1. Spirit Fanfics >
  2. O recomeço >
  3. Na casa da Sara

História O recomeço - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Na casa da Sara


Fanfic / Fanfiction O recomeço - Capítulo 10 - Na casa da Sara

Ele me coloca em seu colo e seu braço fica ao redor da minha cintura

-Você está certa princesa – ele diz- mas ainda não estou pronto pra me envolver sério com alguém, e ainda assim não encontrei uma mulher que mexesse tanto assim comigo

Nesse momento eu sinto uma pancada em mim... Por que ele me olha desse jeito? Por que ele me tirou de perto do Logan? Por que ele me olha nos olhos dessa maneira e não está pronto pra ter algo sério com alguém... Talvez eu não tenha aprendido tanto com minha experiência como imaginei...

...

O Matthew me levou para a casa da Sara... chegando na porta:

-Provavelmente o Adam ainda está ai...

-Quer entrar? – eu digo receosa

-Vou mandar uma mensagem para ele – ele começa a digitar rapidamente no seu celular que começa a chegar mensagens sem parar

Os Edwards eram uma família muito famosa em toda Califórnia, e as vezes eu não entendia a dimensão do meio que eu estava inserida... com as pessoas que eu estava rodeada. A Sara por exemplo é uma das melhores designer da empresa...

...

-Ele pediu para que eu subisse, tudo bem para vocÊ? – O Matthew me diz receoso

Talvez eu teria falado o que não devia... Mas eu não podia enganá-la, ela deveria saber que eu não iria querer algo sério com alguém.

No meio das escadas ela começa a tirar seu salto. Eu a interrompo e ela me olha sorrindo de cima para baixo.

Eu não me contento em não olhar para suas pernas e ela percebe...

Eu queria saber se ele sentia algo a mais... e eu estou um pouco carente... tenho que confessar... Então ele me olha eu jogo meu cabelo de lado e mordo meu lábio inferior sorrindo pra ele

-Não me provoca princesa – ele fala sorrindo de canto para mim

-Não estou fazendo isso – ela fala enquanto eu tiro sua outra sandália...

Logo após eu tirar eu a empurro de leve na parede, e ela me olha nos olhos.... Eu não olhava pros seus lábios que eu sentia que estava me chamando...

Eu estava o desejando nesse momento. Eu não deveria... só hoje tivemos o conflito pela manhã e depois o conflito com o Logan...

-Não mexe assim como princesa – eu falo encostando meu corpo com o dela e sinto sua respiração

Eu a queria muito, e eu sei que ela também... Cada segundo eu me aproximo mais dos seus lábios, e sinto ela quase fechando os olhos

Mas naquele momento...

“Você não consegue ninguém além de mim... vocÊ sempre vai me amar Matthew” – O rosto da Alice é refletido na Luma...

“Você nunca terá um relacionamento sério com ninguém... ela só é mais uma coitada”

Naquele mesmo instante eu me afasto de uma vez, e começo a ver a luma que me olha decepcionada.

Ela não entenderia... desde a Alice eu tenho visões dela a todo momento, o nosso término deixou um trauma muito grande em mim que eu não consigo superar

Ele definitivamente está brincando comigo... quando acho que vai rolar algo ele se afasta. O que passa na cabeça desse homem?

-Vamos? – ele diz subindo dessa vez na minha frente com minhas sandálias na mão.

Eu somente vou atrás dele um tanto quanto inconformada com tudo isso...

Quando abrimos a porta vemos o Adam e a Sara sentados no sofá rindo e trocando selinhos. Logo eles nos veem.

-E ai com foi o passeio? – diz o Adam

-Ah foi ótimo- eu tomo a frente já que o Matthew parece ainda que está em outra dimensão- Matthew me levou na ponte de são Francisco, uma vista maravilhosa

Quando eu falo eu sinto que o Matt ficou envergonhado, o que nunca ocorre, e o Adam e a Sara surpresos. Eu não entendo bem eles... mas pelo o que a Sara falou eram amigos a muito tempo, então eles se entendem.

-Vou fazer algo doce pra gente pode ser?- a Sara se levanta e eu sento junto com o Adam enquanto o Matthew se esparrama em uma poltrona.

...

A gente começa a conversar e a Sara faz um brigadeiro. Eu nem me lembro quando eu estive em uma roda de amigos assim... Era divertido, o tempo todo o Adam zoava o Matthew e a cada dia descobria algo diferente sobre o Matthew...

A Sara terminou de fazer um doce e sentamos todos no tapete da sala.

-Amiga, senta lá com o Matthew para eu deitar no colo do Adam – a Sara diz para a Luma. Eu conheço as intenções da Sara e ela percebe que sinto algo pela Luma, eu acho que ela quer me encorajar de tentar mas também vejo preocupação dela com a Luma.

A Luma senta do meu lado, seu vestido estava curto e sentar no chão não seria tão confortável para ela. Eu sorrio com toda a tentativa dela... Seu corpo estava marcado naquele pedaço de seda... e ela estava sexy e ao mesmo tempo deslumbrante... Quando ela acha uma posição favorável ela solta o cabelo dela e balança de modo que me faz fixar o olhar nela... mas ela nem percebe.

...

Conversamos bastante, mas precisávamos de algo para quebrar o clima... era tarde da noite mas ainda queria ficar mais tempo com eles.

-Sara e Adam, sabiam que a Luma canta e toca?- ele ficam surpresos e ela me dá um tapa me repreendendo me fazendo rir

-Ah não gente, nada disso... eu não toco bem e nem canto, só faço isso para mim

-Mas fez para o Matt – diz o Adam rindo para ela.

-Tem um violão ai não Sara? Sempre tinha um aqui...- eu digo e a Sara sorri pro Adam e eu fico meio confuso

-Tenho.... mas está lá no quarto, você podia ir lá e ficar ouvindo a Luma... enquanto eu e o Adam ficamos aqui na sala

-Sara! Para! – eu falo entendo a proposição dela

-Ah amiga vai lá, o Adam tem que ir com o Matthew, e vocês estão nos atrapalhando – ela fala me fazendo rir. Eu só quero ver a Sara bem, e jamais tinha imaginado a possibilidade dela com o Adam, mas ela estava feliz.

O Matthew nem se move, mas eu me levanto e o puxo fazendo ele levantar

-Vem...

-Vai tocar uma pra mim? – ele fala rindo com sua piadinha escrota

-Não seja ridículo...- eu falo tentando segurar o riso

O apartamento da Sara é lindo, cheio de decorações e há dois grandes quartos com cama de casal. Ela não divide com ninguém e parece ser bem feliz aqui... eu também queria ter um espaço só meu... Só que o que me levou na empresa Edward’s foi o emprego de cuidar da Olívia, e não posso ser ingrata a ponto de jogar tudo fora.

Eu fecho a porta e a Luma começa a falar:

-Eles formam um casal bonito né Matt?

-Sim Luma, forma sim...

-Matt.. – ela diz deitando na cama – o que deu em você quando chegamos aqui?

-Como assim princesa? – eu falo tirando meus sapatos e sentando na cama

-Você parece aéreo... – ela me olha nos olhos – vc sabe que se precisar de algo pode falar né?

-Eu sei Luma... naão é nada, sério.

-Você quer me conhecer mais não diz nada sobre vocÊ – ela insite

-Mas Luma... nós conversamos tanto hoje sobre tantas coisas.... – eu falo mas ela parece chateada. Eu não entendo o que ela quer de mim.

-Mas por que não aproveita para contar todo o resto Matt... – ela diz levantando seu tronco  e suportando sua cabeça com as mão no queixo

-E por que você não aproveita para contar todo a verdade sobre você? – eu digo e ela ri

-Que foi? – eu falo e ela ri

-Sabe o que acho engraçado Matthew? Você é cheio de contatos, cheio de poder... e ainda não pesquisou sobre quem eu sou- ela diz terminando sua frase séria

-Realmente Luma... é muito engraçado, por que eu ainda espero de você a verdade...- quando eu falo ela trava- eu já estou a 3 meses esperando você me dizer a verdade, falar comigo quem é você verdadeiramente, e eu não recebo nada disso.

-Eu também espero muitas coisas de você que não tenho Matthew – eu sentia que ele sabia do que eu estava falando. Eu estava falando de nós, de como eu espero uma atitude dele comigo... de pelo menos um beijo... mas nada disso tem rolado.

O Clima começa a ficar estranho entre nós... e parece que estamos completamente distantes um do outro, por que isso sempre acontece com a gente? Eu não posso pedir nada a ele, não posso exigir nada dele, não somos nada um do outro. Será que posso contar a verdade para ele? Sobre de onde vim... quem é minha família... talvez ele me acharia uma tremenda egoísta.

A gente ouve uns gritos do Adam e da Sara, e GRAÇAS A DEUS, rimos um pouco.

Ele se deita devagar na cama me olhando de lado e eu me viro pra ele deitada. Eu ficaria horas olhando pra ele... Eu queria algo a mais com ele, não posso negar, mas também queria somente estar perto. Queria somente sentir seu abraço.

Eu ficaria por horas ali olhando ela adormecer aos poucos...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...