História O recomesso da raposa - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 866
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


fala galera que lê de montão.
aqui esta mais um capítulo da fic
saiu MUITO atrasado porque eu to com bem pouco tempo...(provas... trabalhos... escola...)

bom espero que aproveitem o capitulo.

Capítulo 31 - Uma antiga lenda



- me esperando?

eu pergunto confuzo.

- sim, mas primeiro eu preciso que você me liberte.

ele diz mostrando uma coleira dourada que estava em seu pescoço e era presa ao chão por uma corrente de ouro.

eu quebro as correntes e então pergunto.

- tudo bem, eu ja te libertei, agora será que você pode me dizer TUDO oque sabe sobre mim?

eu pergunto sério.

- tudo? você vai mesmo confiar em um dragão que acabou de libertar de uma dugeon?

ele pergunta.

- é um risco que eu to disposto a correr.

eu digo confiante.

- HA HA HA HA HA HA! GOSTEI DE VOCÊ GAROTO! TUDO BEM! MAS ANTES...

ele diz arrancando a coleira do pescoço.

ele então se transforma em um homem alto com cabelos prateados e olhos dourados, ele usava uma armadura totalmente feita de ouro.

- oque...

- bom, primeiro vamos até Draconia, tenho sérios assuntos a resolver lá.

ele dis em um tom sério em quanto abre um GATE atras dele apenas estalando os dedos.

- espera... eu preciso avisar o sr.D sobre isso...

eu digo.

- .D ainda ta vivo? bom... uma "flash card" deve ser o suficiente.

ele diz em quanto uma carta brilhante aparece flutuando na frente dele.

- "[para .D]     Aqui é o Laderon, eu encontrei esse garoto chamado kiten e estou tomando conta dele.

vou levalo para Draconia comigo por motivos prioritários, tem ha ver com "A chave divina". espero velo em breve velho amigo."


quando ele termina de falar a carta some.

- sobre oque eu sei de você... eu vou lhe diser no caminho.

ele dis entando no GATE

eu não tinha muita escolha então eu o segui.


{visão do sr.D}


- AQUELE DESGRASADO TA COM O KITEN?!


eu digo batendo na minha mesa com força.

- m-mestre acalme-se.

fryxi dis nervosa.

- tudo bem eu... eu só... espera ele disse "A chave divina"?

eu pergunto pensando.

eu me levanto da minha cadeira e coloco meu sobretudo de.

- arume as malas, nos vamos viajar para um lugar bem distante.

eu digo saindo da sala.

- espera mestre... você tem uma reunião com os representantes das competi...

- mande diser que surgiu um assunto urgente, me encontre na entrada da academia com a bagagem de equipamentos pronta em quinze minutos.

eu digo interrompendo ela.


quinze minutos depois...


- esta tudo pronto.

eu digo abrindo o GATE

- espera ai nos tambem vamos!

sumer e anyli aparecem junto da fryxi.

- oqu... tá, entrem na carruagem de uma vez, não temos muito tempo a perder.

eu digo entrando.

eu ainda não tava entendendo direito, porque o Laderon levaria o kiten pra Draconia? e mais importante, porque tocar no assunto da "Chave divina" agora?

- então? onde está o kiten?

sumer pergunta entrando na carruagem junta de anyli e fryxi.

- bom aparentemente ele deve estar em Draconia.

eu digo em quanto a carruagem passa pelo GATE.

- Dra...oque?

ela pergunta confuza.

- o continente dos dragões.

eu respondo.

- DRAGÕES? OQUE ELE FAZ LÁ?

ela pergunta espantada.

- eu não sei... espera...

eu digo pensativo.

derrepente todas as peças pareciam se encaixar. a runa estranha na mão do kiten, a estranha quantidade de mana dele, o seu elemento estranho... e agora a chave divina.

- não acredito... tava na minha cara o tempo todo e eu não vi...

eu digo pegando o meu diario e checando minha teoria.

- oque foi mestre?

fryxi pergunta preocupada.

- vocês ja ouviram falar daquela lenda antiga da "Guerra Divina"?

eu pergunto.

- não, é sobre oque?

anyli pergunta.

- sério? bom, vou ter que começar por outra lenda que além de não ser conhecida é... digamos que confidencial, a história da chave divina.

a muito tempo atrás, em uma enorme tempestade provocada pelo desequilíbrio dos elementos, um filhote de raposa se encontrava perdido em meio a uma inundação que ocorreu em uma floresta.

o filhote havia perdido os pais e não sabia nadar, ele morreu afogado. mas uma deidade que estava passando por ali viu a cena e sentiu pena do filhote, seu nome era kanto.

- ele mal havia descoberto o mundo a fora e sua jornada já acabou... eu não posso fazer nada por você agora... ou posso?

a deidade se perguntou.

então ela levou o filhote o mais rápido possível para o reino dos deuses.

- eu não posso trazer você devolta a vida... mas acho que posso dar outra chance a sua alma.

a deidade diz pegando a alma da raposinha e colocando em um cristal.

durante duas semanas seguidas a deidade incansávelmente moldou um corpo novo para a alma da raposinha, até que no ultimo dia em fim ele terminou.

colocando a alma da raposinha em um novo corpo ele a deu uma segunda chance.

mas ele acabou se apegando muito a aquela raposinha e então decidiu adotala, dando a ela o papel de guardião de uma das suas criações mais importantes, o "sétimo" elemento, essa é a lenda da chave divina.

agora quanto a lenda da guerra divina, ela conta sobre um tempo muito antigo em que os deuses e os demônios entraram em guerra usando este mundo como campo de batalha.

quando a guerra estourou a raça humana estava bem no meio do confronto... até que ele interviu e parou a guerra, o guardião do sétimo elemento, conhecido como Heiwa.

diz a lenda tambem que se ele retornar será um cinal de que a guerra divina esta prestes a recomeçar.


{visão do kiten}


- HEIN?! MAS OQUE ISSO TEM A VER COMIGO?!

eu pergunto sem entender nada.

- você vai entender depois. ah nos chegamos.

Laderon diz.

- bem vindo a Draconia, lar dos dragões.

ele diz feliz.


CONTINUA


Notas Finais


espero que tenhão gostado
comentem oque estão achando e se querem que eu continue com a fic...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...