Me deixa em paz... – Ok, ele sempre atrapalha esses momentos

– Eu só queria saber se você queria jogar com migo! mais pelo jeito é um “não”. Você vai ficar ai observando a sua “paixãozinha”, eu em... Pra mim isso é uma perda de tempo... – Disse ele com uma face incomodada. Antes de Len reagir, ele sai do local.

– O que? E- espera! – Disse indo atrás do Mafumafu. Mais ele continua a andar irritado – Me espera por favor, eu só tenho que fazer uma coisa...

– Tá, *suspiro* mais não demora, a gente tem um tempo vago, e eu quero aproveitar isso, o contrario de você... – Disse indo a um banco

– “Eu quero aproveitar isso, o contrario de você” – Disse Len remedando em uma emulação de voz “feminina” para irritar Mafumafu ao sair.

– Arhg! – Disse Mafu virando seu rosto – Seja lá o que você esta pensando... Só espero que não deixe isso subir a cabeça

– Hump! – Disse Len com uma sobrancelha pra cima

Agora que o prateadinho esta sentado no banquinho, vou para o plano.

Após chegar ao local onde esta a garota, mesmo estando um pouco nervoso, gentilmente a cutuco, isso fez com que ela tirasse sua atenção de uma folha de anotação:

– O- olá

– Oi – Disse ela seco

– B- bem, eu só queria conversar com você depois que as suas aulas acabarem, só pra ficarmos livres e vagos

– Uh... Isso é meio aleatório, o que você pretende conversar com migo? – Disse Teto inquieta

– Bem, é algo que... – Teto o encara – Quero te mostrar! – Falo um pouco nervoso e com um pequeno sorriso

– E por que você não quis se aproximar de mim dês da primeira vez que me ficou observando?

– C- como você sabia que te observava? – Disse surpreso – Eu apenas sou tímido, e foi agora que criei coragem de fala com você... – Disse com um olhar pidão

– Ai... Tá bem, mais o que você pretende conversar com migo?

– Ah-ãn... Só irei falar quando eu chegar na sua sala – Disse piscando o olho – Então... Ate lá?

– Ate – Disse com uma face vazia

O loiro ficou feliz pela resposta positiva da mesma, ele estava ansioso para o sinal tocar para finalmente se confessar. Após sair do local, Mafumafu ficou sem noção pela reação do rosto do mesmo, estava sorrindo bobamente como se estivesse nas nuvens. “Esse dai vai perder o jogo hoje” dizia Mafumafu em seu pensamento

[...]

Sala De Aula

Enquanto isso, na sala de aula, as meninas estavam prontas para ir embora.

Teto da uma pequena rizada

– Por que esta rindo Teto? – Perguntou Luka curiosa

– Porque um loirinho shota me pediu para que eu o esperasse aqui na nossa sala quando terminasse a aula, Urhg~ faz um tempo que ele vive me observando.

– Ahaha será que ele esta doidinho por você? – Disse Luka com “um olhar” e rindo

– O que?! Você acha mesmo que é uma confissão dele? Hump! Aquele moleque... – Disse em tom de deboche, empinando o seu nariz e virando a sua face.

– Por que não da uma chance pra ele? Vai que ele não seja o que você esta pensando, e não há necessidade de magoa-lo. Você não deve julga-lo antes de conhecê-lo melhor – Disse Miku tentando repreende-la; Luka a observa quando ela disse aquilo.

Teto se aproxima de Miku, pondo as suas mãos na mesa onde ela estava, e olhando fixamente em seus olhos – Eu. Vou. Rejeita-lo! Você não entende mesmo, não é? Eu não preciso conhecer essa pessoa para ser julgada! Porque de cara já consigo perceber... Diferente de você que e muito inocente!

Miku abaixou a sua cabeça com um olhar preocupante, não em relação a Teto e sim ao garoto; Levantando-se, arqueou suas sobrancelhas para Teto, que por incrível que pareça, não ligou muito, Luka ficou em silencio, e elas saíram da sala; então Teto ficou esperando o garoto, “Tenho certeza de que seja outro tipo que conversação; de qual quer forma... que o show comece” Dizia Teto em seu pensamento.

Estando Miku e Luka já longe do colégio, Luka se aproveita em conversar com ela a respeito do que houve mais tarde; Luka é sua melhor amiga, nunca gostava de vê-la triste, então ela a parou e trouxe para um campo cheio de flores para conversar

[...]

Len corre pelo corredor; Teto escuta a correria e fica cada vez mais curiosa para o que ele irar falar. Ele finalmente chega na sala:

*Respiração ofegante* – Len esta ofegante, com suas bochechas coradas

– É melhor você sentar

– T- tudo bem – Disse gentilmente

Já sentado, ele olha fixamente para Teto.

– (É... hoje é o dia, ele finalmente chegou! Agora eu irei confessar...) – Ele esta um pouco nervoso.

– Sobre... o que você queria falar com migo? – Disse ela persistente

– Err... Digamos que eu te observei há semanas, como você já sabe. Eu nunca vi uma garota tão bonita como você – Disse tentando esconder o rosto envergonhado – Você se cuida muito bem, eu gosto bastante do tom vermelho dos seus cabelos, então, isso virou a minha cor favorita. Sei que você odeia quando alguém á chamam de “furadeira” – Teto junta as sobrancelhas

– (O que esse garoto esta falando... pra mim!?)

– Se eu fosse muito rico, te levaria para Paris, onde há os melhores pões do mundo pra você; sei que você fica chateada quando alguém não divide sua comida favorita com você; Você gosta muito de canta, adoraria ouvir a sua bela voz de novo, ela é muito forte e ousada, da pra ouvi-la quilômetros daqui, enquanto a sua extensão vocal? Nem uma taça de vidro aguentaria de tanta potencia

– (Quem ele pensa que é pra me classifica assim?) C- como você sabe de- dessas c- coisas sobre mim!?

– Ahaha não entendo o por quê esta assombrada, eu já te disse que passei muito tempo te observando.

– (Devo para de me expor tanto) N- não entendo o “por quê?” – Disse não acreditando no que o Loiro falava

Len junta sua sobrancelhas, virando a sua cabeça para a janela. Ele esta se preparando para confessar.

[...]

Lado de Fora

– Por que me trouxe aqui? – Disse questionando a Luka

– É um lugar calmo, ótimo para ouvir o vento e seus pensamentos, longe de discursões e chateações. E eu sei quando você fica tris-

– Eu não estou triste. Estou chateada...

– A respeito da Teto? Não ligue pra o que lá diz, ela se acha demais, e no final sempre se da mal, ate mesmos pelo o que ela fala. Sendo assim, nem um garoto irar gostar dela de verdade, ela só tem a “beleza externa”. Mais eu tenho certeza de que alguém irar amar conhecer a pessoa doce que você é, tanto por dentro tanto por fora – Disse pegando uma flor vermelha e a entregando. Gentilmente Miku aceita

– Hehe~ Obrigada Luka – Disse sorrindo – Mais... Não e tão a respeito da Teto, mais pelo garoto

– Entendo, pelo menos ele irar ver o verdadeiro lado dela – Disse esclarecendo

As duas dão sinal positivo com a cabeça com olhares confiantes, prontas para irem; Miku repara que se esqueceu de algo.

– Meus fones! Eu os deixei na sala...

– É melhor você ir depressa, eu espero você aqui.

[...]

– Afinal de contas... O que você pretende me mostrar com tudo isso! Você por acaso é um F.B.I? É isso? – Disse surpresa

– Hehehe, sou seu pequeno espião que se apegou a você de uma forma que me tirou do serio. E vou logo dizer que sou chiclete – Disse ele de uma forma fofa – O que eu quero dizer com isso é... É que...

– ...

– Teto-Chan, por favor... – Ele põe a mão entre os seu peito – Aceite minhas palavras como confissão de namoro, e... Eu sei que eu sou mais novo, mais... Eu não sei... – Disse desviando o olhar corado – Podemos sair discretamente – Teto fica surpresa e da um passo a traz – Prometo que serei carinhoso e fofo o quanto quiser!

– (Eu não acredito nisso... Isso é uma perda de tempo, vou lhe ensinar uma lição a esse shota) – Disse em pensamento. Teto finge uma cara de indecisa, cruza seus braços, coloca seu punho debaixo do queixo pensativa... – Uh...

– Ah... Vamos, por favor – Disse impaciente, ainda em “estado fofo” mais ansioso pela resposta.

Teto da um sorriso sarcástico – Com todas as suas lindas palavras minha resposta seria... NÃO! Ate parece que eu iria namorar um garoto mimado e irritante que só fala besteiras como você!...

– O que?... – Disse caindo seu mundo, vendo Teto saindo da sala sem mais nem menos. Len cruza os braços na mesa e coloca sua cabeça para se derramar de fracasso.

Neste exato momento que a Teto passou pela porta, Miku a observa saindo. “!! O garoto...” Dizia em seu pensamento indo de mansinha há porta, e ver o loiro derramando suas lagrimas; ela não pensa duas vezes e vai na direção dele:

– Ahn~ c- com licença... – Disse gentilmente ao garoto

– Hum!? – De mansinho, ele levanta a sua cabeça. E ver uma linda garota de longas maria-chiquinhas, e seu cabelo Azul-marinho, ele ficava calmo com a sua voz suave – !! ...

– Aqui, sei que isso não é nada. Mais... Vai calmar seu coração – Disse entregando uma flor vermelha sorrindo. Len da um pequeno sorriso tímido.

Miku recupera seus fones e vai embora

– (Aquela garota... É perfeita) – Disse em seu pensamento olhando para a flor vermelha.

[...]

Depois do acontecido, o loiro sai do colégio sem tirar aquela imagem da gentil garota de sua mente, ele se encontra com o seu amigo no caminho, curioso sobre o resultado do plano de Len o pergunta:

– Então... Como foi?  – Perguntou Mafumafu

– ... Inacreditável

– Hãn? ela te aceitou?

– Não, um anjo apareceu na minha frente depois que ela me rejeitou

– Como assim um “anjo”? – Disse confuso

– Uma garota que merece ser amada

– Esta falando que após a Teto te rejeitar, uma garota te acalmou? Bem, será que é o destino? – Disse pensativo

– Quem sabe – Disse rindo

– Bem, o que você pretende fazer? Vai desistir da Teto pra tentar ela?

– Se bem que a Teto era a garota que eu mais queria namora-la, ela é bem difícil mesmo. Mas...

– ...Err o que? – Mafumafu fica curioso

– Aquela garota é muito bonita, isso porque eu não só observei de cima pra baixo

Mafumafu fica corado

– Não é isso que você esta pensando idiota! – Disse sem jeito – O que eu estou tentando dizer é... Que ela é uma ótima garota, tem um coração muito bom. Sei que ela é bonita, mais a personalidade dela é inexplicável pra mim... Acho que eu nunca vi uma garota agindo assim com migo, fora a minha irmã

– Entendo... Mas, e se ela tiver namorado?

– O coração dela vai ser bipolar, só que EU vou ser o dominante – Disse Len com toda confiança arqueando suas sobrancelhas.

– Wow... Já que você diz... Por que não faz diferente? Ao invés de repetir o mesmo erro de ficar apenas observando, tenta se achegar a ela ou ate mesmo conquista-la com seus truques?

– Hehe, eu ainda não entendo por que você me motiva tanto... – Disse com um pequeno sorriso tímido

– Ah, vai entender... – Disse falando com um tom de sarcasmo, com um olhar de tedio.

– Por acaso não esta gostando do suco de laranja... Né? – Disse o loiro arqueando uma sobrancelha e fazendo uma cara de sarcasmo para ele; não se referindo ao suco de laranja da sua irmã, e sim dela. Isso fez com que Mafumafu ficasse irritado e corado já sabendo decifrar tudo

Sem pensar duas vezes, Mafumafu da um peteleco na cabeça de Len fazendo com que os dois se debatessem.


Notas Finais


Só um aviso: eu tentei procurar a categoria de Utau e Utaite, não encontrei ;-; isso para colocar os personagens Mafumafu e Teto

Pelo amor de Deus, modere ai com as criticas, tô começando uma fic de verdade XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...