História O que vem depois da Chuva? (Imagine Taeyong) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias (G)I-DLE, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, TWICE
Personagens Haechan, Irene, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jihyo, Joy, Jungwoo, Lucas, Mark, Mina, Miyeon, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Seulgi, Soojin, Soyeon, Taeyong, Ten, Tzuyu, Yeri, Yuta
Visualizações 40
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiiii. Por favor gente, me acompanhem nessa história que eu tô curtindo pra caramba escrever e deixa seu favorito e coloca também na biblioteca. Você viu a minha capa pra essa fic? Eu amei muitíssimo ela então me apoiem

Musica recomendada - Knock on (Nct 127)

Capítulo 6 - Sentimentos felizes com doses de serenidade.


(Suspiro)... Eu voltei pro meu quarto me pergunto o porquê de eu não ter dito meu nome, é só um nome, nada de mais. Eu olho pra minha cama, bem! Minha cama temporária e pego meu telefone e procuro livros pra ler, talvez eu compre até de presente pra ele porque já que ele gosta de história, por que não? (Suspiro) Espero mesmo que ele melhore com a Canja, então decido usar a internet do Hospital (Sim! Comprei a senha) e de repente vejo uma mensagem do Banco onde tenho uma poupança que diz:

- Prezada Srta. Elaine

Foi depositado na sua conta o valor de 800.000 dólares de uma conta situada na América do Sul. Se você não tiver nenhuma afiliações com bancos citada ligar imediatamente para a Central e resolveremos o mais rápido possível. Obrigada.

Depois de 2 min sem entender eu recebo outra mensagem que diz:

- Meu doce anjo reluzente, eu te peço perdão por ter deixado você daquela forma, meu coração de mãe gritou de dor ao ver você sofrendo mas eu tinha que ir embora porque eu não aguentava mais seu pai. Não sei se você percebeu mais ele me batia e me xingava, eu aguentei aquilo por você e somente isso me deixou de pé, eu pensei muito antes de tomar essa decisão e eu queria muito trazer você comigo mas seu pai nunca iria permitir, eu só queria te dar um abraço e sentir seu cheirinho denovo mas por agora eu não posso. Eu te amo Luz da minha vida. Até breve. Mamãe.

Naquele momento eu me senti como se tivesse dentro de uma bolha e eu tivesse no fundo do mar, ler isso me fez sentir uma dor que quase já estava esquecendo e agora voltou Dez vezes mais forte, sinto lágrimas quentes no meu rosto e elas não param de cair, não há ninguém aqui para compartinhar essa dor sufocante, quero ler mas o único livro que tenho é o Justamente que minha mãe me deu, então eu não me lembrava que tinha sentado até querer levantar e vou até a janela que do teto até o chão é de vidro e quando olho pro céu vejo uma nuvem escura e a garoa desce formando a cena mais triste possível. Nossa! Que porra! Até o céu que ver as minhas lágrimas. 

Dou um salto ao ouvir alguém batendo na porta, eu digo pra entrar e quando vejo quem é meu coração balança ao ver Jack Frost de pé e com o rosto e pele corado de saúde mas quando ele olha pra mim e me chorar me pergunta:

(JACK)-Por que está chorando? 

(EL)-Por nada.

(JACK)-Nada faz você chorar?

(EL)- SIM! Quer dizer, não. 

(JACK)-Então você não respondeu minha pergunta. 

(EL)- É que minha mãe foi embora de casa e agora tenta preencher o vazio em mim com dinheiro.

(JACK)-Que droga! Posso ficar aqui com você?

Acho que Fiquei vermelha porque ele diz:

(JACK)- Vamos somente conversar, que tal a gente sair escondido do hospital pra comprar café gelado e uns bolinhos?

Naquele momento ele falou minha língua favorita: Comida. 

Então a gente se arrumou e eu emprestei meu moletom pra ele que de feminino não tem nada, ele sente o cheiro do meu moletom e depois chega bem perto de mim e cheira meu pescoço causando arrepios em partes que são proibidos para menores de 18 anos então ele olha pra mim e sussura em meu ouvido:

(JACK)- Você tem um cheiro de morango.

Minha cara fica igual a um morango e ele segura minha mão e diz pra irmos.

                     °°°

Escapamos do Hospital e fomos até um café e pegamos nossos pedidos, quando chegou a vez de pagar ele diz:

(JACK)- Odeio isso.

(EL)-Isso o quê? 

(JACK)- De não poder pagar a uma garota linda e legal um simples café. 

Eu sorri porque ele me chamou de linda.

(EL)- Relaxa Taeyong! Eu queria sair do Hospital também e além do mais é a primeira vez que posso pagar algo pra um amigo.

Acho que ele não gostou de ser chamado de amigo mas então ele sorri e diz:

(TY)- É a primeira vez que alguém me chama pelo nome e eu gosto.

(EL)- Vai me dizer que você não tem amigos, e nem namorada?!

(TY)- Sim e não.

(EL)- Pra qual questão?

(TY)- Eu tenho um amigo em minha cidade natal Seul, e não tenho namorada. 

(EL)- QUÊ? Quem é a cega que não pediu pra namorar com você? Quer que eu pague as consultas delas no hospital pra oftalmologista? 

Ele ri com uma gargalhada fofa, eu quase quis abraçar ele mas ele não ia deixar e não quero ir além do que posso. Peguei uma nota de 50 e dei a balconista que não parava de babar no Jack, nossa que incômodo. Ele olha pra ela esperando meu troco e ela devora ele com os olhos (SAFADA!!!!!!) então eu não pensei em mais nada e dei um selinho nos lábios dele, digo:

- Acho que não preciso pagar mais consulta pra oftalmologista. 

Pego em sua mãos e puxo ele até fora do Café. Quando dou por mim do que fiz ele pergunta:

(TY)- O que aconteceu? 

Eu fico sem graça e digo:

- Vamos voltar? 

Ele não fala nada e segue em frente rumo ao hospital. 

                (>◇<)

Nossa! Agora reparei que as paredes do hospital que dão pra área extrerna são de vidros, bom! Quase todos. São tão limpos e não tem nenhum arranhão, combinha com o ambiente hospitalar. De repente volto a mim com Taeyong perguntando: 

(TY)- Por que me beijou? Quero saber.

(EL)- Porque eu não aguentei aquela estúpida do café te olhando, nem parecia que eu estava lá.

Naquele momento ele dá por si:

(TY)- Estava com ciúmes?

Eu digo fingindo indignação:

(EL)- Claro que não. Eu só não gostei muito de ser ignonada.

Quando chegamos no meu quarto senti um alívio e tensão ao mesmo tempo porque eu acabei de beijar um cara lindo e ele não disse se foi bom ou não, quer dizer! Foi só um selinho mas ainda sim...

(TY)-Então! Aquele beijo foi o quê? 

(EL)- Não sei mas foi meu 1° beijo e foi péssimo né?

Ele larga seu café e seus bolinhos numa mesinha qualquer e se aproxima de mim e diz quase sussurando:

(TY)- Deixa eu mudar isso?

Eu respirei fundo e assenti então ele segurou meu rosto e me beijou profundamente me fazendo esquecer de tudo ao meu redor, naquele momento percebi que não éramos só amigos e senti Felicidade e Serenidade. Quando parou ele diz:

(TY)- Esse foi seu 1° beijo. Agora podemos conversar e sim, foi bom pra mim também


Notas Finais


Gente! Nada a declarar e Shippei.

Gente! Minha amiga @heiiiketh fez essa capa maravilhosa pra mim, ficou linda né?
Continuem me apoiando e você que só ler me divulga também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...